Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

24
Nov18

You And I - Capítulo 9


JustAnOrdinaryGirl

Made at FreeGifMaker.me

 

- Vá lá, pai, vamos apenas celebrar a vitória do jogo de hoje – Leo tentou convencer o pai. O progenitor não estava muito convencido com a ideia de os filhos irem sair à noite, muito menos num dia de semana. E muito menos ainda depois de todos os acontecimentos recentes – E não estamos a pensar chegar tarde! - informou – Estamos a precisar de desanuviar um pouco – acrescentou, tentando pensar em todos os argumentos – E eu levo o carro, logo não vou beber nada – disse por fim, depois de estar quase à um quarto de hora a tentar convencer o pai

- Quem é que vai com vocês a essa festa? E onde é que é? - O Sr. Collins insistia – Não sei se acho boa ideia deixar-vos sair, especialmente devido aos últimos acontecimentos – continuou, fazendo com que Laura perdesse o resto da esperança que tinha. Aquela troca de argumentos já durava há demasiado tempo.

- Vamos apenas festejar a vitória de um jogo e a exibição da claque – Laura falou por fim – O Leo está sempre a ir a essas festas e nunca houve problema – notou
- Talvez porque havia coisas que eram diferentes, Laura – o pai disse-lhe – E além disso, essas festas sempre foram para a equipa e para a claque. Entraste nalguma delas? - perguntou, mudando o rumo da conversa

- Ah, então o problema não é a festa mas sim o facto de eu ter sido convidada – Laura percebeu finalmente

- A Laura é minha irmã, é por isso que vai a esta festa – Leo interveio – Além disso, ela é amiga da Clarissa e do Tim e de mais algumas raparigas da claque – explicou. A ideia inicial deles era apenas omitir o local da festa, mas como o pai não estava a facilitar, tiveram de optar por essa alternativa. Quando ouviu falar na sua “amizade” com Tim e Clarissa, Laura quase quis interferir, mas não ia complicar mais as coisas – Então, pai, podemos ir ou não? - insistiu. O Sr. Collins olhou para a mulher, que lhe acenou ligeiramente com a cabeça. Ele suspirou, sentindo que tinha sido vencido

- Vocês podem ir a essa festa – O pai acabou por ceder, fazendo com que aparecesse um sorriso nos rostos dos filhos. No entanto não disseram nada, sabiam que estava prestes a chegar um “mas” – Mas eu espero não me vir a arrepender desta decisão. E acho que sabem perfeitamente do que estou a falar. - advertiu e os filhos acenaram.

Depois de todo aquele diálogo, e depois de os pais terem deixado um conjunto de recomendações para a saída dessa noite, a família Collins foi jantar. O jantar foi tranquilo, o que já não acontecia há alguns dias, e a família conseguiu conversar sobre assuntos do seu dia.

Terminada a refeição, Laura e Leo subiram ao andar de cima para se arranjarem. Leo ficou pronto em pouco mais de um quarto de hora. Laura demorou mais algum tempo, o que fez o irmão bufar.

- Vais demorar muito, Laura? - gritou da sala – Não vamos a nenhuma festa onde vai estar a Rainha!! - provocou. Cinco minutos depois a rapariga desceu finalmente as escadas e juntou-se ao irmão na sala – Estava a ver que não! - reclamou

- Desculpa! A Alycia ligou, estava com um pequeno problema – explicou, apesar de não entrar em grandes detalhes

- Um problema a esta hora? - Leo perguntou. Depois daquele tempo todo à espera, queria uma explicação mais detalhada

- Estava com uma indecisão! - A irmã acabou por dizer

- Gajas! - ele disse no exato momento em que o pai entrou na sala

- Atenção à linguagem, Leonard! - advertiu o progenitor – Laura, espero que estejas a pensar levar um casaco, está a ficar frio – acrescentou depois de ver a roupa da filha.

