Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

07
Jan17

"Live After Storm" - Capítulo 16


JustAnOrdinaryGirl

No dia seguinte, Melissa entrou na escola depois de respirar fundo. Sabia que tinha de enfrentar Zack, Chloe, Liam. Dianna era a única que não a preocupava naquele momento. Na noite anterior a loira enviara-lha várias mensagens a perguntar se tudo estava bem e, quando Melissa não lhe respondeu, ligou e ouviu-a durante quase uma hora.

Como de costume, viu Chloe no bar, de volta de um copo de café bem fumegante. Sentou-se na mesma mesa que a amiga, murmurando um pequeno bom dia. Quando viu Melissa, Chloe olhou-a e retribuiu o cumprimento.

- Então, como correram as coisas ontem? – Chloe perguntou, entusiasmada. Melissa percebeu que Zack não lhe tinha dito nada

- O Zack não falou contigo? – Melissa perguntou, apesar de ter quase a certeza da resposta

- Não. Mas gostaste da surpresa? O balão foi ideia minha, tinha a certeza que ias gostar. E espero que ainda não tenhas comido os chocolates todos porque eu quero provar. E como é que os teus pais reagiram? E o teu amigo, também viu? De certeza que era por isso que há bocado tinha aquela cara quando me viu – Chloe falava sem parar e Melissa ouvia cada palavra.

- Fiquei surpreendida, sim. E soube logo que tu também estavas metida ao barulho – Melissa começou a responder, ainda a pensar em todas as perguntas que Chloe lhe fizera. Se já estava mal quando ali chegou, agora estava ainda pior – Não comi chocolate nenhum por isso podes ficar com todos se o Zack os tiver guardado. Os meus pais até ficaram agradados no momento. E sim, o Liam viu. Mas era essa a ideia pelos vistos. Foi por isso que a surpresa foi feita à porta de minha casa e não noutro sítio qualquer. E foi por isso que tu também quiseste ajudar, Chloe – Melissa disparou as respostas a todas as perguntas, claramente irritada - E antes que faças mais perguntas, eu não aceitei o pedido de namoro do Zack. Lamento que ele tenha passado por isto, mas ele sabia o que eu sentia. E tenho a certeza que tu sabes o que eu sinto pelo Zack. – Quando terminou, levantou-se e deixou Chloe sozinha.

Agora sabia que Liam estava na escola, só precisava de saber em que parte. Quando ia começar a sua busca, a campainha soou e todos os alunos se começaram a dirigir às salas. Melissa fez o mesmo, achando que Liam também faria o mesmo. Mas não fez e Melissa passou a aula toda a pensar onde poderia ele estar.

- Ei, não te preocupes, tenho a certeza que ele está bem – Dianna sussurrou-lhe a meio da aula, chamando-a novamente à realidade

- Foi tudo de propósito, Dianna – a morena disse – Eles decidiram fazer a surpresa à porta de minha casa para que houvesse a hipótese de o Liam ver tudo – Dianna ouviu estas palavras e ficou atónita. Não pensou que os amigos fossem capazes de uma coisa assim

- Tenho a certeza que o Liam vai perceber tudo assim que lhe explicares. Ele gosta de ti, Melissa, sentiu-se mal com o que viu. Mas ele vai mudar de ideias assim que falares com ele – a loira tentou dar algum ânimo à amiga, apesar de estar difícil

- Para isso preciso de o encontrar primeiro – Melissa suspirou – A Chloe disse que já o tinha visto mas não está nas aulas – lamentou

- Nalgum lado tem de estar e não se sai tão facilmente da escola em tempo de aulas. Talvez tenha ido para o mesmo sítio onde o encontraste da outra vez, quando saíram os dois da aula? – Dianna sugeriu, deixando Melissa com um leve sorriso ao ouvir aquilo – Já percebi que ele só pode estar aí, portanto, assim que acabar a aula, podes ir ter com ele – Dianna sorriu-lhe de volta

- Ainda falta muito para isso – Melissa discordou – Professora? – Chamou, fazendo todos olhar para ela – Posso ir lá fora? Estou um bocado maldisposta – mentiu

- Sim, claro que podes Melissa – a professora concordou – Queres que alguém vá contigo?

