Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

19
Dez16

"Live After Storm" - Capítulo 13


JustAnOrdinaryGirl

Terminada a reunião, pais alunos abandonaram a escola e dirigiram-se aos carros no parque de estacionamento. Melissa pensara em despedir-se de Liam, mas o rapaz tinha ficado mais tempo a falar com a diretora, devido a tudo o que se tinha passado. A morena despediu-se dos amigos – Chloe, Dianna e Zack – e seguiu depois para casa com a mãe. A pequena viagem foi feita em silêncio, mas Melissa percebeu perfeitamente que Jane lhe queria dizer alguma coisa e também tinha noção de que fosse o que fosse estava relacionado com Liam e com o abraço que tinha partilhado com o rapaz.

- O que é que disseram na reunião? – Melissa perguntou assim que ambas entraram em casa

- Disseram algumas das coisas do costume – a mãe começou, pousando as suas coisas e dirigindo-se à cozinha – O professor de matemática também lá estava – Jane encheu um copo com água e encarou a filha – E voltou a mencionar o que se tinha passado, quando saíste da aula dele – contou

- Claro que voltou – Melissa disse – É por isso que estás estranha? Tu já sabias o que se tinha passado, mãe

- Sim, eu sabia disso – Jane concordou, sentando-se agora à mesa. Melissa fez o mesmo – O que eu não sabia era que, mesmo depois do castigo, há aulas em que tu te sentas ao pé desse rapaz – disse em tom chateado – Achei que tinha ficado claro quando dissemos que te afastasses dele. E aquele abraço hoje, Melissa!– Jane repreendeu, claramente chateada com a filha.

- Andamos na mesma escola, somos da mesma turma – a mais nova começou a justificar-se – E hoje ficou provado que não há motivos para me afastar do Liam. Ele está inocente, mãe – acrescentou, um pequeno sorriso a aflorar-lhe no rosto.

- Não deixa de ter estado envolvido, Melissa – a mãe continuava contra Liam – Ele esteve lá naquela noite e isso também lhe dá alguma culpa do que aconteceu àquela pobre rapariga – atacou

- “Pobre rapariga”? – Melissa repetiu as palavras da mãe de forma irónica – A Taylor esteve em coma, é verdade, mas ela não é tão inocente como parece. Ela só culpou o Liam para defender o “namorado” que depois de tudo nunca mais quis saber dela. Na verdade ele nunca quis saber dela. O Liam esteve preso porque ela quis defender o verdadeiro culpado, a pessoa que lhe deu as drogas, que praticamente a obrigou a consumir – Melissa contou a verdadeira história de uma forma resumida

- E como é que sabes que foi realmente isso que aconteceu? – Jane questionou, mesmo sabendo a resposta à sua pergunta

- O Liam contou-me tudo o que se passou naquela noite. Contou-me o que levou àquela noite – a morena respondeu

- Claro que o Liam te contou! E porque é que achas que ele te disse a verdade? Melissa, não podes estar constantemente a acreditar em toda a gente, a defender toda a gente, principalmente depois de as pessoas terem mostrado que não são assim tão inocentes. Podes acabar por sair magoada, querida – a mãe falava em tom repreendedor mas ao mesmo tempo em tom de preocupação

- Mãe, se o Liam foi ilibado isso quer dizer que a Taylor contou a verdade, incluindo que tinha acusado o Liam injustamente – Melissa defendeu-o novamente – Por isso, se eu já acreditava no Liam antes, este desfecho no tribunal só me faz acreditar ainda mais. Mas nas notícias vão possivelmente falar desse assunto e pode ser que assim as pessoas comecem a ver as coisas como elas realmente são – Deste modo, Melissa e a mãe deram a conversa por terminada e a rapariga foi tomar um banho antes de ir jantar. Depois de jantar, enquanto estava a estudar, Melissa sentiu o telemóvel vibrar dentro da mala.

#Início da chamada#

- Estou? – Melissa atendeu, não sabendo ainda quem lhe estava a ligar – Quem fala?

- Melissa? É o Liam – o rapaz respondeu do outro lado da linha

- Liam? Não estava à espera que me ligasses – Melissa confessou, surpreendida com aquela chamada – Está tudo bem? E como é que tens o meu número?

- Sim, estou bem. A Dianna deu-me o teu número – começou, explicando a parte de ter o número dela.

