Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

26
Nov15

"I Never Told You" - Capítulo 15


JustAnOrdinaryGirl

As coisas estavam cada vez mais estranhas entre Lauren e Jessica pelo que ambas evitavam encontrar-se muita vez para que as coisas não se complicassem ainda mais. Pelo menos até terem as coisas bem resolvidas a todos os níveis. Lauren foi acompanhar a mãe até ao trabalho, passando depois pelo café de Ruth. Por um lado gostava que os amigos lá estivessem, nem que fosse para os ver, mas por outro sabia que isso acontecesse o ambiente iria tornar-se constrangedor. Decidiu entrar e sentar-se numa das mesas, esperando que alguém a atendesse. Ruth aproximou-se mas, em vez de a atender, sentou e sorriu-lhe, começando depois a falar com a morena.

 

- Então querida, o que se passa? – Ruth mostrava um ar preocupado que inspirava confiança em Lauren. Desde sempre que isso acontecia – Sabes que podes falar comigo mesmo que isso tenha alguma coisa a ver com o meu afilhado

- Com o Kyle? – Lauren mostrou-se surpreendida por Ruth ter acertado em cheio. Talvez o rapaz desabafasse com a madrinha

- O Kyle fala comigo, eu sei das coisas – Ruth disse, como se tivesse adivinhado os pensamentos da morena – Ele contou-me o que se passou com vocês. Bem, eu praticamente obriguei-o a falar - a dona do café gargalhou, levando Lauren a fazer o mesmo – Eu não me vou meter na tua vida se não quiseres, mas quero que saibas que podes contar comigo – Ruth disse, começando a levantar-se

- O problema é que não sou só eu e o Kyle, Ruth – Lauren começou e a mais velha voltou a sentar-se – Ainda há o Aiden e a Jessica – suspirou triste ao mencionar os amigos

- O Kyle gosta de ti e está visto que gostas dele, querida – Ruth pegou na mão de Lauren, confortando-a – Quanto ao Aiden não sei, mas a Jessica sempre foi mais de coisas passageiras. Não estou a dizer que ela não se pode apaixonar, mas conhecendo-a como conhecemos, o que tens a fazer é perceber se ela gosta mesmo do meu afilhado ou se é apenas mais um dos seus caprichos – Ruth sempre tinha sido uma boa ouvinte e uma boa conselheira mas Lauren não tinha a certeza se desta vez os seus conselhos serviriam de alguma coisa

- Eu só não sei como evitar que as coisas se compliquem ainda mais – Lauren retraiu algumas lágrimas – Se eu e o Kyle avançarmos para algo mais do que amizade, a Jessica e o Aiden vão sofrer ainda mais. Mas se evitarmos o que sentimos somos nós que vamos acabar por sofrer – Lauren suspirou, triste – Eu só gostava que as coisas se endireitassem de uma vez e que ninguém saísse mal de toda esta confusão, Ruth! – Lauren apoiou a cabeça nas mãos. Assim que ouviu o sinal de que alguém tinha entrado no café, o seu instinto foi virar-se. Assim que o fez, deu de caras com Aiden.

 

O rapaz aproximou-se da mesa onde a morena estava sentada a falar com a proprietária do café e cumprimentou ambas, pedindo depois se Lauren o podia acompanhar lá fora, para falarem. Lauren estranhou todos aqueles sorrisos e simpatias depois de tudo o que se passara, mas acabou por aceitar falar com o rapaz.

 

- Então, a Ruth anda a tentar juntar-te com o Kyle? – Aiden ironizou, recebendo logo um olha desaprovador de Lauren

- Eu não preciso que ninguém me junte com o Kyle – ia continuar, mas depressa foi interrompida por mais um comentário do rapaz

- Vocês fazem por juntar-se sozinhos – Aiden gargalhou e desta vez tudo o que conseguiu foi que a morena suspirasse

- Eu ia dizer que não preciso que ninguém me junte com o Kyle ou com outra pessoa qualquer. E para que são esses comentários parvos? – Lauren parou, fazendo com que Aiden fizesse o mesmo e que ficasse de frente para ela – Tu sabes bem que não se passou nada do que tu pensas que se passou, Aiden! – o olhar dela estava triste e desiludido

- Mas passou-se alguma coisa, não passou?

- Sim… - Lauren não queria entrar em pormenores, mas talvez Aiden precisasse saber mais alguma coisa – Eu e o Kyle beijámo-nos, mas foi depois de teres aparecido lá em casa – Aiden olhou-a, com um olhar triste e ao mesmo tempo ciumento

- Isso quer dizer que há alguma coisa entre vocês? – o rapaz estava curioso para saber o que Lauren ia responder

- Não! Principalmente porque tanto eu como o Kyle não queremos que tu e a Jessica se magoem mais - Lauren disse, olhando-o nos olhos

- Quer dizer que gostas dele e que estás disposta a esquecer a merda que ele fez antes?

- Quer dizer que as coisas estão esclarecidas entre mim e ele, Aiden – Lauren disse, pensando que, pela primeira vez, estava a conseguir dizer tudo o que pensava sobre aquela situação – Sim, ele fez merda e magoou-me. Mas sabes que mais? Talvez eu também tenha feito alguma… - Lauren parou um pouco antes de dizer o que se seguia – Eu gosto dele, não adianta negar. Lutei com todas as minhas forças para o esquecer, não falei dele a ninguém, não falei do que se passou. Mas não resultou, ele simplesmente não me sai da cabeça por muitas voltas que eu dê, por muitas coisas que eu faça para que isso aconteça – quando acabou, respirou fundo

- Pois queres saber uma coisa? – Aiden questionou, continuando apenas depois de Lauren ter feito uma cara de confusão – Por mais voltas que dê e por mais coisas que faça também não te consigo tirar da cabeça, Lauren!

- Aiden… - Lauren ia falar mas mal abriu a boca, sentiu os lábios do rapaz embater contra os seus. Ficou sem reação, apenas deixando que no início ele percebesse e terminasse aquele beijo que ela não queria, não depois de tudo.

Aiden segurava a face da rapariga, impedido que ela se afastasse. O beijo era desesperado e, ao mesmo tempo, forçado por parte dele. Ela levou as mãos ao peito dele tentando que ele se afastasse mas aparentemente ele entendeu aquilo de forma errada, agarrando-a pela cintura e prolongando ainda mais aquele beijo.

Quando precisou recuperar o fôlego, ou quando talvez percebeu que a rapariga não estava muito interessada em beijá-lo de volta, afastou-se, ficando a encará-la.

- O que é que te deu? – Lauren perguntou, passando depois por ele sem lhe dar tempo para se justificar. Mal se desviou, o mundo ia-lhe caindo aos pés mais uma vez. Ao fundo, a entrar dentro do carro, viu Kyle. Se as coisas estavam mal, naquele momento só podiam piorar ainda mais.

..........................

Boa noite! Aqui fica mais um capítulo que espero que gostem! Sei que me estou a repetir mas peço imensas desculpas pela desatualização e por os capítulos nunca virem a horas, mas o meu tempo para os blogs não tem sido praticamente nenhum. Aliás, nem para os blogs nem para nada, mas pronto. Espero que gostem deste capítulo, em que as coisas se voltam a complicar para os lados da Lauren! Deixem as vossas opiniões e obrigada a quem ainda acompanha :) Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)

 

1 comentário

Comentar post