Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

22
Out16

"Live After Storm" - Capítulo 5


JustAnOrdinaryGirl

Era sábado e, naquele fim-de-semana, Melissa e Zack tinham combinado encontrar-se mais cedo para fazer algum exercício físico. A rapariga foi a primeira a chegar ao ponto de encontro. Apenas uns minutos depois, Zack aproximou-se dela, sorrindo mal a viu.

- Bom dia! – Zack cumprimentou, deixando um beijo na bochecha da melhor amiga

- Isso é que é alegria matinal, Zack – Melissa disse, sorrindo também, contagiada pela energia do rapaz – Aconteceu alguma coisa que te tenha deixado assim?

- Nada de especial, acordei bem-disposto – disse, encolhendo os ombros – Pronta pata a nossa corrida? – Quando Melissa assentiu, fizeram um pequeno aquecimento e começaram a corrida matinal. Depois de quase uma hora de corrida, acabaram por parar para beber água e recuperar alguma energia

- Tens coisas combinadas para o resto do dia? – Zack perguntou, depois de terem recuperado o fôlego

- Hoje não, ia ficar em casa – Melissa informou

- E que tal se fôssemos jantar a qualquer lado? – Zack sugeriu – Só nós os dois, num programa daqueles que fazíamos antes – acrescentou, esclarecendo melhor o seu convite

- Acho boa ideia – a rapariga concordou, sorrindo-lhe – Já tenho saudades dos programas que fazíamos como bons melhores amigos que somos – disse-lhe, fazendo o rapaz esboçar um pequeno sorriso, diferente dos que tinha esboçado ao longo dessa manhã.

Depois de terminarem todo o exercício físico daquela manhã, Melissa regressou a casa e tomou um demorado banho, aproveitando para relaxar depois de todo aquele esforço. Enquanto tomava banho, lembrou-se do convite de Zack. Não estranhava, afinal eram os melhores amigos desde que Melissa se mudou para aquela escola e sempre fizeram coisas juntos. Só nunca tinham ido jantar fora, sozinhos. Depois de bastante tempo no banho, sentiu umas pancadas na porta da casa de banho.

- Estou mesmo a sair – gritou lá de dentro, saindo de imediato da banheira e enrolando-se numa toalha

- É que está aqui a Chloe para falar contigo – a mãe disse-lhe do outro lado da porta – Vou dizer-lhe para esperar no teu quarto, querida. E eu vou à mercearia num instante – Jane avisou-a antes de Melissa a começar a ouvir afastar-se da casa de banho. Melissa saiu ainda enrolada na toalha e dirigiu-se ao seu quarto, onde Chloe a esperava

- Desculpa, estava a acabar de tomar banho – ia dizendo enquanto pegava num roupão para não estar apenas de toalha. Estava um dia relativamente frio.

- Nota-se – Chloe disse – Não me digas que vais visitar o teu amiguinho, Liam e que é por isso que te estavas a preparar – Chloe meteu-se com Melissa, sabendo que a ia irritar

- Na verdade, eu e o Zack fomos correr hoje de manhã e era por isso que ainda estava no banho – Melissa disse, sem tom de brincadeira – E tu, o que andas a fazer para estes lados?

- Passei aqui perto e vim cá saber se hoje queres ir dormir lá a casa? Podíamos jantar e depois fazíamos uma sessão de cinema – Chloe convidou, entusiasmada – Já falei com a Dianna e ela adorou a ideia

- Adorava ir mas já tenho coisas combinadas – negou o convite – O Zack já me convidou para jantar, Chloe – Melissa acrescentou, percebendo que a amiga já estava a pensar noutros compromissos

- Uii – Chloe ficou sorridente – Não me digas que vocês… – a rapariga provocou mas foi imediatamente parada por Melissa

- Vamos jantar como melhores amigos que somos, Chloe – disse, bastante séria – Por favor não comeces já a inventar coisas – pediu

- Não estou a inventar nada, Mel – Chloe defendeu a sua ideia – Acho que até tu já percebeste que o Zack não te vê apenas como amiga e já há algum tempo que é assim – acrescentou

- Eu sei que ele já sentiu algo mais que amizade. Mas eu gosto dele apenas como amigo e nunca lhe dei esperanças – Melissa disse à amiga, lembrando-a de como eram na realidade as coisas – Por isso sim, vamos apenas como amigos – voltou a lembrar

- Como queiras – Chloe apenas disse. Depois de a amiga ter saído, Melissa almoçou com os pais e passou grande parte da tarde a estudar. Uma hora antes da hora marcada com o melhor amigo, vestiu-se e arranjou-se, esperando depois até ele ir buscá-la.

