Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

17
Nov19

You And I - Capítulo 43


JustAnOrdinaryGirl

Resultado de imagem para odeya rush tumblr gif

- Estás a brincar, certo? - Foi a reação de Laura depois de Alycia lhe ter contado tudo sobre a noite anterior 

- Por incrível que pareça, não estou! - Alycia disse - O Tim que esteve em minha casa não é o Tim que conhecemos, de todo! - acrescentou, enfatizando ainda mais o seu ponto de vista - E por um lado isso deixa-me mais descansada, por causa do meu pai, mas por outro... e se isto não passa de uma farça? - Alycia andava desde o dia anterior com esse medo. Não queria que o pai sofresse ou tivesse de ouvir bocas foleiras na sua própria casa. 

- Acho que apenas o tempo o dirá, Aly! - Laura disse - É uma daquelas situações em que não podemos fazer grande coisa, tudo depende do Tim. - acrescentou - E em relação à claque, alguma novidade? - perguntou

- Nem por isso - Alycia lamentou - Falei com todas as integrantes mas nenhuma diz nada, nenhuma está disposta a ajudar - explicou - A Clarissa tem-nas bem domadas, pelos vistos.

- Tem de haver alguma coisa que possamos fazer - Laura não era de baixar os braços e aquela situação requeria uma resolução e rápida - A Clarissa é humana como todos nós, tem de haver alguma coisa por onde possamos pegar - só precisavam descobrir o quê. Foram interrompidas pela chegada de Alex, Nick e Leo, que se tinham encontrado a caminho do pátio. - Bom dia, rapazes! - Laura cumprimentou, dando um beijo na bochecha do irmão e de Nick e beijando Alex nos lábios. 

- Bom dia, meninas! - Leo sentou-se ao lado de Alycia - Que tal correu ontem à noite? O Tim contou-me sobre os vossos pais... - quis saber e, tal como fizera com Laura, Alycia contou tudo a Leo, deixando-o admirado - Nunca pensei que o Tim conseguisse fazê-lo - comentou - Ele adora a mãe e acredita que ele é capaz de tudo para a ver bem e feliz - explicou, fazendo com que Alycia acreditasse que o comportamento de Tim era mais real do que ela pensava.

- Deixando o Tim e os problemas de lado... - Nick interrompeu, lembrando-se de um convite que queria fazer aos amigos - O que me dizem de ir jantar lá a casa? Os meus pais vão estar fora e acho que estamos a precisar de nos divertir. Além disso, é sexta-feira! - Sugeriu, deixando todos bastante animados com a ideia 

- Se me ajudarem a pensar numa bela maneira de convencer o meu pai, então podem contar comigo! - Laura foi a primeira a responder

- Diz-lhes a verdade! - Leo disse e todos perceberam que ele não estava a brincar - Ele não te pode probir de estares comigo. Além disso, aposto que entre eu ficar sozinho com o Nick ou deixar-te ficar comigo, ele vai acabar por escolher a segunda hipótese - explicou

- Assim sendo, podemos contar com toda a gente, certo? - Nick perguntou, entusiasmado - Quem leva o quê? - perguntou quando todos assentiram - Eu... e o Leo... oferecemos a casa, vocês tratam do resto.

- Que lindos que eles são, já fazem planos conjuntos e tudo! - Laura provocou e, apesar de por momentos pensar que o irmão poderia ficar chateado com o comentário, a verdade é que Leo se limitou a dizer "que engraçada que ela é!", o que deixou Laura contente por ver que ele estava a lidar bem com a situação - Eu posso tratar da sobremesa - A rapariga ofereceu-se. Sobremesas eram a sua especialidade e tinha quase a certeza de que a mãe a iria ajudar com isso assim que soubesse que era para Leo também. Antes de tocar para a entrada, decidiram ainda que Alycia iria tratar do jantar e Alex ficava encarregue das bebidas e, por motivos óbvios, iria tratar também de alguma música. Se bem que o plano era aproveitarem para irem até à discoteca que havia ali perto. Seria uma bela noite de farra. 

***** ***** ***** ***** *****

- Só podes estar a brincar comigo, Laura! - Edward disse assim que ouviu os planos da filha para essa noite

- Não estou a brincar, pai! - Laura disse - Seria muito mais simples dizer-te que ia ver um filme com as raparigas da minha turma ou estudar. No entanto, estou a dizer-te a verdade! - A morena explicou, tentando mostrar ao pai que podia confiar nela - É apenas um jantar com o meu irmão, mais nada - acrescentou

- O Leonard fez as escolhas dele e tem de lidar com as consequências dos seus atos! - Edward disse e, pelo tom de voz, Laura percebeu que seria difícil fazê-lo mudar de ideias. E tinha passado a tarde na cozinha, a preparar sobremesas com a mãe. Facto que, pensando bem, era meio estranho. Dava a entender que a mãe concordava com aquele jantar, apesar de ainda não ter dito nada para a ajudar a convencer o pai - E além disso, quase de certeza que vão estar lá os outros vossos... amigos... e sabes qual a minha opinião sobre essas tuas amizades, Laura! - Claro que tinha de implicar com isso também

- Não me deixares ir apenas contribui para que o que mais queres impedir aconteça - Laura disse. Não se sentia bem a fazer aquilo, a dizer aquilo, mas tinha a "autorização" de Leo e naquele momento era o único trunfo que tinha. - Se eu não for, o Alex e a Alycia também não vão e o Leo acaba por jantar sozinho com o Nick... - ao dizer estas palavras viu a expressão do pai mudar. Algo lhe dizia que ele tinha ficado a pensar naquelas palavras. 

- Acho que devias deixar a Laura ir, Edward! - Theresa disse de repente, deixando os dois surpreendidos. A esperança de Laura voltou - E não apenas para impedires o teu filho de estar com o na... com o Nick! A Laura tem o direito de estar com o irmão, de estar com os amigos... É sexta-feira. - explicou - Além disso, prefiro que ela esteja em casa do Nick do que esteja por aí num sítio qualquer sem nós sabermos. Os pais do Nick são pessoas de confiança, e ele também é, apesar de tudo - continuou. Laura e Edward nem tinham coragem de a interromper, era uma surpresa ela estar a falar assim. - E acredito que a ideia deles seja uma coisa mais pacata, um simples jantar de amigos - acrescentou. No entanto, Laura tinha dito à mãe, durante a tarde passada de volta das sobremesas, que depois de jantar tencionavam ir dançar um bocadinho. Laura ficou surpreendida, pela positiva, com esta pequena omição de Theresa. Parecia que aquelas lágrimas de há uns dias tinham mudado alguma coisa. - Ela tem cumprido as regras. Vem para casa depois da escola, nunca pediu para sair com o Alex. Acho que merece um voto de confiança. - Os argumentos estavam lançados. Agora só faltava saber a decisão de Edward. 

......................

Boa noite, como estão? Aqui fica mais um capítulo e espero que gostem :) Acham que o Edward vai permitir que a Laura saia com os amigos? E esta atitude da Theresa, esperavam? Deixem as vossas opiniões e obrigada a quem está desse lado :) Fiquem bem e até ao próximo capítulo.