Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

12
Nov16

"Live After Storm" - Capítulo 8


JustAnOrdinaryGirl

Resultado de imagem para Teressa Liane gif

Nessa noite, Zack foi ter com Melissa, tal como tinham combinado. Depois de jantarem pizza, os dois sentaram-se no sofá e viram uma comédia qualquer que estava a passar na TV. Depois do filme ter terminado, conversaram durante alguns minutos. Zack levantou-se do sofá e, uma vez que os pais da rapariga já estavam a dormir, puxou a rapariga para que ela se levantasse também, ficando um frente a frente. O rapaz passou a sua mão no rosto da morena, acariciando-lhe a bochecha.

- Gostei muito desta noite – disse com um sorriso. Melissa sorriu-lhe de volta, mas não disse nada. Zack aproximou o seu rosto do da morena, olhando alternadamente para os olhos e para os lábios dela. Ao perceber o que Zack ia fazer, Melissa decidiu afastar-se

- Desculpa, Zack – pediu – Eu sei o que sentes por mim e não é justo eu deixar-te acreditar que sinto o mesmo quando não sinto. Eu gosto de ti, e tu sabes que sim, mas não te posso dar esperanças, não posso nem quero magoar-te – explicou mais uma vez

- Eu sou paciente – Zack apenas disse, piscou-lhe o olho e depois, depositando um beijo na bochecha da rapariga, despediu-se

No dia seguinte, Melissa estava na entrada da escola juntamente com Dianna quando Chloe e Zack se aproximaram de ambas. Olhou Zack nos olhos e ambos sorriram. Mas mesmo com todos os amigos ao pé de si, Melissa continuava a olhar em volta, mesmo que por vezes já o fizesse inconscientemente.

- Aí vem a nova “sensação” da escola – Chloe anunciou, ironicamente – Mas falando a sério, acho que ela é bastante corajosa. Vir para aqui, enfrentar toda a gente, as perguntas e ainda ter de se cruzar com quem a deixou naquele estado a toda a hora – acrescentou, gabando a coragem de Taylor

- Pelos vistos o Liam é que não tem essa coragem toda. Desapareceu só porque ouviu uma boca – Zack comentou, olhando depois para Melissa. Mas a rapariga não disse nada, continuava concentrada em qualquer outra coisa.

- Estás cá, Mel? – Dianna perguntou, chamando a outra à atenção, confusa – Acabámos de falar no Liam e não o defendeste – explicou a conversa

- Finalmente percebeste que ele não vale a pena? – Chloe perguntou em tom provocatório             - Fizeste bem. Ele acaba é por ser um grande cobarde, ao fugir assim – Chloe continuou ainda antes de Melissa lhe responder. E Melissa continuava sem abrir a boca. De repente, ao avistar um carro entrar no estacionamento da escola, sorriu e levantou-se

- O que é que se passa? – Zack perguntou, tentando perceber para onde Melissa estava a olhar

- Talvez o Liam não seja assim tão cobarde como vocês dizem, talvez apenas precisasse de tempo para pensar, para se recompor – ao dizer estas palavras, pegou na sua mala e nos cadernos e caminhou até ao estacionamento, deixando finalmente os amigos perceberem para onde ela olhava e para quem se dirigia

- Bom dia – cumprimentou quando se aproximou de Liam – Fico contente que a nossa conversa de ontem tenha tido algum efeito – sorriu-lhe

- Teve, obrigada – Liam agradeceu, sorrindo também – Acho que estava a precisar de falar com alguém, de perceber as coisas todas – começaram a caminhar em direção à porta principal da escola, todos os olhares a dirigirem-se para eles.

- Não lhes ligues, as pessoas gostam de falar – Melissa aconselhou quando viu que Liam estava incomodado com todos aqueles olhares – Podemos ir já para a sala, se preferires – Liam assentiu e caminharam em direção ao interior da escola

- Melissa – a rapariga ouviu a voz de Zack mesmo atrás de si e virou-se – O que é que se passa? – Perguntou, já junto dela, à entrada da sala de aula

- Não se passa nada, Zack – Melissa tentou descansá-lo – Mas se a Taylor precisa de amigos, o Liam também precisa deles e ninguém está disposto a fazer nada quanto a isso

- Exceto tu! – Zack disse de repente – Quando dizes que não podemos ter nada, é porque não me queres magoar ou porque na verdade já andas com ele? – Perguntou, o tom da sua voz a indicar a raiva que sentia perante essa possibilidade

- Eu disse-te que não sinto o mesmo por ti e é verdade, Zack – Melissa repetiu mais uma vez – És o meu melhor amigo e a última coisa que quero é dar-te esperanças e depois magoar-te, devias saber isso – entrou na sala e, em vez de se sentar no lugar habitual, sentou-se na cadeira vazia ao lado de Liam

- Algum problema? – O rapaz perguntou-lhe enquanto a observava a tirar as coisas da mala – O Zack está com ciúmes, não está? – Ao ouvir esta pergunta, Melissa parou com o que estava a fazer e olhou para o rapaz ao seu lado, confusa – O que foi? Toda a gente já percebeu que o Zack gosta de ti, Melissa. De uma forma que vai além da amizade – disse-lhe. Melissa não disse mais nada pois o professor entrou na sala e deu início a mais uma aula. No intervalo, Melissa seguiu Liam até ao exterior, onde o rapaz fumou um cigarro. Os amigos da rapariga, apesar de não se terem aproximado deles, também ali estavam, sempre a tentar perceber o que se estava a passar entre os dois, o por quê de toda aquela cumplicidade, os assuntos que conversavam.