- Estás linda – Zack disse assim que ela entrou no carro

- Não estou nada de especial, Zack, mas obrigada – disse, olhando para as suas calças de ganga e para a blusa, um pouco mais chique do que o normal, que tinha vestido para essa noite – E onde é que vamos? – Em vez de lhe responder, Zack apenas sorriu e começou a guiar. O restaurante era bastante bonito e o empregado dirigiu-os a uma mesa mais “escondida”, tal como Zack pedira quando reservou lugar para dois nessa manhã.

O jantar correu bastante bem, com a conversa a passar por vários temas e com várias gargalhadas à mistura. Ambos tinham saudades de fazer aqueles programas, apesar de ainda não terem jantado apenas os dois antes. Melissa temeu que o nome de Liam surgisse, mas isso não aconteceu, o que a deixou mais descontraída. Não lhe apetecia estragar aquela noite com uma discussão que sabia que não ia levar a lado nenhum. Depois da refeição, e como o tempo até estava agradável para a altura do ano, deram uma volta a pé.

- Já tinha saudades das nossas conversas e dos nossos momentos – Melissa admitiu, caminhando ao lado do rapaz

- Eu também tinha saudades – Zack concordou – Tinha saudades tuas, na verdade

- Estamos juntos todos os dias – Melissa disse-lhe, rindo

- Sim, mas não é a mesma coisa. Há sempre outras pessoas, outras coisas a acontecer – Zack disse-lhe – Eu convidei-te para jantar porque queria estar só contigo – acrescentou, olhando para ela. Melissa não disse nada, apenas lhe sorriu – Eu gosto de ti, Melissa – disse sem qualquer tipo de rodeios

- Eu também gosto de ti, Zack – Melissa disse-lhe – Se não gostasse de ti não éramos melhores amigos – acrescentou, sabendo perfeitamente que Zack estava a falar de outro tipo de sentimentos

- Não é isso que quero dizer, Mel – suspirou e depois parou, pondo-se à frente da morena – Eu gosto de ti além da amizade, Melissa. Gosto mesmo de ti! – Confessou

- Zack… - Melissa não sabia bem o que lhe dizer. Não queria magoá-lo – Eu já gostei de ti antes – admitiu, deixando o rapaz à sua frente admirado – Quer dizer, não era bem gostar, era tipo… uma crush, não sei bem. Foi logo quando vim para esta escola e tu eras das poucas pessoas que eu conhecia, eras meu amigo e começámos logo a dar-nos bem e… eu meio que confundi as coisas na altura. E depois tu tinhas namorada e eu acabei por esquecer isso. – Explicou-lhe, sendo o mais sincera possível

- E achas que é possível voltares a ter essa “crush”, a sentires o mesmo que sentias antes? – Perguntou-lhe com alguma esperança na voz

- Para ser sincera, não sei – Melissa confessou – Esse é o tipo de coisas que não escolhemos. Não mandamos no coração, Zack.

- Mas achas que é impossível? – O rapaz perdeu grande parte da esperança que tinha quando iniciaram aquela conversa

- Nada é impossível mas… - Melissa hesitou, pensando bem nas palavras antes de as proferir – Não te quero estar a dar esperanças e depois acabar por te magoar. És demasiado importante para mim – disse com cuidado

- Mas isso quer dizer que achas que não é de todo uma coisa impossível e isso já é bom para mim – Zack sorriu-lhe, ganhando alguma da sua esperança novamente – Diz-me que podemos pelo menos tentar – pediu-lhe, fixando o seu olhar no dela