- Vou levar também um cachecol – ela disse, apesar de não estar a pensar levar, de facto, um cachecol – Vamos embora, Leo? Não quero chegar atrasada – disse

- Claro que não queres! - Leo disse em tom provocatório, mas lembrando-se que o pai estava mesmo ali ao lado, não disse mais nada – Vamos lá então – despediram-se dos pais e seguiram, finalmente para o carro. - Combinaste alguma coisa com o Nick ou a Alycia? – Leo perguntou quando arrancaram

- O Nick vai buscar a Alycia a casa e depois vão lá ter – Laura disse

- Podemos ir nós buscá-los e assim só levamos um carro – Leo sugeriu

- Não te sabia assim tão preocupado com o ambiente, Leonard! - A rapariga gozou com o irmão – Mas tens razão, podemos ir todos juntos, já que vamos para o mesmo sítio – concordou – Sabes onde mora o Nick, não sabes? - perguntou sem estar à espera de resposta.

Pararam primeiro em casa de Nick e depois seguiram para ir buscar Alycia. Depois, seguiram as instruções que Alex lhes dera para chegarem ao local da festa.

- Estás bem, Laura? - Leo perguntou de repente, ao reparar que a irmã estava muito calada

- Sim, estou bem – Laura disse, antes de voltar a ficar calada

- Tens a certeza? Estás calada de mais! - Leo insistiu

- Não tenho nada, Leo... - disse, mas percebendo que o irmão queria mais qualquer coisa, acrescentou: - Vou apenas concentrada na estrada! E tu devias fazer o mesmo! - acabou por dizer

- Está bem, avozinha! - claramente não acreditara na desculpa da irmã

- Deixa, Leo, ela está mas é nervosa! - Nick disse do banco de trás

Nervosa?! - Leo perguntou ao mesmo tempo que Laura se virava para trás e olhava para o melhor amigo com um olhar ameaçador

- Está a pensar no Alex, quer o Nick dizer! - foi a vez de Alycia falar e os três soltaram uma gargalhada

- Gozem à vontade! Um dia vou ser eu a gozar – Laura apenas disse, mas eles continuaram a provocá-la até chegarem finalmente ao local da festa. Bastou aproximarem-se para perceberem que aquilo já estava animado e cheio de gente. Havia música e viam-se várias pessoas a conversar. Mal saíram do carro foram avistados por Alex, que os veio cumprimentar.

- Boas, pessoal! - Alex cumprimentou os amigos – E bem-vindos à festa! - acrescentou, claramente feliz por ter os seus amigos ali com ele. Conduziu-os pelo espaço, à medida que os ia apresentando à família e aos amigos já presentes. Pararam diante de um casal, que estava a conversar com outras pessoas e Alex apresentou-os como sendo os seus pais.

- Sejam muito bem-vindos e divirtam-se! - Foi o pai de Alex quem falou primeiro

- E sintam-se como se estivessem em casa – A mãe do rapaz acrescentou, com um sorriso bastante simpático.

Depois de feitas as apresentações, os amigos juntaram-se aos restantes presentes e puderam começar os festejos. O ambiente estava bastante agradável. Havia música, dança, comida e bebida. A família de Alex tinha acolhido bastante bem o grupo e já todos estavam integrados, tal como se conhecessem há anos.

A certa altura, Alex foi pegar a sua guitarra e juntou-se ao avô e a outros dois rapazes. Deram início a uma música, primeiro apenas com guitarra, mas depois Alex começou a cantar, deixando os amigos surpreendidos. O rapaz olhou para eles e sorriu. Depois o seu olhar parou no de Laura e os dois ficaram assim até duas raparigas, que tinham sido apresentadas como primas de Alex, foram ter com o grupo.

- Venham dançar connosco! - A primeira rapariga, que se apresentou como Safira, convidou as raparigas. Alycia aceitou de imediato, mas Laura ficou um pouco reticente.

- Vá lá, Laura! Vem dançar comigo!! - Alycia pediu, fazendo um ligeiro beicinho – Por favor!! - insistiu. Laura acabou por ceder, depois de também ser incentivada por Leo e por Nick, e juntaram-se então a Safira e Natacha, a outra rapariga que as convidou. Safira mostrou a Alycia e Laura como se dançava. A primeira aprendeu depressa, como se toda a vida tivesse dançado aquilo, mas Laura demorou um pouco mais. Mesmo assim, as duas raparigas dançaram, sempre a rir, ao ritmo da música cantada por Alex.

- O Alex está mesmo apanhadinho pela tua irmã! - Nick disse. Os dois rapazes tinham ficado sentados, a ver as duas raparigas dançar, cada um com uma cerveja na mão – Ainda não tirou os olhos dela! Não sei como é que ainda não se enganou na música – acrescentou

- E ela disfarça, mas também gosta dele – Leo concordou com Nick – Eu acho que ele é um gajo porreiro, e fico feliz pela minha irmã mas... - Leo hesitou um pouco

- O teu pai! - Nick percebeu – Achas que ele vai impedir, caso alguma coisa aconteça entre os dois?