- Acho que não é preciso, vou só ao bar beber uma água e acho que passa, obrigada – agradeceu, levantando-se para sair da aula

Melissa foi diretamente ao local onde desconfiava que poderia encontrar Liam. Pelo caminho, ouviu o seu nome, uma voz de rapariga, mas apenas a reconheceu quando se virou e viu a pessoa que a chamava

- Taylor? – Melissa parou, confusa – O que é que se passa?

- Eu cheguei agora à escola e vi o Liam lá fora, calculo que é dele que andas à procura – Taylor respondeu com um pequeno sorriso – Obrigada por o teres apoiado, foi muito importante para ele

- Ele não teria precisado de apoio se tu não tivesses feito o que fizeste, Taylor – Melissa atirou, deixando Taylor envergonhada mas a concordar com ela

- Eu sei que errei, Melissa, mas só fiz o que fiz para proteger uma pessoa que eu amava – a loira defendeu-se – Não sei se sabes eu e o Liam fomos grandes amigos – começou

- Sim, ele contou-me sobre a vossa relação. E esse é mais um motivo para não perceber como foste capaz de lhe fazer aquilo

- Já te disse. Para defender a pessoa que pensava ser a mais importante da minha vida. Mas eu só te queria dizer que o Liam merece ser feliz e por isso, em nome da amizade que tive com ele, peço-te que não o magoes. Eu vi-o lá fora, ainda agora, e percebi como ele está magoado. Eu sei que não tenho moral nenhuma para dizer isto mas ele merece realmente ser feliz

- Como é que sabes que tem alguma coisa a ver comigo? – A morena perguntou

- Porque desde que aqui cheguei que vejo a maneira como vocês olham um para o outro, porque quando eu voltei as pessoas que estavam do meu lado comentavam comigo que tu andavas muito próxima dele. Basta estar atento – Taylor afirmou – Mas ele merece alguém como tu, que se preocupa, que não se importa com o que os outros pensam, que luta e que o apoia sempre – acrescentou – Ele está na zona de fumadores. – Dito isto sorriu e virou costas a Melissa, entrando depois numa das salas de aula. A morena suspirou e continuou o seu caminho, agora com a certeza de onde tinha de ir. Quando se aproximou da zona de fumadores, como lhe chamavam, Melissa avistou Liam sentando no chão, encostado a uma parede. Sentou-se ao lado dele mas permaneceu em silêncio. Depois, olhou para ele e ganhou coragem para falar

- O que viste ontem… - começou mas as palavras custavam a sair – Eu disse que não! – Confessou ainda a encarar Liam e viu que a expressão do rapaz suavizou ligeiramente

- Com aqueles balões e flores? Era quase impossível de resistir – Liam ironizou, voltando a levar o cigarro aos lábios – Porquê? É óbvio que ele gosta de ti

- Mas eu não gosto dele, Liam – Melissa disse-lhe – Gosto de outra pessoa e tinha acabado de ter uma conversa esclarecedora sobre essa pessoa com a Dianna – acrescentou, olhando para ele com atenção

- A sério? – Liam perguntou, agora com o rosto menos carregado e olhando de relance para a rapariga ao seu lado

- Sim, Liam, a sério – Melissa confirmou – O Zack sabia perfeitamente que eu não ia aceitar estar com ele sem gostar dele mas decidiu avançar. Custou-me imenso vê-lo sofrer daquela maneira mas não podia mentir a mim mesma. Nem a ele. E aquilo só aconteceu em frente a minha casa porque…

- Para eu ver – Liam concluiu por Melissa – A tua amiga Chloe estava bastante contente hoje de manhã, tenho a certeza que foi ideia dela

- Sim, desculpa – a morena pediu

- Desculpa por quê? Eu é que devo pedir desculpa por ter reagido assim. Não tenho esse direito – foi a vez de Liam pedir desculpa – É só que… estás bem?