- Nem sequer sabia que tu e a Dianna agora falavam – Melissa disse, brincando. Sabia que Dianna tinha mudado a sua opinião e gostava que os dois falassem. Era bom ter alguém do seu lado

- Eu pedi à minha mãe que ligasse aos pais dela para lhe pedir o número. Queria falar contigo mas sabia que o mais certo era não poderes vir ter comigo ou eu ir ter contigo – Liam disse – Queria contar-te o que se passou no tribunal – Liam contou o que se tinha passado na audiência e Melissa ouviu atentamente – Finalmente estou livre desta história – concluiu, aliviado

- E a Taylor? – A morena estava curiosa

- Ela vai ter de pagar uma indeminização por me ter acusado injustamente. Mas como eu também estive no local a indeminização foi reduzida. Se bem que isso é o que menos me importa. Como ela esteve em coma isso pode ter influenciado a memória dela portanto apesar de ter mentido não lhe vai acontecer nada. E o nome do Will nunca foi referido – Liam explicou – Mas sinceramente, a única coisa que me interessava era ter finalmente liberdade. E finalmente tenho isso. E sabe bem ter esta sensação – acrescentou e Melissa, apesar de não o estar a ver, percebeu que ele estava a sorrir

- Fico feliz que tenhas conseguido, Liam, a sério – Melissa felicitou-o novamente

- Obrigada. E desculpa ligar a esta hora mas queria mesmo que soubesses o que se passou na audiência. E obrigada por teres ficado sempre do meu lado – Liam agradeceu, notando-se a felicidade na sua voz

- Parece que tinha razão em estar do teu lado – a morena concluiu – E tenho a certeza que a maioria das pessoas já se arrependeu do que disse de ti – acrescentou, também ela feliz pelo rapaz – Vemo-nos amanhã na escola? – Depois de Liam lhe responder afirmativamente, despediram-se e ambos foram dormir.

 #Fim da chamada#

No dia seguinte, Liam entrou na escola com mais confiança. Desta vez já não tinha sobre si o peso de não saber se iria ou não voltar a ser preso. Desta vez sentia-se mais leve, sentia-se livre. Caminhou calmamente em direção ao cacifo. Na noite anterior, a audiência tinha sido notícia e, por isso, a maioria das pessoas já estava atualizada. Alguns dos alunos, seus colegas, ainda olhavam para ele. Mas desta vez nem todos o olhavam de forma acusatória, com raiva ou medo. Alguns olhavam-no por estarem arrependidos. Houve até quem acenasse ou sorrisse quase discretamente. Nesses casos, Liam retribuía e continuava o seu caminho. Ainda havia pessoas que pareciam não acreditar. Mas, honestamente, Liam não estava preocupado com isso naquele momento. Haveria sempre pessoas a ficar do lado de Taylor. Não se importava, conquanto isso não o impedisse de recomeçar a sua vida. Avistou Melissa, também ela junto ao cacifo, acompanhada pelos amigos.

- Bom dia – cumprimentou quando se aproximou deles

- Bom dia – Melissa e Dianna responderam em uníssono, ambas sorrindo. Chloe e Zack continuaram concentrados nas suas coisas – Vamos ao bar beber café, queres vir connosco, Liam? – Melissa convidou-o, levando de imediato com um olhar reprovador de Chloe

- Obrigada, mas eu já bebi café e tenho de ir tirar umas fotocópias – informou, deixando Chloe e Zack mais aliviados – Até já – despediu-se

- Eu vou contigo, Liam, também tenho de ir tirar umas fotocópias – Dianna ofereceu companhia – Até já

- Gostava de saber o que é que ele tem que vos faz andar atrás dele como cachorrinhos – Zack disse, resmungando e deixando Melissa irritada

- A sério que vocês vão continuar com esses comentários em relação ao Liam? – a morena perguntou, chateada com aquelas atitudes

- Não é por ele ter sido considerado inocente, mesmo depois de ter ido preso, que eu vou ter de ir à bola com ele, Mel – Zack disse secamente. Melissa revirou os olhos

- Mas afinal porque é que a Dianna agora se dá tão bem com ele? – Chloe perguntou, curiosa em relação ao assunto

- Os pais deles são amigos e eles começaram a dar-se melhor – Melissa explicou – E ainda bem porque além de ele merecer ter amigos assim eu tenho alguém que não esteja sempre a criticar a minha amizade com ele

- Bem, não vamos deixar que aquele… que o Liam volte a ser motivo de discussão no grupo, já chega – Zack pediu – Chloe, importas-te de me trazer um café do bar? Queria falar com a Melissa… - o rapaz pediu. Chloe acedeu de imediato ao pedido, sorrindo satisfeita – Finalmente sós – Zack sorriu e Melissa fez o mesmo. Apesar de todas as “discussões” continuavam a ser os melhores amigos e ambos sentiam a falta um do outro, das conversas que tinham – Há imenso tempo que não estamos juntos – o rapaz queixou-se

