Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

25
Jan20

You And I - Capítulo 48


JustAnOrdinaryGirl

Resultado de imagem para luke bilyk gif

Alycia e Tim estavam deitados, lado a lado, mas à distância um do outro que a cama de Alycia lhes permitia estar. Os dois estavam em silêncio, a encarar o teto branco daquele quarto. Nenhum dos dois sabia o que dizer depois daquilo que acabava de acontecer. Nem mesmo Tim que, normalmente, se sentia sempre à vontade depois de estar com uma rapariga. E, havia que admitir, que não tinham sido assim tão poucas raparigas. 

- Há uma coisa que tens de saber... - Tim disse, um pouco a medo - E acho que te devia ter dito isto antes de termos feito o que quer que fosse... - acrescentou. Virou-se de lado na cama, para observá-la. Alycia, ao vê-lo assim, virou-se também para ele. O que, felizmente, lhes permitia aumentar ainda mais a distância. Alycia aconchegou melhor o lençol ao seu corpo. A rapariga esperou que ele se decidisse a prosseguir - A Clarissa, ela... Desde que ela sabe que foste tu quem contou a verdade ao Leo, ela quer vingança... - começou

- Pois, eu já calculava... - Alycia disse. Era mais do que óbvio que haveria uma vingança - E eu sei que esta minha saída da claque faz parte da vingança dela... - contou

- Mas não é só isso! - Tim revelou, deixando Alycia ainda mais atenta - Ela queria que sentisses o mesmo que ela sentiu quando o Leo a deixou. Queria que sentisses a dor de perderes a pessoa que amas. 

- A Clarissa não ama o Leo! - Alycia interrompeu. 

- É provável que não, mas para ela aquilo é amor... - Tim concordou, deixando Alycia, mais uma vez, admirada - E por isso mesmo, a melhor vingança para ela, além de perderes a claque, seria sofreres o mesmo que ela. Seria o teu namorado sentir o mesmo que o Leo estava a sentir, a dor da traição... - O rapaz contou, mas ainda havia mais - A Clarissa queria que eu arranjasse forma de me enrolar contigo. De preferência na escola, para haver provas. Depois...

- Enviava essas provas ao Jon e ele acabava comigo... - Alycia concluiu o raciocínio por ele e viu-o acenar - Mas parece que o Jon lhe estragou os planos, traiu-me ele... - A rapariga notou a ironia de tudo aquilo

- O que eu quero que saibas é que o que aconteceu aqui hoje não teve nada a ver com esse plano, Alycia! - Tim disse - Quando a Clarissa me propôs esse plano, eu tinha acabado de saber que a minha mãe andava a sair com o teu pai. Sabia que ajudá-la ia acabar com a felicidade da minha mãe... - justificou-se. Ou tentou, pelo menos - O que aconteceu aqui foi... outra coisa qualquer... - Tim acabou por dizer, esperando sinceramente que a rapariga acreditasse - Aquilo tudo que eu te disse antes do jantar era verdade, não era apenas um discurso de engate - acrescentou, ainda sem perceber se ela acreditava ou não nele - Alycia, eu...

- Eu sei que estás a dizer a verdade, Tim. - Alycia disse, descansando-o -  Até porque antes de nos envolvermos, tu sabias perfeitamente que eu e o Jon já tínhamos acabado. E, além disso, não dei conta de estares a montar uma câmara para conseguires provas. - Alycia sorriu - O que aconteceu, aconteceu e só teve que ver connosco, não com o resto que se passa. Tu podes ter mudado, mas acredito que aquele Tim que vai para a cama com todas as miúdas da escola ainda aí está! - disse-lhe, mas não no sentido de o julgar. Era apenas quem ele era. Pelo menos tinha mudado no mais importante, estava a começar a deixar os preconceitos de lado, nem que fossem apenas alguns. 

