Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

18
Abr15

"Unconditionally" - Capitulo 5


JustAnOrdinaryGirl

Uma semana depois já aquele incidente de Peter tinha sido esquecido e este, apesar de ter sido “atacado” mais algumas vezes, deixou de dar tanta importância ao assunto. Sabia que, por muito que tentasse evitá-los, eles iriam sempre chamar-lhe nomes e bater-lhe, e por isso mesmo decidiu levar as coisas com calma (ainda mais), evitando cruzar-se com os rufias ou andar sozinho pela escola. O que ultimamente não era muito difícil já que os amigos, e em especial David, não o deixavam sozinho durante muito tempo. Agora estavam todos sentados no grande relvado da escola onde estudavam. Quer dizer, todos menos Ryan, o que estava a deixar Sarah completamente fora de si.

 

Chloe: Não estejas nervosa, Sarah, o Ryan deve estar a chegar!

Sarah: Não estou nervosa, estou a ficar furiosa. Hoje é o último ensaio antes do concurso, ele já devia estar aqui.

Bella: Tem calma, Sarah, ele deve estar aí a aparecer! Olha, ali vem ele! Ryan: Boas pessoal!

Sarah: Finalmente! Onde é que te meteste?

Ryan: Isso são tudo saudades minhas?

Sarah: Estava a morrer de saudades, nem imaginas!

Ryan: Imagino que sim, eu tenho esse efeito nas pessoas.

Peter: Presumo que só em algumas, pois eu não tinha saudades nenhumas!

Ryan (atira com a garrafa de água ao amigo): Pronto, eu tenho esse efeito nas mulheres!

Chloe: Mas era perfeitamente normal que tivesses efeito no Peter, afinal…

Peter: Pronto, tinha de vir alguma boquinha! Realmente não sabes estar calada, pois não?

Sarah: Pronto, não discutam! Ryan, vamos mas é ensaiar, faltam poucas horas para o concurso! E vocês, vão lá estar, não vão?

Bella: Achas que perdíamos a vossa atuação por alguma coisa? Contem connosco!

Ryan: Se não quiserem ir, se tiverem alguma coisa melhor para fazer…

David: Achas que há coisa melhor do que ver-te dançar? Não estejas nervoso, puto! Vais dar um show!

 

Aquele era o último ensaio antes do grande concurso e, apesar de tudo estar bem encaminhado, Sarah continuava nervosa. E Ryan também, apesar de não o admitir, em parte para não stressar mais a sua companheira de dança. O ensaio correu bem e, depois de terminarem duas horas consecutivas sem muitas pausas, Sarah e Ryan estavam estafados e acabaram por se sentar no chão da sala de ensaios. Já toda a gente tinha ido para casa e, a cerca de 3 horas do espetáculo, Ryan sentia-se finalmente mais confiante, o que ajudou a diminuir os nervos de Sarah que já não tinha de o ouvir constantemente a dizer “desculpa se te pisar”; “e se perder por minha causa?”; “Sou um pé de chumbo”.

 

Sarah: Achas que temos alguma hipótese?

Ryan: E achas que há alguém que chega aos teus calcanhares? Isto está ganho, não te preocupes!

Sarah: Para quem dizia que eu ia perder por tua causa, estás muito confiante!

Ryan: Só porque vou dançar com a melhor bailarina do mundo e arredores. Isso deixa qualquer um confiante!

Sarah: Estás a fazer-te a mim ou é só impressão minha?

Ryan (dá uma gargalhada): Isso era o teu sonho!

Sarah (dá um encontrão a Ryan): És sempre tão convencido.

Ryan: Mas porquê? Querias que eu me estivesse a fazer a ti?

Sarah: Eu bem digo que és convencido!

Ryan: Nem por isso, mas essa cor vermelha que apareceu nas tuas bochechas é um sinal de que querias que eu me estivesse a fazer a ti.

Sarah: Esta cor vermelha é do calor. Não sei se te lembras mas dançámos muito tempo sem parar. Vou tomar banho. Não te atrases logo à noite!

Ryan: Já vais embora?

Sarah: Sim… Tu não?

Ryan: Estava a gostar da conversa, só isso. E da companhia, claro.

 

Sarah fixou o seu olhar no de Ryan, que há um bocado estava a olhar para ela. Nenhum dos dois disse nada. De repente, os lábios de Ryan foram parar aos de Sarah, iniciando assim um beijo, lento no início, mais intenso com a continuação. Nenhum dos dois recuou. Apesar de nenhum dos dois ter intenção de o fazer, a verdade é que prolongaram o beijo por mais algum tempo. Apenas separaram aquele beijo quando nenhum dos dois tinha fôlego. Depois, Sarah levantou-se e dirigiu-se à saída daquela sala, olhando apenas uma vez antes de fechar a porta atrás de si. Ryan ficou ali, a recuperar o fôlego e, ainda a pensar no que acabara de acontecer deixou-se descair encostando-se à parede fria atrás de si.