- Para ser sincera, nem por isso. E não é apenas por ter dado uma tampa ao Zack. Foi tudo ao mesmo tempo. Foi ele ter feito a surpresa sabendo o que eu sentia, foi a Chloe ter-se metido na situação apenas para te magoar, foi o ar contente dos meus pais, em especial da minha mãe, foi as palavras que o Zack me disse quando eu lhe disse que não queria nada com ele… foi saber que tu tinhas assistido e que não sabias qual tinha sido a minha decisão

- Lamento ter sido um dos motivos para que tivesses ficado ainda pior, Melissa – Liam pediu, encarando Melissa. A morena também o encarou e depois sorriu-lhe. Um sorriso que deixou Liam nas nuvens. Era tão bom vê-la sorrir e saber que ele tinha contribuído para aquele sorriso. – E essa conversa que tiveste com a Dianna… - começou por dizer, curioso com o que a loira poderia ter dito a Melissa

- Inclui aquele momento em que tu te embaraçaste todo depois de lhe teres dito que me tinhas beijado – Melissa disse em tom provocador

- Eu achava que lhe tivesses dito – Liam estava ligeiramente corado – As raparigas falam dessas coisas e se ela sabia sobre o fim-de-semana calculei que soubesse de tudo – Liam tentou ultrapassar o embaraço que sentia – E para que conste, tu também me beijaste – foi a vez dele de provocar e a vez de Melissa corar. Melissa baixou o olhar, encarando os pés. Liam ficou a olhá-la por alguns segundos, sorrindo. Depois, apagou o cigarro, remexeu no bolso e tirou de lá a carteira.

- Toma – disse, estendendo um envelope à morena

- O que é isto? – Melissa estava confusa. Abriu o envelope que lhe tinha sido entregue e olhou lá para dentro – Não me lembro de me deveres dinheiro – a morena disse ao ver o que estava no envelope

- E não devo – Liam disse – Mas esse dinheiro é para ires comprar duas entradas para o baile de finalistas. Não sei como é que isso funciona, nem se é cedo de mais, mas já algum tempo que te queria convidar e… queria apenas que soubesses que quero ir contigo – explicou-se, apesar de um pouco atabalhoadamente

- Portanto, esta é mesmo a tua forma de me convidares para o baile? – Melissa tentou conter o riso – Não estava à espera de ser convidada desta maneira mas… eu vou tratar disso – concordou e sorriu

- Ótimo – Liam também lhe sorriu, olhando depois em frente – Trouxeste carro hoje? – esperou pela resposta de Melissa e acrescentou de imediato – Ótimo, vens comigo – Sabia que Melissa estava a olhar para ele e encarou-a também. Ela abanou a cara e riu

- Adoro a tua forma de convidares as pessoas para as coisas – Melissa gozou com ele. Depois, encostou a cabeça no ombro dele e deixaram-se estar durante alguns minutos – Porra – a morena disse de repente – Eu tinha dito à stora que estava maldisposta e que precisava de vir cá fora. Já devia ter voltado, ela deve estar preocupada – explicou ao ver a confusão de Liam

- Então acho que está na hora de voltarmos lá para dentro – Liam levantou e ajudou Melissa a fazer o mesmo

- Eu tenho justificação para a minha ausência e tu? – Melissa perguntou quando começaram a caminhar em direção à sala onde estava a decorrer a aula

- Eu encontrei-te e fiquei a fazer-te companhia até ter a certeza de que estavas bem – Liam sugeriu e Melissa concordou com a ideia – Ei, espera aí – Liam fez a morena parar e pegou-lhe no braço para que se virasse para ele – Não sei ao certo a conversa que tiveste com a Dianna, mas quando falei com ela, ela encorajou-me a perceber o que sinto por ti e o que tu sentes por mim, por isso… - em vez de continuar a falar, Liam passou a sua mão no rosto de Melissa, aproximou-se com cuidado e depois levou os seus lábios aos dela. O beijo não foi muito demorado mas foi o suficiente para ambos terem a certeza do que sentiam. Não restavam grandes dúvidas, queriam estar um com o outro, viver o que lhes estava a acontecer, perceber no que aquilo poderia vir a dar. Quando terminaram o beijo encostaram a cabeça um no outro e sorriram

- A Dianna disse-me exatamente o mesmo – Melissa disso ao recuperar do que tinha acontecido. Depois caminharam de mãos entrelaçadas até ao interior da escola onde iam falar com a professora.

..................

Boa tarde! Como estão? Aqui fica o primeiro capítulo deste ano e eu espero que vocês tenham gostado :) Queria também dizer-vos que esta história está quase quase a terminar, mesmo na reta final. Entretanto deixem as vossas opiniões em relação ao que aconteceu neste capítulo :) Fiquem bem e até ao próximo capítulo!

3 comentários

Comentar post