Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

04
Mai22

You And I - Capítulo 99


JustAnOrdinaryGirl

Tumblr Photos List (1607961)

Tim e Leo estavam sentados na sala de reuniões da escola, aquela onde normalmente o diretor reunia com os professores. A uma ponta da mesa, o diretor Wilson não mostrava boa cara, o que só fazia com que os dois rapazes estivessem nervosos. Do outro lado, estavam os três "engravatados" que tinham chegado à escola nessa manhã. 

- Antes de mais, quero agradecer-vos o facto de abdicarem do vosso intervalo para estarem aqui - A mulher falou, sorrindo-lhes com amabilidade - Não sei se desconfiam qual poderá ser o tema da conversa...? - questionou

- Talvez alguma coisa sobre a equipa de futebol ou sobre a manifestação em que participamos no outro dia... - Leo arriscou, mas sabia que Tim tinha a mesma suspeita

- Vamos ser expulsos? - Tim perguntou, aflito - A minha mãe mata-me... 

- Nada disso! - Um dos homens daquele trio respondeu - Creio que esta conversa, na verdade, poderá ser boa para os dois - acrescentou, deixando os rapazes num misto de curiosidade e alívio por não ser algo mau. 

- A manifestação que vocês organizaram à porta da escola deixou-nos bastante preocupados com a situação em que se encontrava esta escola - A mulher falou - Os relatórios que a escola fazia sempre foram bons, nunca tinha havido queixas de qualquer professor, as notas dos alunos sempre foram boas, bons resultados em exames, bons resultados das equipas desportivas... - acrescentou - É a clara prova de que nem tudo o que parece é... - disse - Vamos ter uma sessão com toda a escola, para explicar algumas coisas importantes, algumas mudanças que vão acontecer. No entanto, quisemos resolver já com vocês um assunto importante, uma vez que, por preconceito, perderam um lugar numa equipa de que, segundo sei, gostavam bastante. - Prosseguiu, deixando os dois rapazes cada vez mais curiosos. 

- Sim, é verdade. - Tim concordou - A equipa sempre foi uma das coisas mais importantes para nós, um escape das aulas... - explicou. Apesar de, para ele, muita coisa poder ser considerada um escape das aulas. 

- Por isso mesmo, gostaríamos que soubessem que poderão regressar à equipa assim que quiserem! - Um dos homens, Francis pelo que tinham percebido, informou

- Adorava voltar, mas não com aquele treinador a dirigir... Além disso, o meu pai está a financiar a equipa. Se ele sabe que eu volto, acaba com tudo... - Leo disse

- Na verdade, abrimos um processo contra o treinador. - Francis informou, deixando os dois rapazes surpresos. - Ele foi afastado de todas as atividades escolares. Terão um novo treinador, um professor da nossa inteira confiança. - Explicou - Quanto ao financiamento da equipa, percebo que não queira ser financiado por um pai... homofóbico... - disse, não querendo de todo que Leo se sentisse mal - No entanto, olhando para as contas, a equipa não terá grandes despesas até ao final do ano e, as que tiver, poderão ser suportadas pela escola ou pelo ministério. Faltam apenas uns meses. Além disso, depois de todas as notícias, temos a certeza de que algumas empresas terão interesse em patrocinar a equipa de futebol - acrescentou - Estão dispostos a voltar? - Francis perguntou

- Antes que decidam, podemos já informar-vos de que vão ser feitas mais algumas mudanças na escola e seria muito bom que, depois de tudo, vocês fizessem parte dessa mudança -  A mulher, Mathilda, disse, tentando convencê-los

- Sem esse senhor como treinador, acho que sim... - Leo começou. Olhou para Tim, que lhe acenou. - Podem contar connosco nesta mudança. Estamos de volta! - disse, voltando-se de novo para Tim para um aperto de mão. 

- Agora que estão de volta, podemos já adiantar-vos que o vosso próximo jogo terá transmissãoa o vivo. Uma maneira de mostrarmos a mudança, de darmos alguma esperança a quem também precisa destas mudanças. - Mathilda acrescentou

E quanto aos restantes jogadores? Àqueles que também não aceitam homossexuais na equipa? - Leo quis saber

- Teremos zero tolerância em relação a preconceito - O terceiro elemento do grupo, Oliver, explicou - Qualquer problema que haja, serão expulsos da equipa. No entanto, penso que muito desse preconceito da parte deles era influenciado pelo próprio treinador. Mas, à mínima situação, serão tomadas medidas. E podem contar com o vosso novo treinador para isso. Ele vai apresentar-se ao serviço no treino desta tarde - disse ainda. 

- E já que é uma transmissão em direto, acha possível que alguém toque o hino da nossa equipa? - Leo perguntou, lembrando-se de repente - Temos um hino que escrevemos há uns tempos, totalmente apropriado, e o nosso colega Alex toca e canta. Ele também tem sido vítima de bullying por ser de etnia cigana... Acho que seria uma forma de o recompensar, já que nós também estamos a ser... - sugeriu

- Parece-me muito bem! - Mathilda concordou - Basta depois conversarem sobre o assunto com a nova diretora, será ela a organizar toda a iniciativa. - informou

- Nova diretora?! - Os dois rapazes perguntaram ao mesmo tempo, olhando depois para o diretor Wilson que, desde o início da conversa, ainda não tinha aberto a boca. 

- Como vos disse, algumas mudanças estão a ser feitas e uma escola precisa de alguém que ajude os seus alunos. Mas terão mais informções numa pequena reunião que vamos convocar assim que saírem do gabinete. Não vos podemos mesmo adiantar mais informações. - Mathilda apenas disse, deixando-os curiosos e desconfiados. 

Assim que saíram do gabinete, depois de lhes agradecerem o regresso à equipa, a escola foi avisada para se reunir no pailhão desportivo assim que tocasse para o início das aulas da tarde. Mathilda, Oliver e Francis anunciaram que, a partir daquele dia, haveria tolerância zero para bullying. Informaram também de que o antigo treinador tinha sido afastado, sendo agora substituído por Mike. A equipa foi ainda avisada de que seriam convidados a sair caso tivesse alguma atitude preconceituosa. Foram ainda informados do jogo com transmissão em direto, com presença da claque liderada por Alycia. Depois, no fim, foi anunciado de que Wilson tinha sido afastado da direção e que seria substituído por uma nova diretora, o que levava a uma mudança em toda a equipa diretiva. 

Quando a diretora se apresentou, os alunos e professores ficaram surpresos. O grupo de Laura iniciou uma pequena festa, com muitas palmas e sorrisos. É que na frente deles, tinham a professora de português despedida por defendê-los: Isabella. 

..........................

Bom dia! Como estão? Deixo-vos com mais um capítulo e espero que gostem! Estavam à espera do regresso da Isabella e ainda por cima como diretora? Deixem as vossas opiniões e obrigada a quem tem acompanhado! Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)