Sarah e Ryan não voltaram a falar até à hora do concurso. Quando se voltaram a ver, Sarah agia como se nada tivesse acontecido, como se nada do que acontecera a estivesse a preocupar.

David, Bella, Peter e Chloe estavam sentados na plateia quando o apresentador anunciou que o par seguinte, o que fez com que os quatro amigos agarrassem as mãos uns dos outros, uma maneira que eles tinham de transmitir força a quem estava a fazer algo de importante.

Ryan e Sarah entraram no palco e deram início à coreografia que tinham ensaiado durante dias. A plateia estava a gostar, eles estavam em perfeita sintonia e cada passo parecia mais bonito e mais perfeito que o anterior. No final, no último passo, Sarah e Ryan acabavam quase colados, com o olhar fixo um no outro. Ryan sorriu para Sarah, mas ela apenas continuou com o seu olhar fixo no dele. Quando a música terminou, a plateia bateu palmas e Sarah respirou finalmente, dando um abraço apertado a Ryan.

 

Sarah (sussurrou ao ouvido de Ryan): Conseguimos!

Ryan: (sussurra): Graças a ti! (dá um beijo na bochecha de Sarah)

 

Minutos depois, todos os pares subiram ao palco para saberem que tinha sido o grande vencedor. Assim que o apresentador abriu o envelope e anunciou o nome dos vencedores, os quatro amigos levantaram-se, batendo palmas e gritando. Sarah e Ryan, no palco, estavam ainda a processar o que acabara de acontecer, mas depois acabaram por se abraçar. Afinal, eles tinham ganho aquele concurso e nada os deixava mais felizes do que isso.

 

Bella: Parabéns! Estou tão orgulhosa de vocês!

Peter: Vocês arrasaram! Sarah, vais ter de me ensinar a dançar dessa maneira!

Chloe: Vocês são os maiores! Tenho tanto orgulho!

David: E para quem era um pé de chumbo, estiveste muito bem, Ryan!

Sarah: Obrigada! Ainda nem acredito que ganhámos!

 

E ao dizer isto, Sarah agarrou-se mais uma vez a Ryan. Já se estavam a tornar um hábito, aqueles abraços. Ryan envolveu a rapariga com os braços mas ela, ao aperceber-se de que estavam muito juntos, depressa o largou.

 

Bella: Eu acho que isto merece uma comemoração!

David: Claro que merece! Podemos ir sair e festejamos esta grande vitória!

Sarah: Hmm, eu acho que vou mas é para casa…

Chloe: Tu acabaste de ganhar um concurso de dança! Realizaste um dos teus sonhos e, em vez de festejares, queres ir enfiar-te em casa?! Não te estou a reconhecer, amiga!

Sarah: Passei os últimos dias a ensaiar, até mesmo hoje ensaiámos durante duas horas. Estas coisas cansam. E além disso, amanhã temos aulas cedo. E já é tarde! Festejamos noutro dia, ok?

Peter: Tens a certeza? Eu acho que devíamos aproveitar que temos um motivo para festejar!

Sarah: Vamos continuar a ter um motivo para festejar durante o fim-de-semana.

Chloe: Não acredito que até o Peter quer ir festejar e tu não!

Ryan: A Sarah tem razão! Hoje o dia foi cansativo. O melhor é irmos descansar e no fim-de-semana combinamos algo… uma coisa em grande!

Chloe: Uau! Vocês têm tanta química que até nisto estão os dois de acordo.

Ryan: Não comeces, Chloe!

Chloe: Pronto, não insisto mais! Mas no fim-de-semana não escapam!

Sarah: Tudo bem! Vou ter com os meus pais. Alguém precisa de boleia para casa?

David: Não, obrigada! Eu trouxe o carro e vamos todos juntos.

Ryan: E eu vou com os meus pais.

Sarah: Ok. Então vemo-nos amanhã! Até amanhã e… OBRIGADA por terem cá estado!

.................................

Boa tarde! qui fica mais um capítulo de "Unconditionally". O que acharam? Como acham que vão agora ficar as coisas entre a Sarah e o Ryan? E porquê esta reação dela? Deixem as vossas opiniões e até ao próximo capítulo! Fiquem bem :)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.