- Uau, tens mesmo uma bela imagem de mim, Alycia! - Tim disse, soando ofendido

- Não te preocupes, afinal de contas eu acabei de me transformar numa dessas miúdas que não sabe resistir aos teus supostos encantos - Ela percebeu, a rir - Sabes que sempre achei que eu e a Laura seríamos das poucas raparigas que não cediam, que nunca iríamos enrolar-nos contigo. Pelos vistos, a Laura será mesmo a única exceção - ela disse

- Achas que isso ainda muda? - Tim perguntou, mas claramente a brincar

- Nem penses, a Laura ama o Alex. Além disso, ela tem muito mais capacidade de resistência do que eu... - Alycia disse - E não te esqueças que ela te acha um estúpido... No pior sentido da palavra - acrescentou

- Achas que isso ainda muda? - voltou a perguntar, referindo-se agora ao facto de Laura o odiar, com razão

- Acho que pode mudar, dependendo de ti e das tuas atitudes a certo momento... - Alycia disse-lhe, sem dar mais pormenores

- Como assim? - O rapaz ficou curioso. Já não era a primeira vez naquela noite que Alycia deixava assim um comentário em suspenso. Primeiro sobre os preconceitos que ele tinha de mudar e agora aquilo

- Quando for o momento, vais perceber... - Foi a sua única resposta - Merda! - exclamou de repente

- O que foi?!

- Acho que os nossos pais acabaram de chegar - Alycia disse, levantando-se num ápice. Pensou em expulsar Tim antes, mas que diferença fazia isso agora, depois de terem dormido juntos. Vê-la sem roupa não seria assim tão estranho. Estranho seria explicar aquilo aos pais. Vestiram-se à pressa e tentaram deixar o quarto como se nada se tivesse passado. Depois, Tim conseguiu escapulir-se para a casa de banho. Alycia apareceu na sala, parecendo natural ao cumprimentar os pais. Só depois reparou no copo de vinho entornado no meio do chão da sala. 

- Deixei cair o copo no chão e estava na net e tentar encontrar uma forma de tirar essa nódoa do tapete... - desculpou-se - Desculpa pai... Eu vou arranjar maneira de lavar o tapete... 

- Estou mais preocupado com o facto de estares a beber, Alycia... - Anthony disse, olhando bem para a filha - Estás bem?

- Estou ótima, pai, a sério - Alycia fez um esforço para soar sincera. Apesar de tudo, até estava bastante melhor, e tudo graças a Tim, por incrível que parecesse - E foi apenas um copo de vinho para acompanhar a pizza. E metade ainda foi para o chão, por isso... - tentou descansar o pai, sorrindo. E ele acabou por deixar o assunto

- E o Tim ainda cá está? - Meredith perguntou

- Sim, ele disse que ia tomar um duche rápido... - Alycia disse

- E o Jon? - O pai quis saber, estranhando a falta do rapaz ali em casa. Ao ver a expressão da filha, percebeu que não era o momento certo para falarem. 

- Boa noite... - Tim disse, entrando na sala

- Não ias tomar banho? - A mãe perguntou-lhe. Tim olhou para Alycia e depois de novo para a mãe

- Ia, mas lembrei-me que não tenho cá roupa... - Tim acabou por dizer

- Não te preocupes, posso emprestar-te um pijama ou qualquer coisa... - Anthony ofereceu - Também passas cá a noite, Tim? 

- Mais uma vez, não tenho roupa para amanhã. Talvez vá para casa...

- Deixa estar, acho que o Jon deixou cá umas roupas... - Alycia disse. Tim sorriu. Quando os pais de ambos saíram da sala, os dois não puderam evitar rir. Mas que situação. E ainda só era sábado. 

.............................

Boa tarde, como estão? Aqui está mais um capítulo e eu espero mesmo que tenham gostado. Para quem acompanhou Amnesia, e se lembra dos seus 50 capítulos, esta será um pouco maior. Apesar de ainda faltarem alguns, já não são assim tantos. Mas ainda há algumas coisas para acompanharem. Deixem as vossas opiniões e eu espero que gostem do que ainda está por vir. Obrigada a quem tem acompanhado. Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)