Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

06
Mai21

You And I - Capítulo 85


JustAnOrdinaryGirl

Transparent Welcome Isableh GIF

Theresa e Laura chegaram a casa de Alex poucos minutos depois de terem saído do hospital. Theresa decidiu mandar uma mensagem a Edward, avisando-o de que Laura já tivera alta, não fosse ele aparecer no hospital. No entanto, não lhe disse que não ia para casa, como tinha pensado fazer. Edward iria estar a trabalhar e, assim, teria tempo de pensar melhor no que fazer a seguir. 
Alex não estava em casa, tinha passado a noite em casa de Nick, por isso foi Louise quem abriu a porta a Theresa e Laura. 

- Bom dia! - Louise cumprimentou as duas, a sorrir, assim que abriu a porta - E bem vinda de volta, Laura - acrescentou

- Acho que nós é que temos de vos dar as boas vindas... - Laura disse, também a sorrir, apesar de um pouco tímida. Era a primeira vez que via a família sem ser no hospital

- Entrem, os pais estão a tomar o pequeno-almoço e vocês devem estar cheias de fome também - Louise disse, deixando-as passar - E lembra-me de agradecer ao teu namorado, ele foi muito simpático connosco - acrescentou. Assim que chegaram à cozinha, Candice e Bryan levantaram-se para as abraçar as duas recém-chegadas, ajudando assim a que a timidez de Laura começasse a desaparecer. Sentaram-se todos à mesa e desfrutaram da primeira refeição todos juntos depois de tantos anos. E Laura reparou numa pequena lágrima a descer pelo rosto da mãe. Mas não disse nada, sabia que era a emoção de estar ali com os pais e a irmã. 

- Ainda não posso ir às aulas hoje? - Laura acabou por perguntar a meio da refeição - Eu sinto-me bem... - acrescentou com um ligeiro beicinho

- Nem penses nisso, Laura! - Theresa negou de imediato - O médico recomendou descanso, pelo menos hoje - relembrou - Hoje aproveitas para dormir e recuperar em condições

- E eu faço-te uma canjinha, ficas boa num instante - Candice ofereceu. Laura sorriu de imediato. Aquilo era mesmo o que uma avó diria. Sorriu à mais velha, em agradecimento

- Mas o Alex pode vir cá, não pode? - Laura perguntou

- É claro que pode, filha, esta casa é dele. - Theresa concordou. E Laura sabia disso. Mas os encontros deles nunca tinham acontecido assim com o conhecimento da família e, além disso, não sabia ainda bem como eram os avós maternos. Tinha a certeza de que seriam melhores que o pai dela, mas mesmo assim. 

- Se por acaso estiveres preocupada com o facto de o teu namorado ser de etnia cigana e com o que vamos pensar sobre isso, quero que saibas que não tens de te preocupar - Bryan disse, como se lhe tivesse lido os pensamentos - Não temos qualquer tipo de problema. Estares feliz é tudo o que tem de nos interessar - garantiu

- Eu não queria insinuar que tivessem, é só que... - Laura respirou fundo - As coisas não têm sido fáceis e...

- E estás traumatizada... - O avô conlcuiu por ela - Mas podes estar tranquila. Na verdade, estou ansioso por conhecer melhor o rapaz que te deixa esse sorriso na cara - disse, a sorrir para a neta

- Obrigada... avô! - Laura disse, deixando todos um pouco emocionados. Mas parecia que, nos próximos dias, tudo seria uma emoção para todos. 

O resto do dia passou tranquilamente. Laura e Theresa passaram o dia com Candice, Bryan e Louise, aproveitando para partilhar algumas coisas sobre as suas vidas. 
Na escola, Alex, Leo, Nick, Alycia e até Tim, contavam os minutos até a
o último toque do dia para poderem ir ter com Laura. Leo fartou-se de receber perguntas sobre o estado da irmã. Quanto a William, o rapaz que tinha provocado o acidente, estava suspenso e a aguardar informações da justiça. A rapariga que estava com ele no carro tinha ido à escola, apesar de o dia dela não estar a ser dos melhores. Todos a olhavam e viam como cúmplice. Mas Leo tinha a certeza que, dali a dias, quase ninguém se ia lembrar do seu envolvimento. Como era da claque, Clarissa faria de tudo para tentar limpar a reputação dela. E a sua própria também. 
Assim que a campainha soou e indicou o fim da última aula, o grupo juntou-se no estacionamento e seguiram todos para casa de Alex. Laura quase saltou do sofá quando ouviu a campainha. 

- Finalmente! - Laura disse, lançando-se para os amigos - Estava com saudades vossas! - admitiu - Até tuas, Tim! - acrescentou, meio séria, meio a brincar

- Quem a ouvir falar pensa que passou uma seca connosco - Theresa disse, aparecendo atrás de Laura

- Nada disso, eu adorei passar o dia com vocês! - Laura garantiu - Só precisava deles também... - acrescentou. Depois, desfez-se do abraço de grupo e abraçou apenas Alex, beijando-o logo de seguida. 

- Agora que estamos aqui todos... Gostava de vos contar a minha história e tudo o que levou a este dia... - Theresa disse, pedindo a todos que se juntassem na sala. 

- Se quiser podemos sair, Theresa... - Nick ofereceu-se, referindo-se a ele, Tim, Alycia e Alex 

- Nada disso, Nick... - Theresa discordou - Vocês todos ajudaram a Laura e o Leo, por isso também quero que saibam a verdade - explicou. Todos concordaram e, seguindo Theresa, sentaram-se no sofá, prontos para saber toda a verdade. Estava na hora de descobrirem tudo. 

..............................

Bom dia! Como no passado fim-de-semana não consegui deixar um novo capítulo, deixo esta semana em adiantado. Espero que gostem. No próximo capítulo (que vou tentar publicar no fim-de-semana na mesma) vai ser revelada toda a história e dpeois sim, entramos mesmo na reta final. Até já ando com ideias para a próxima. Espero que tenham gostado e obrigada a quem tem acompanhado! Fiquem bem e até ao próximo capítulo :) 

1 comentário

Comentar post