Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

26
Jan19

You And I - Capítulo 16


JustAnOrdinaryGirl

Resultado de imagem para quinn fabray gif

 

Agora que as festas tinham chegado ao fim, estava na hora de regressar à rotina. No primeiro dia de aulas, ainda de madrugada, os avós deixaram a casa dos Collins e seguiram viagem de volta a sua casa. No entanto, ficou a promessa de regressarem muito em breve. 

Laura e Leo já não voltaram a adormecer depois de os avós terem saído e aproveitaram para se preparar para o regresso às aulas. Como de costume, os pais deixaram-nos em frente ao portão da escola. Mal saiu do carro, Laura avistou Nick, Alycia e Alex encostados ao gradeamento. A vontade de Laura era correr para o namorado, claro, mas teve de se controlar. Os pais ainda não sabiam e não convinha descobrirem daquela maneira, seria preciso uma conversa calma entre ela e os progenitores.

- Tens de falar com eles, Laura - Leo sussurrou enquanto caminhavam em direção aos amigos - Se eles descobrem por outra pessoa... - disse, preocupado com o que poderia acontecer 

- Eu vou falar com eles, Leo - Laura garantiu - Só preciso de ter uma conversa calma com eles - explicou e viu o sorriso do irmão. A sua relação de irmãos melhorava a cada dia e a cada nova situação que aparecia na vida de ambos, o que os deixava mais positivos em relação ao que lhes ia acontecendo. - Bom dia! - Os dois irmãos cumprimentaram os amigos quando se aproximaram. Os sorrisos trocados entre Laura e Alex foram evidentes. Os outros três disfarçaram o riso. 

- Vá, cumprimentem-se lá em condições, os vossos pais já se foram embora - Nick disse, fazendo Alycia e Leo rirem-se, desta vez sem tentarem disfarçar. Alex puxou Laura para si e beijou-a, beijo esse que ela retribuiu de imediato. - Ai, que o amor é tão lindo! - Nick disse assim que o beijo foi interrompido e levou de imediato um empurrão de Laura. - E se fôssemos beber um café antes das aulas? - sugeriu

- Vamos, que eu preciso de uma ajuda para me mentalizar que estamos de volta! - Alycia disse, claramente cheia de sono. Os cinco entraram na escola, dirigindo-se ao bar. Faltava pouco para o toque de entrada, mas ainda era tempo suficiente para beberem um café. Alex pegou na mão de Laura. Sentia-se bem assim, ao lado dela, e estava mais do que feliz por estarem juntos. 

Quando os cinco iam a caminha do bar, passaram por Clarissa e Tim, que comversavam a um canto. 

- Aqueles andam?! - Tim perguntou, surpreso por ver Laura e Alex de mãos dadas e, ao mesmo tempo, um pouco desiludido - Como é que o pai dela aceita aquilo?! - perguntou, confuso, sabendo bem que o Sr. Collins era preconceituoso o suficiente para não achar aquela relação aceitável.

- Duvido que ele saiba, Tim! - Clarissa disse observando o casal ao longe - E viste como o Leo passou por nós e nem sequer disse nada? Nem sequer olhou para mim! - disse, irritada - Tenho mesmo de descobrir quem lhe contou! Desfaço quem quer que tenha sido - garantiu - Podias falar com o Leo e desobrir quem foi! 

- Desculpa?! - Tim perguntou, nem querendo acreditar no que ela estava a sugerir - Porquê eu?

- Porque és amigo dele! - Clarissa disse, como se fosse algo óbvio - Além disso, ele a ti perdoou, a mim não. Ele nem sequer deixa que eu me aproxime - ela constatou - Tens de me ajudar, Tim! - quase suplicou ao rapaz - Até porque eu posso perfeitamente ajudar-te com a Laura - disse, deixando a atenção do rapaz toda em si - 

- Como assim?! - Tim perguntou, fazendo-se mais confuso do que na verdade estava

- Escusas de dizer que não sentes nada por ela, Tim. Seja lá o que for - Clarissa disse - Apesar de eu não perceber o que vês na ela, mas a verdade é que há alguma coisa - continuou

- Ela anda com o cigano e além disso ela nunca olhou para mim - Tim disse, não negando o que a cheerleader tinha acabado de dizer - O que é que achas que consegues fazer para ela mudar de ideias? - perguntou, claramente curioso

- Não subestimes as minhas capacidades, Tim - ela sorriu, mesquinha - Tenho quase a certeza de que o paizinho dela não sabe que ela namora com um cigano - explicou - Achas que se ele souber vai permitir que isto continue? Ele é demasiado preconceituoso, liga bastante à reputação - ela continuou, já a começar a magica num plano - Depois, quando ela estiver destroçada, só precisas de estar lá para ela. A Laurinha não te vai resistir - sorriu, certa de que o seu plano seria perfeito - Claro que não podes ser preconceituoso em relação ao Alex, apenas até lhe dares as voltas - acrescentou

- E posso saber como é que o pai dela vai descobrir? - Tim perguntou

- Mais uma vez te digo para não subestimares as minhas capacidades, Timothy! - sorriu - Os pais do Leo sempre me adoraram, sempre me viram como a namorada perfeita. E tenho a certeza de que preferiam ter-te como genro em vez do guitarrista - acrescentou - Posso contar contigo? - estava ansiosa com a resposta

- Só se me garantires que o Leo não fica a saber que estamos nisto juntos! Nem o Leo, nem a Laura! - avisou. Quando ela acenou com a cabeça, ele sorriu - Então conta comigo!

....................

Boa tarde! Como estão? Não consegui publicar na semana passada, mas aqui fica um novo capítulo, espero que gostem :) A Clarissa e o Tim estão empenhados em ter os irmãos Collins do seu lado. Acham que estes planos deles vão resultar? E o que estão a achar da história até aqui? Deixem as vossas opiniões e obrigada a quem tem acompanhado!! Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)