Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

You And I

13
Mai17

"Amnesia" - Capítulo 4


JustAnOrdinaryGirl

 Resultado de imagem para lucy hale gif

Tudo à sua volta era branco – teto, paredes – e não havia mais nada nem ninguém. Apenas um corredor sem fim, não encontrava uma saída que fosse. De repente apareceu uma sombra que, percebeu, estava a ficar cada vez mais perto de si. Era a sombra de uma pessoa, um homem, que estava cada vez mas próximo. Tentou correr, mas aquele corredor continuava a ser um labirinto infinito. Não tinha forças para mais, aquele homem ia apanhá-la. De repente caiu e tudo ficou escuro. Depois, uma série de imagens começou a aparecer-lhe, umas atrás das outras, tal e qual um filme. Umas felizes, outras tristes. Algumas das quais nem sabia bem o que representavam. Depois veio uma imagem perturbadora, um carro, chamas, gritos e novamente a sombra de alguém atrás dela. Assim que aquele vulto a conseguiu agarrar soltou um grito com todas as forças que ainda lhe restavam.

- April? – Ouviu uma voz familiar e preocupada chamar por elas mas não conseguiu mexer-se. Olhou em volta, tentando perceber onde estava. Lá estavam as paredes e o teto branco. Mas desta vez não estava sozinha. Uma mulher de cabelos escuros estava debruçada sobre ela, uma mão sobre o seu ombro – Está tudo bem – a mulher, que percebeu ser Mia, tentava acalmá-la – Penso que estavas a ter um pesadelo – informou, fazendo a rapariga respirar fundo, tentando voltar à realidade – Agora está tudo bem – tranquilizou-a novamente com um ligeiro sorriso

- Eu… - tentou falar mas sentia a garganta tão seca que as palavras não saiam – Água – conseguiu apenas dizer, sentando-se com alguma dificuldade na cama. Estava transpirada e sentia a cabeça a latejar. Com a ajuda de Mia bebeu uns goles de água e sentou-se melhor – Foi um sonho horrível. Havia alguém atrás de mim – explicou

- Quem? – Mia perguntou, preocupada

- Não consegui perceber bem, mas sei que era um homem – April disse

- Talvez sejam memórias que estão a voltar aos poucos – Mia disse, apesar de se aquilo era uma memória de April ser algo grave. Reparou que April engoliu em seco – April, lembraste-te de alguma coisa? – Encarou a jovem

- Depois desse sonho apareceram umas imagens – acabou por confessar

- Do acidente? – A médica sentou-se na borda da cama – April, se te lembraste de alguma coisa é importante que nos digas – acrescentou, fixando o olhar da rapariga

- Só vi um carro e chamas, mais nada – a loira disse, não dando grande importância

- Pouco depois de os médicos e a polícia chegaram ao local encontraram o carro começou a arder – Mia disse, fazendo April estremecer – Acho que começas a lembrar-te das coisas – acrescentou, um fio de esperança na voz – Assim que o John voltar vamos falar com ele, talvez ele te possa ajudar a recordar algumas coisas

- O Doutor Clark está cá? – April perguntou de repente, vendo depois o ar surpreendido de Mia – Gostava de falar com ele – pediu

- Neste momento ele está numa consulta – a médica informou-a – Mas podes falar comigo, April. Eu acompanhei a tua cirurgia e tenho estado atenta ao teu estado – disse-lhe

- Sim, eu sei que a doutora também me acompanhou mas mesmo assim eu gostava de falar com ele, por favor – voltou a pedir

- April…

- Por favor, doutora Mia – April voltou a pedir, interrompendo o que quer que fosse que a média fosse dizer. Mia não insistiu mais, acabando por assentir. Depois saiu do quarto, deixando April entregue aos seus pensamentos.

********************

Mia estava à porta do consultório de Clark quando os seus pacientes saíram. A médica sorriu-lhes e aguardou antes de entrar. Depois, espreitou pela porta meio aberta.

- Posso? – A morena perguntou, chamando a atenção do amigo

- Claro que sim, Mia – Clark sorriu-lhe – És sempre bem-vinda aos meus aposentos – acrescentou enquanto a mulher se instalava na cadeira à sua frente – Na verdade, queria mesmo falar contigo – Clark viu a amiga ficar um ar curioso – No outro dia íamos jantar e depois acabámos por ter de desmarcar – relembrou-a

- É verdade – Mia disse – A bela adormecida despertou do seu sono – disse num tom que fez Clark erguer uma sobrancelha

- É impressão minha ou notei aí um tom um pouco estranho? – Clark perguntou, não percebendo o que se estava a passar – Aconteceu alguma coisa?

- Não aconteceu nada – Mia disse, sorrindo a Clark – Mas era mesmo sobre ela que te vinha falar – começou, fazendo o amigo ficar imediatamente alerta – Estava a passar em frente do quarto e ouvia-a gritar, estava a ter um pesadelo – contou – Aparentemente no pesadelo estava a ser seguida. Depois disso teve alguns vislumbres de umas imagens, incluindo imagens do acidente – acrescentou

- Isso quer dizer que a memória dela está a voltar – o médico constatou – Lembrou-se de alguma coisa em concreto? E quem era o homem que a estava a seguir? – Perguntou

- Ela não conseguiu perceber. Se bem que ela não disse grande coisa, apenas disse que queria falar contigo – Mia informou, fazendo o outro erguer uma sobrancelha – Certamente é o teu encanto natural a fazer magia, leva as miúdas a querer-te por perto – gozou com ele, fazendo-o revirar os olhos – Mas agora a sério, ela quer falar apenas contigo, nem a mim disse o motivo – disse

- Vou passar no quarto dela a seguir – Clark disse, ficando curioso em relação ao motivo que levava a jovem a querer falar apenas com ele – Entretanto, em relação ao nosso jantar? Fica para hoje? – Sugeriu, sorrindo à morena

- Combinado – Mia sorriu de volta. Já se conheciam há imenso tempo e era bom quando tinham algum tempo para estar juntos sem ser no hospital, sem ser a falar de trabalho

- Ótimo – Clark sorriu, levantando-se logo de seguida – Vou falar com a April. Depois vou ter a tua casa? – Perguntou, já a chegar à porta do consultório

- Sim, por volta das 9h se estiver bem – disse e Clark acenou com a cabeça – E Clark? – Mia chamou quando ele já estava a sair. Parou e olhou para ela – Tenta perceber o que a April viu naquele sonho. Não fiquei com a certeza de que ela me tenha dito tudo o que viu naquelas imagens do acidente – aconselhou, deixando depois Clark sair do consultório e ir ao encontro da jovem.

............................

Boa tarde! E aqui está o novo capítulo, que eu espero que gostem :) Queria que o final fizesse assim pensar um pouco: O que será que April quer dizer a Clark e que só quer mesmo dizer-lhe a ele? No próximo capítulo vamos ter essa conversa e também, finalmente, o jantar do Clark e da Mia. Entretanto deixem as vossas opiniões. Fiquem bem e até ao próximo capítulo!!

6 comentários

Comentar post