Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

27
Out19

You And I - Capítulo 42


JustAnOrdinaryGirl

Imagem relacionada

Depois do jantar, os quatro reuniram-se na sala de estar do apartamento de Anthony. Mas, enquanto ele e Meredith se sentaram juntos, no sofá, Alycia e Tim optaram por ficar em lados opostos, quanto mais longe um do outro melhor. De vez em quando, os seus olhares acabavam por se cruzar a meio de uma das conversas em que os dois adultos insistiam em inseri-los. De repente, um estrondo vindo do exterior fez com que todos se virassem em direção da janela da cozinha. Alycia levantou-se e foi espreitar, deixando os outros na expetativa.

- Tínhamos a janela da cozinha aberta e o vento partiu um vaso - Alycia informou, deixando todos os outros mais tranquilos - Vem aí uma tempestade, está uma ventania horrível e não tarda a chover - acrescentou. E, de facto, bastaram uns minutos para que os primeiros trovões se fizessem ouvir, seguidos de uma grande chuvada

- E nós temos o carro tão longe, mãe! - Tim lembrou-se de repente. De facto, iriam apanhar uma grande molha até conseguirem chegar ao carro

- Estás com medo da chuva, é? - Alycia perguntou, apenas para o picar. Aquele Tim que tinha ali, na sua sala, não era de todo parecido com o Tim da escola

- Eu não, tu é que correste logo a fechar a janela, Aly! - Tim respondeu, também em tom provocador, fazendo a rapariga revirar os olhos. Aquele sim estava mais próximo do Tim que reconhecia. 

- Acho que o melhor é ficarem cá e passarem a noite connosco - Anthony sugeriu depois de se ter aproximado da janela e ter visto o temporal lá fora. Depois olhou para Tim, não queria que o rapaz pensasse coisas erradas a seu respeito por ter sugerido que Meredith passasse a noite com ele - É o mais prático...

- É uma excelente ideia, meu amor! - Meredith disse. Apesar de tudo, era uma mulher adulta e tinha noção que tanto o filho como Alycia compreendiam que ela e Anthony estavam numa relação séria

- Só não temos um quarto de hóspedes, Tim... - Anthony começou

- Não há problema algum, eu posso dormir aqui no sofá - Tim ofereceu-se de imediato

- Alycia, querida, podes ir buscar umas mantas? - Alycia obedeceu ao pedido do pai, passando por Tim. Havia qualquer coisa de estranho ali. Como é que ele conseguia estar a ser tão simpático quando na escola tratava toda a gente que fosse "diferente" tão mal? Estaria a fazer aquilo pela mãe ou havia mais qualquer coisa? Quando voltou, trazia consigo algumas mantas e almofadas e o seu pijama vestido, o que fez com que Tim a observasse durante tempo a mais para seu gosto. Deitou as mantas no sofá e sentou-se. Ainda era cedo para ir para a cama e estava prestes a começar um filme que queria muito ver. Tim teria de esperar para poder dormir. - Nós vamos deitar-nos, se for preciso alguma coisa, digam. E Tim, fica à vontade, como se estivesses em casa - O pai de Alycia disse, encaminhando-se depois para o quarto, acompanhado de Meredith. Quando ficaram apenas os dois, sentaram-se em lados opostos do sofá, tentando estar o mais afastados possível. Alycia colocou a televisão em pausa e, sem dizer nada, ausentou-se por uns momentos. Quando voltou, trazia consigo uma taça cheia de gomas e chocolates. 

- Não gosto de pipocas, por isso tive de improvisar. És servido? - A rapariga ofereceu. Tim podia ser a pior pessoa que conhecia e todas aquelas questões sobre as atitudes dele estavam a deixá-la intrigada. No entanto, ela não era como ele e não ia agir como se fosse. Além disso, se ele estava a fazer aquilo pela mãe, ela também poderia fazer um esforço pelo pai. Como resposta, Tim assentiu e chegou-se mais para junto de Alycia, para conseguir chegar à taça. Os dois passaram o serão a ver o filme, sem conversas, mas acabou por correr bem. Quando Alycia finalmente saiu da sala e o deixou dormir, Tim ficou a pensar em tudo o que acontecera durante o serão. Por incrível que parecesse, e apesar de no início ter sido difícil controlar certos comentários perante Anthony e Alycia, no final tinha acabado por correr bem e já não sentia tanto aquela maneira racista de ser.