- Zack… - ia voltar a dizer-lhe que não queria magoar, que não sentia o mesmo que ele quando sentiu os lábios dele sobre os céus. Primeiro foi apenas um beijo suave, depois Zack começou a aprofundá-lo mais, fazendo a morena acabar por ceder e beijá-lo de volta. Zack segurou-lhe o rosto com uma das suas mãos e colocou a outra na cintura da rapariga. Ela permaneceu quieta, deixando-se apenas levar por aquele beijo, estranho no princípio e depois mais natural. Quando Zack se afastou para recuperar o fôlego, ambos permaneceram calados, olhando apenas um para o outro. Zack passou a sua mão no rosto de Melissa e sorriu-lhe. Notava-se o quanto aquele beijo o tinha deixado feliz.

- Zack… - Melissa voltou a tentar falar, mas o rapaz interrompeu-a novamente, desta vez com palavras em vez de ser com beijos

- Não te vou pedir em namoro, nem nada que se pareça, Mel – tranquilizou-a e reparou que Melissa descontraiu os ombros – Mas o facto de não me teres dado um estalo e de teres correspondido ao beijo é sinal de que pelo menos não descartas esta hipótese – disse-lhe, deixando a rapariga sem saber bem o que dizer

- Zack, eu não quero que penses coisas que podem não ser verdade – começou por dizer – Eu não odiei o beijo, mas não te vou dizer que é isso que me vai fazer apaixonar por ti. Acho que… acho que temos de ter calma, eu preciso de pensar nisto tudo

- Eu percebo – Zack disse-lhe, sinceramente – Obrigada por estares a ser sincera desde o início, isso é importante. E eu vou dar-te o tempo que precisares, a sério. Mas… não quero que nada disto estrague a nossa amizade, por favor – pediu

- Não vai estragar nada, talvez a torne mais forte – Melissa descansou-o – Obrigada por me dares espaço, por seres tão compreensivo comigo – agradeceu e sorriu. Depois disso, sem grandes conversas mas num silêncio agradável, caminharam de volta ao carro e Zack deixou Melissa em casa, despedindo-se apenas com um “Boa noite” e um sorriso feliz.

 

O resto do fim-de-semana passou a correr e Melissa nem teve grande tempo de contar às amigas o que se tinha passado. Na verdade, tinha dúvidas em contar-lhes ou não, pois sabia como reagiriam e que comentários iria ouvir, principalmente da parte de Chloe.

 

Com a segunda-feira, chegou também mais uma semana de aulas. Estava quase a tocar quando as atenções de todos os alunos se viraram para o mesmo sítio. Desta vez não observavam a entrada de Liam, como acontecia desde que ele tinha voltado. Desta vez os olhares não eram de medo, nem de julgamento, nem de ódio. Eram olhares de pena, de compaixão. Eram sorrisos tímidos, de quem não sabia o que dizer. Ela entrou na escola e procurou de imediato o gabinete do diretor. Precisava de resolver alguns pormenores antes do início das aulas. Não falou a ninguém enquanto passava pelos corredores, apenas sorria, agradecida.

À entrada da sala onde teria a primeira aula, Liam viu-a a passar e engoliu em seco. Se as coisas não tinham sido fáceis até agora, algo lhe dizia que agora seriam ainda mais complicadas. Melissa, que estava nos cacifos mesmo em frente à porta da sala de aulas, viu o olhar de Liam e dirigiu-se a ele, permanecendo de pé ao seu lado, em silêncio, sem saber o que lhe dizer ou perguntar, enquanto ela continuava o seu caminho até ao gabinete do diretor.

 

..................

Boa tarde! Aqui fica o capítulo desta semana, espero muito que gostem :) Não sei se alguém por aí que gosta de Melissa + Zack (ainda não tenho um nome de casal para eles, aceitam-se sugestões). Este foi um capítulo mais dedicado a eles e onde o Zack admitiu o que sente por ela. Também foi um capítulo em que chegou alguém novo à história, como podem ver nesta parte mais final. Desconfiam de quem é? As coisas agora começam a mudar, a ser diferentes e espero que gostem do que aí vem :) Entretanto deixem as vossas opiniões e até ao próximo capítulo :) Fiquem bem!!

4 comentários

Comentar post