No final do dia, Melissa estava acompanhada de Dianna e Chloe. Zack estava nos treinos de futsal. Avistaram Liam, que vinha na direção do estacionamento onde as raparigas se encontravam. O rapaz acenou a Melissa e dirigiu-se ao seu carro. Uns segundos depois, Taylor aproximou-se dele, chamando-o.

- Taylor? – Liam estava surpreendido por vê-la ali, a falar com ele – O que é que se passa? – Perguntou, confuso

- O tribunal vai marcar mais uma sessão, para tentarem por um ponto final em tudo – avisou-o, sem se aproximar muito dele

- Eu sei, recebi a carta para me apresentar – informou e Taylor assentiu – Mas porque é que me vieste dizer isso? Vou ser acusado de mais alguma coisa? É que se é isso diz, para me ir preparando

- Não é nada disso, Liam – Taylor negou – O que aconteceu… Ouve, naquele momento as coisas eram diferentes, eu tinha acabado de acordar do coma, o Will…

- O Will? O Will continua fora deste assunto, Taylor. Fui eu quem esteve preso, foi a minha vida que deu uma volta. Nada voltou a ser como antes – Liam estava furioso. Nenhuma das justificações da Taylor poderiam alterar o que acontecera nos últimos tempos – Acusaste-me de uma coisa que sabias perfeitamente que eu não tinha feito

- Na altura não sabia o que fazer, Liam. E tu também lá estavas naquela noite. E o Will… eu não o podia acusar de nada – Taylor tentou defender-se

 - Sim, eu estava lá. Mas isso não quer dizer que tenha feito alguma coisa ou quer?

- Todos fizemos alguma coisa que não devíamos ter feito, Liam, e tu sabes disso – Taylor acusou, deixando Liam de boca aberta

- Mas eu fui o único a pagar. E paguei logo pela coisa que não fiz. Se não querias acusar o Will, não o fazias, mas não tinhas o direito de me acusar a mim. Mas no meio disto tudo, o que é que te fez retirar a queixa? Remorosos? Ou finalmente percebeste que nem toda a gente é o que parece? – Liam disse em modo acusatório

- O que interessa é que retirei a queixa e agora estás livre – a loira disse, tentando virar as coisas a favor dela

- Livre?! Chamas à merda de vida que eu tenho agora “estar livre”? Eu não posso pôr um pé fora de casa sem ter não sei quantas pessoas a apontar-me o dedo. És tu quem está livre, Taylor, não eu. És tu que ficaste como a coitadinha que esteve em coma e de quem é preciso ter pena. Mas numa coisa tens razão, todos fizemos algo que não devíamos. E o meu maior erro foi ter pensado que tu valias a pena, foi ter gostado de ti o suficiente para me deixar meter numa merda destas! – Liam virou costas a Taylor e entrou dentro do carro. Não arrancou, não estava em condições de conduzir. Taylor saiu também dali, dirigindo-se ao seu carro. Quando a loira desapareceu da vista de todos, Melissa aproximou-se do carro de Liam, entrou e sentou-se no ligar do passageiro.

- O que é que aconteceu? – A morena perguntou, aguardando depois por uma resposta

- Vou a tribunal daqui a uns dias – anunciou – A ideia é por um ponto final em tudo isto. E eu garanto-te, Melissa, eu não descanso enquanto não ficar tudo em pratos limpos. Estou farto desta vida – desabafou, acabando por ceder às lágrimas que há tanto tempo tinha guardadas. Melissa deixou-se estar ali, calada. Ele precisava de desabafar e ela compreendia-o perfeitamente. Mais ao longe, Zack estava a sair do pavilhão desportivo e, ao dirigir-se até Chloe e Dianna, observava toda aquela situação.

...................

Boa tarde! Como estão? Aqui fica mais um capítulo do qual eu espero que vocês gostem :) Mais uma vez houve alguns avançoes de Zack, mas a Melissa continua a dizer que não sente nada por ele. Será mesmo assim? E o Liam voltou à escola :) E, finalmente, uma conversa entre o Liam e a Taylor. Gostaram? Agora começa a entrar a parte sobre o que realmente se passou quando a Taylor entrou em coma. E a Melissa continua lá para o Liam. Acham que ela age assim por causa da sua personalidade ou acham que o Liam tem razão e há mais algum motivo? Deixem as vossas opiniões e obrigada por todos os comentários e apoio :) Fiquem bem e até ao próximo capítulo!

9 comentários

Comentar post