- Temos estado juntos todos os dias, Z – Melissa disse-lhe – Mas sim, não temos falado muito ultimamente – acabou por concordar

- Sim, mas o que queria dizer era estarmos juntos, só os dois – explicou, com um sorriso provocador

- Zack… - a morena começou – Sabes que eu te adoro, mas não da maneira que tu queres. És o meu melhor amigo e eu não quero magoar-te

- Mas magoas, Mel – Zack admitiu – Magoas de cada vez que me trocas pelo teu amiguinho Liam

- Eu não te troco por ele, Zack, eu sou amiga dos dois. Não tenho culpa que vocês não se deem bem

- O gajo está interessado em ti, Melissa e isso tira-me do sério. E o problema é que tu estás a deixar-te levar – Zack disse-lhe, estando já com um ar chateado, transtornado

- O quê? O Liam é meu amigo, Zack, mais nada – Melissa disse, mas nem ela própria tinha a certeza da veracidade daquelas palavras. Sentiu-se corar quando se lembrou do que se passou no fim-de-semana anterior – E em relação a nós os dois, eu não posso estar contigo sem gostar de ti dessa forma. Não seria justo para nenhum dos dois, muito menos para ti

- Dizes isso porque também começas a gostar dele, não é? – Zack puxou por ela

- Zack… - ia falar mas o rapaz teimava em interromper

- Admite, Melissa! Sentes alguma coisa por ele, nota-se! – O rapaz continuava a insistir - Já aconteceu alguma coisa entre vocês? – Perguntou, vendo a expressão cada vez mais confusa no rosto da melhor amiga – Diz alguma coisa, Melissa! – Insistiu, levantando um pouco a voz

- Sabes que mais, Zack? Não sei! – Começou, encarando o amigo – Sinceramente, não sei o que sinto pelo Liam, ou o que ele sente por mim ou se vai acontecer alguma coisa. Mas sei o que sinto por ti! És o meu melhor amigo, a pessoa que está sempre lá para mim, a pessoa com quem eu espero poder falar sobre as minhas coisas. E sempre estive aqui para ti da mesma maneira, tu sabes. Eu sei que as coisas ultimamente têm sido complicadas, e lamento. A sério que lamento, porque gostava de poder sentir o mesmo que tu, sei que as coisas seriam simples dessa maneira. Mas tu sabes que eu não gosto de ti da maneira que tu gostas de mim. Também já te disse que não te vou dar esperanças em relação a algo que pode nunca acontecer. Não te posso dar asas e depois cortar-tas. Eu sei que assim também te magoo, mas prefiro ser sincera do que mentir-te e magoar-te ainda mais, de uma maneira irreversível – A morena desabafou finalmente – E espero que consigamos ultrapassar esta fase porque és uma das pessoas mais importantes na minha vida, sempre serás. E eu acredito que vamos ficar bem. Porque somos nós, porque somos amigos desde o início e porque não foi preciso muito para nos darmos bem. – Melissa limpou uma lágrima. No exato momento em Melissa disse estas palavras, a campainha da escola tocou. A morena entrou na sala de aulas e Zack permaneceu ali apenas por mais alguns segundos, entrando logo de seguida. Ele sabia que ela tinha razão. Mas isso não o fazia deixar de gostar dela. E se ela não sabia o que sentia em relação a Liam, talvez valesse a pena lutar. Ou então só iria magoar-se ainda mais. Sentou-se ao lado de Chloe, mesmo com o lugar ao lado de Melissa ainda vazio. Provavelmente seria Liam a sentar-se ao lado dela. Mas quando Liam entrou na sala, acompanhado por Dianna, foi a loira quem se sentou ao pé dela.

- Estive a falar com o Liam – Dianna informou Melissa assim que se sentou

- Bem me parecia que não tinhas ido tirar fotocópia nenhuma – Melissa respondeu depois de as suas suspeitas terem sido confirmadas – E do que é que falaram? – Perguntou, curiosa

- De várias coisas – disse, tentando fazer um ar misterioso – incluindo sobre ti – acrescentou em tom provocador e depois não disse mais nada durante a aula

..............

Boa tarde! O capítulo era para ter sido publicado mais cedo mas, estive fora durante o fim-de-semana e esqueci-me de deixar isto programado. Mas enfim, aqui está ele e espero que gostem :) E assim esta semana acabam por ter dois capítulos (hoje e sábado). Neste aqui temos o regresso do Liam depois do julgamento e uma pequena discussão entre o Zack e a Melissa. Deixem as vossas opiniões :) Ah, apercebi-me também de que não falta assim muito para terminar esta história. Fiquem bem e até ao próximo capítulo!!

 

4 comentários

Comentar post