Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

18
Dez21

You And I - Capítulo 95


JustAnOrdinaryGirl

Yara Shahidi in The Sun Is Also a Star on We Heart It

- Muito bem... - o diretor falou ao fim de alguns momentos de silêncio - Estamos no final do ano letivo e creio que a vossa suspensão ou expulsão só vai trazer problemas a ambas as partes. A escola já está nas bocas do Mundo e não quero que mais nada se transforme num escândalo. - Ele começou, passando o olhar por cada um deles - No entanto, não vou deixar passar isto totalmente impune! - Acrescentou, querendo demonstrar a sua autoridade de diretor - Não vos quero na escola mais do que o necessário. Essa é a primeira regra. Vêm às aulas, participam nas vossas atividades. No caso apenas a Alycia, na claque, já que a treinadora Iris tem toda a autoridade no que diz respeito às admissões. De resto, agradeço que se mantenham afastados. O objetivo é evitar que façam algo como o que aconteceu hoje de manhã - explicou, como se não fosse óbvio. 

- E se precisarmos de usar a biblioteca para estudar? - Laura questionou

- Ou assistir aos jogos da equipa? - Foi a vez de Tim - Ou ver as exibições da claque? - E com esta recebeu um olhar de todos eles - Vá lá. A Aly está na claque, não vamos deixar de a apoiar. O que é que achavam que eu queria ver? - continuou

- Posso continuar? - O diretor pediu - Sempre que estiverem na escola, serão atentamente vigiados - acrescentou

- Então além de estarmos numa escola que permite a discriminação dos alunos, ainda vamos ter de estar numa espécie de regime de ditadura? - Laura voltou a interromper

- Ouça, menina Collins! - ele falou, um tom de voz mais elevado e sem deviar o olhar do dela - Têm muita sorte em eu não vos proibir de entrar na escola. E acredite que só não o faço por respeito aos vossos pais! - disse, referindo-se, obviamente, aos pais de Laura e Leo e aos pais de Tim - Portanto, é bom que cumpram estas pequenas regras! - avisou

- Tudo bem, nós cumprimos essas regras - Leo acabou por dizer - Se é assim que tem de ser, assim será. Falta pouco para o final das aulas, portanto...

- Sim... Além disso, não esperávamos melhor que isto, só mesmo pior... - Laura comentou, recebendo outro olhar furioso do diretor - De qualquer forma, a mensagem foi passada. Talvez já não nos caiba a nós fazer alguma coisa... Podemos sair? - questionou

- Devem! - ele disse - Mas para que fique claro, por hoje estão dispensados das aulas! 

- Vamos para a sala do castigo? - Alycia perguntou

- Oh, nem pensem! Vão mesmo ser escoltados até à saída! - avisou - Não vou correr o risco de vos deixar numa sala. Ainda me combinam outro ataque à escola e não é disso que precisamos. Aliás, estão proibidos de estar em reunião na escola. Sei que são muito amigos, mas aqui dentro, quanto mais afastados, melhor! Podem sair, vou pedir que vos acompanhem ao portão! - E sem dizer mais nada ao grupo, deixou-os sair enquanto, ao telefone, dava ordens ao porteiro de que os metesse a todos na rua. E foi isso mesmo que aconteceu. 

***** ***** ***** ***** *****

- Isto foi... surreal! - Nick comentou. Tinham todos ido ao pequeno café da frente, onde estavam sentados à volta de uma mesa. A funcionária já tinha ido falar com eles e parabenizá-los pela atitude de manhã, dizendo que até os tinha visto na televisão. 

- Acho que era de esperar, vindo do diretor... - Laura comentou - Agora vamos ter de cumprir mesmo estas regras, fazer as coisas bem feitas. Não podemos estragar tudo e deixar que o despedimento da professora Isabella tenha sido em vão. - Todos concordaram. Tinham mesmo de fazer um esforço

- Bem, e agora está na hora de enfrentar as consequências! - Tim lamentou

- Continuas com medo do meu pai? - Alycia perguntou, um pouco no gozo

- Não é medo, mas... Sei lá, Alycia, tenho medo que isto afete a relação deles e não quero ser responsável por deixar a minha mãe na lama outra vez. - ele explicou - E depois, não quero que o teu pai pense que sou uma má influência para ti ou que te posso voltar a fazer o mesmo - Alycia pegou-lhe na mão

- Tim, tenho a certeza de que, a esta hora, a tua mãe já fez o meu pai perceber que sim, tu eras mais parecido com o teu pai antes, mas que agora estás diferente - tentou fazer com que ele se acalmasse - O meu pai não é burro, ele sabe perfeitamente que no início eu não gostava de ti. Ele chegou a falar comigo e eu disse-lhe que estava tudo bem, que só não nos dávamos assim muito bem. Ele aceitou e disse que, com o tempo, eu ia passar a dar-me melhor contigo. E tem razão porque isso aconteceu! Ouve, eu perdooei-te e segui em frente, a tua mãe sabe que tu mudaste. Achas mesmo que nós as duas, juntas, não vamos dar a volta ao meu pai? 

- Bem, dito dessa forma... - Tim relaxou um pouco, mas continuava a deixar a mão na de Alycia

- Hey... - Laura tocou-lhe no ombro - E desta vez, tens a nossa ajuda também! - ela garantiu, com um sorriso - E tenho a certeza de que o teu discurso na televisão também deve ter ajudado - acrescentou, a provocar. Mas resultou, já que ele sorriu um pouco mais. 

Quando terminaram , saíram do café em direção a suas casas. Leo, Laura, Nick e Alex foram ajudar Theresa nas mudanças. Tim e Alycia seguiram logo para casa dela. Quando lá chegaram, depararam-se com Anthony e Meredith, sentados lado a lado, no sofá, ambos com cara séria. Tim engoliu em seco. Pelo olhar que Anthony lhe lançava, começava a duvidar de que o poder de Alycia e Meredith resultasse. 

- Precisamos de conversar! - Anthony disse, ainda sério. Alycia e Tim sentaram-se, cada um em sua poltrona, e esperaram que começasse aquilo que, certamente, seria um sermão. 

...................

Boa noite! Espero que esteja tudo bem convosco e que gostem de mais um capítulo! Obrigada a quem tem acompanhado. Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)

1 comentário

Comentar post