***** ***** ***** ***** ***** 

Na manhã seguinte, Tim acordou com o som da campainha de casa de Alycia. Ainda meio ensonado, e sem pensa na roupa que tinha vestida (ou na falta dela) dirigiu-se à porta para acabar com aquele barulho irritante. 

- Bom dia... - Tim cumprimentou o rapaz que estava agora à sua frente. Não era muito mais velho que ele, talvez um ano ou dois. Tim nunca o tinha visto. Com certeza era algum familiar de Aly e Anthony provavelmente. - Posso ajudar? - perguntou quando o outro não o cumprimentou de volta

- Eu venho ter com a Alycia... - O rapaz respondeu finalmente e Tim percebeu que aquele devia ser o namorado da rapariga.

- Ela ainda está na cama. - Tim deu aquela resposta sem sequer pensar nela. Ainda era cedo e, como ainda não tinha sentido ninguém a fazer barulho, calculou que todos estivessem na cama. De repente, apercebeu-se do que disse e duas hipóteses vieram-lhe à cabeça: ou explicava o que queria dizer com aquilo ou fazia o que Clarissa lhe tinha dito. Tinha ali a oportunidade certa para separar Alycia do namorado. 

- Tim? - A voz de Alycia fê-lo deixar aqueles pensamentos e agradeceu mentalmente que ela tivesse aparecido naquele exato momento. Quando Alycia se aproximou, ficou admirada de ver Jonhathan ali tão cedo, era suposto ele chegar apenas no dia seguinte. - Jon? - Saltou para o colo dele e beijou-com paixão e saudade. Tim afastou-se e desviou o olhar dos dois, deixando-os viver o momento. Só depois de um momento pigarreou para que notassem a sua presença. - Achei que vinhas só amanhã - Alycia notou assim que terminaram o beijo

-Há problema? - Jon perguntou, olhando de lado para Tim

- Desculpa, nem me apresentei! - Tim percebeu quais as ideias que passavam pela cabeça do outro - Sou o Tim, filho da namorado do Anthony. Viemos jantar ontem e acabámos por ficar cá em casa. Eu e a Aly somos uma espécie de... irmãos - explicou, desfazendo já possíveis mal entendidos

- Eu sou o Jonhathan, namorado da Aly! - O rapaz apresentou-se, apesar de Tim já ter percebido quem ele era

 - Vou deixar-vos... Aly, importas-te que tome um duche? - Tim perguntou. Não tinha roupa lavada mas pelo menos sempre ia para a escola a cheirar bem. Aly assentiu e ele retirou-se, deixando os dois a sós

- Por momentos temi o pior! - Jon confessou, dando uma gargalhada. Sentou-se com Aly no sofá.

- Como assim? - Alycia perguntou, confusa

- O tipo abriu-me a porta de boxers e disse-me que estavas na cama! - O rapaz contou e ela não sabia o que a deixava mais surpreendida: se o facto de o namorado não confiar nela ou se o facto de Tim não ter aproveitado o momento para fazer das suas. 

- Achas mesmo que eu era capaz de te trair? - acabou por perguntar

- É claro que não, baby. Mas ele pareceu-me ser aquele tipo de gajo que não liga ao facto de as pessoas serem ou não comprometidas... - explicou, encolhendo os ombros. 

- Mas eu ligo! - Alycia disse, frizando bem a ideia - Nunca seria capaz de te trair... e muito menos seria capaz de me envolver com alguém como o Tim! - disse e, em resposta, Jon desculpou-se, beijando-a logo de seguida. 

......................

Boa tarde! Como estão? Antes de mais, mil desculpas pela ausência de capítulos nos últimos tempos. Foi muita coisa a acontecer ao mesmo tempo. Mas aqui está mais um capítulo, que eu espero muito que gostem!! O que estão a achar das atitudes do Tim? E, até agora, o que acharam do Jon? É mais uma personagem na história :) Obrigada a quem continua desse lado :) Deixem as vossas opiniões! Fiquem bem e até ao próximo capítulo!