- Viste como reagiu contigo, não viste? - Leo respondeu com uma pergunta – Se ele ficou assim por a minha irmã ter um amigo gay, imagina se ela lhe disser que gosta de um rapaz cigano! - explicou – Se isto der nalguma coisa, a minha irmã vai ter de pensar bem na vida dela – disse, bebendo mais um trago de cerveja

- Vá, não vamos pensar agora em problemas! Estamos numa festa! - Nick disse e levantou a garrafa de cerveja para um brinde. Nesse momento, a música parou e Laura, Alycia e Alex juntaram-se-lhes.

- A que é que se brinda aqui? - Laura perguntou

- À vida e a momentos como este! - Nick disse, a sorrir – Vão lá buscar cervejas para brindar connosco

- Eu vou lá! - Alex ofereceu-se – Todos bebem cerveja?

- Claro que sim, é dia de festa! - Nick respondeu, mas todos concordavam com ele – Traz mais uma para mim e para o Leo – pediu – A Laura vai contigo, para te ajudar! - ofereceu e a rapariga voltou a lançar-lhe um olhar assassino – Vá lá, Laura, não queremos que as cervejas caiam ao chão – explicou, evitando rir. A rapariga revirou os olhos mas acabou por seguir Alex até à zona destinada às bebidas.

- Tu estás mesmo armado em casamenteiro! - Leo riu

- Já que comigo não funcionou, pode ser que funcione com eles! - Nick riu da própria “desgraça”.

- E tu, Leo, já estás mais animado? - Alycia perguntou, sentando-se ao lado do rapaz, e relembrando a cara dele no jogo, por causa de Clarissa. O rapaz acenou afirmativamente e sorriu. Os três permaneceram ali, na conversa, enquanto esperavam pelo regresso de Laura e Alex.

*************************

- E que tal, estás a gostar da festa? - Alex perguntou, quando já estavam a regressar para junto dos amigos

- Estou a adorar! - Laura disse e sorriu – Está toda a gente bastante animada e foram todos muito simpáticos connosco – acrescentou – E descobrimos mais um talento teu! Nunca tinhas dito que sabias cantar assim tão bem – a rapariga elogiou

- Não podia desvendar logo tudo – ele disse – Mas não sou o único com talentos desconhecidos. Tu também nunca me tinhas dito que dançavas tão bem – foi a vez de ele elogiar. E Laura deu graças por ser de noite, pois assim não se viam os tons avermelhados que as suas faces ganharam. A conversa parou quando chegaram junto dos outros. Alex e Laura distribuíram as cervejas e, depois de brindarem, os cinco ficaram na conversa. Momentos depois, para encerrar a festa, voltaram a ouvir-se guitarras.

- Acho que vou dançar outra vez – Alycia disse, levantando-se – E vocês os dois vêm comigo! - disse a Leo e a Nick, que ficaram a olhar para ela.

- Nem penses, Alycia! Prefiro ficar a ver! - Leo depressa se recusou.

- Nem pensar, Aly! - Nick repetiu o exemplo do amigo. Alycia arregalou-lhes os olhos. Depois apontou, disfarçadamente, para Alex e Laura, sentados ao lado deles, embrenhados na conversa. Os dois rapazes perceberam de imediato a mensagem e levantaram-se

- Talvez tenhas razão, não custa nada experimentar! - Nick acabou por dizer. Alycia estendeu as mãos para os dois rapazes e os três juntaram-se à festa. Laura e Alex continuaram ali, absortos do que os rodeavam de tão entretidos que estavam com a conversa.

.........................

Boa tarde! Espero que tenham gostado de mais um capítulo de You And I! Estava difícil os pais deixarem a Laura e o Leo irem à festa, mas lá acabaram por ceder! Acham que realmente se vai passar alguma coisa entre a Laura e o Alex? E acham que alguém vai descobrir que eles estiveram nesta festa? Deixem as vossas opiniões aqui nos comentários e obrigada pelo vosso apoio :) Fiquem bem e até ao próximo capítulo!

4 comentários

Comentar post