Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

22
Dez18

You And I - Capítulo 12


JustAnOrdinaryGirl

Laura passou a aula a olhar para o relógio, desejando que o tempo passasse o mais depressa possível. Tudo o que queria era sair dali e ir ter com o irmão, precisava de saber como ele estava. Já tinha mandado mensagem a Nick e o amigo tinha-lhe dito que Leo não estava na aula. Era escusado de dizer que não prestou atenção a nada do que a professora tinha ditou ou pedido. Quando a campainha tocou, Laura arrumou as suas coisas à pressa e saiu a correr da sala. Encontrou-se com Alex e Nick junto dos cacifos, onde Alycia acabou por os alcançar segundos depois. 

- Preciso de encontrar o meu irmão, ele não me responde às mensagens - Laura disse, desesperada por não saber nada de Leo há mais de uma hora. 

- Ele saiu da escola e duvido que tenha voltado - Nick disse - Achas que ele pode ter ido para casa? - perguntou, começando a colocar as hipóteses todas em cima da mesa

- Não. Hoje a minha mãe vai almoçar a casa, ele não ia querer que o encontrasse lá - Laura afastou aquela hipótese

- Então talvez tenha ido para um lugar calmo, apenas para pensar no que aconteceu - Alex tentou descansá-la, mas em vão

- Se o meu irmão faz alguma asneira... - As lágrimas começaram a surgir e Nick puxou-a para si

- O teu irmão não vai fazer nada, Laura, ele apenas precisa de pensar - Nick disse-lhe, mantendo-a no seu abraço - Assim que acabarmos as aulas, vamos à procura dele - sugeriu

- Eu prefiro ir já! - Laura disse, saindo dos braços de Nick

- Nós vamos ter teste agora, Laura - Alycia lembrou-a. Sabia que o mais certo era Laura não querer saber, mas tinha de lho dizer

- Nem penses que vais faltar! - Nick disse, com tom autoritário e, ao mesmo tempo, de preocupação - O Leo não iria querer que te prejudiques por causa dele. E se faltares a um teste os teus pais vão ficar a saber, o que só te vai arranjar ainda mais problemas! - explicou-lhe - Nós vamos ter uma aula de revisões, por isso eu vou à procura dele - informou

- E vais tu sair prejudicado? - Laura disse, não concordando muito com aquela decisão

- É uma aula de revisões, eu posso perfeitamente estudar em casa - Nick disse, convicto da sua decisão - Tu ficas aqui e vais fazer esse teste. Alex, importas-te de ficar aqui para garantir que ela vai à aula? - pediu ao amigo, que de imediato assentiu

- Não preciso de um baby sitter, Nick! - A rapariga resmungou 

- Como se eu não te conhecesse, Laura Collins! - ele disse com um sorriso - O Alex e a Alycia tomam conta de ti. E não os tentes influenciar! - avisou - Ouve, eu sei que estás aflita com isto do teu irmão, mas tu sabes que ele nunca seria capaz de fazer nenhuma asneira, tu conheces o Leo, Laura! Eu prometo que te aviso assim que tiver novidades - Nick falou suavemente, pegando nas mãos da amiga. Laura limpou as lágrimas e abraçou-o, agradecendo-lhe o que estava a fazer. O rapaz deixou Laura acompanhada de Alycia e de Alex e saiu da escola, decidido a encontrar Leo. Talvez o irmão de Laura quisesse estar sozinho e não quisesse falar com ninguém, mas Nick tinha de o encontrar para que Laura pudesse ficar descansada. 

- E que tal irmos beber um café antes do teste? - Alycia sugeriu e os outros dois concordaram. Conseguiram ainda encontrar uma mesa livre no bar da escola. Com o frio que se começava a sentir, muitos alunos deixaram de passar os intervalos no exterior da escola e preferiam agora o bar e os corredores. 

- Só espero que o Tim não esteja a pensar vir aqui! - Laura resmungou ao ver o rapaz olhar na direção deles. Mas era mesmo nisso que ele estava a pensar. Levantou-se, sem tirar os olhos da mesa onde os três estavam, e foi ter com eles

- Sabes onde está o Leo? - perguntou a Laura

- Não me digas que agora estás preocupado com ele! - Laura respondeu, sem disfarçar a raiva que sentia naquele momento 

- É claro que estou preocupado com ele, Laura! - respondeu, ofendido com o comentário da rapariga - Ele é meu amigo e...

- Amigo?! E pensaste nisso quando decidiste esconder-lhe a traição da Clarissa? - Laura controlou o tom de voz, já chegava de escândalos para aquele dia

- Eu ia contar-lhe! - Tim disse, sentando-se na cadeira ao lado de Alycia

- Devias ter-lhe contado logo que soubeste, Tim! - a rapariga repreendeu-o - Tiveste tantas oportunidades, porque é que não o fizeste? - quis saber

- Porque não sabia como lhe dizer... - ele justificou-se - A Clarissa também é minha amiga! - acrescentou. Laura não queria contar aquela conversa. Sabia que, se continuasse ali, as coisas iam azedar ainda mais e ela não queria criar mais uma confusão. Felizmente, a campainha tocou, dando sinal para o início de mais uma aula. Foi o pretexto para os três se levantarem e deixarem Tim para trás. Alex acompanhou as duas raparigas à sala, deixando-as depois de lhes desejar boa sorte para o teste. Laura olhou para o telemóvel e ficou ainda mais desanimada por não ter novidades. Alycia puxou-a para dentro, estava na hora do teste. 

*************************

Nick já tinha ido a vários locais quando, por fim, conseguiu encontrar Leo. O rapaz estava bastante perto de casa, num parque infantil. A avó deles costumava levá-los ali quando eram pequenos. Muito pouca gente o frequentava, talvez por haver menos crianças naquele quarteirão. O parque ficava ligeiramente tapado por árvores, o que o tornava o sítio perfeito para se estar sozinho, sentado num baloiço, a pensar na vida. Antes de deixar que fosse visto, Nick enviou uma sms a Laura, tal como prometera. 

- Leo? - Nick chamou, em voz baixa, à medida que se aproximava

- O que é que estás aqui a fazer? - Leo perguntou, surpreendido por ver ali Nick

- Temos andado à tua procura e apenas queríamos ter a certeza de que estavas bem - Nick explicou - A tua irmã estava uma pilha de nervos - acrescentou. Leo olhou para trás de Nick, tentado perceber se Laura estava por ali Conseguimos convencê-la a ficar na escola, ia ter um teste - contou - Mas já lhe mandei uma mensagem a dizer que estás bem - acrescentou

- Já devias saber que não se mente aos amigos, vê só no que deu no meu caso - Leo brincou com a situação, apesar de não ter vontade nenhuma de se rir

- E como é que estás? - Nick perguntou, finalmente sentado-se no baloiço ao lado de Leo

- Triste, furioso, desiludido... É difícil escolher a palavra certa - Leo confessou - Ainda não percebo como é que ela me foi fazer uma coisa destas. E pior ainda, não consigo entender como é que o meu suposto melhor amigo conseguiu esconder isto de mim - Leo ia desabafando e Nick não o interrompia. Sabia que, naquele momento, ele apenas precisava de uma pessoa que o ouvisse. E deixou-o falar, deixou-o deitar cá para fora tudo o que o atormentava, o que o deixava furioso, o que o fazia estar triste e revoltado. Quando terminou, Leo sentiu-se mais aliviado. - O que é que eu faço? - perguntou por fim

- Segues em frente! - Nick foi sincero. Não adiantava estar a enrolar muito - Segues em frente e mostras à Clarissa que estás bem sem ela, fazes com que perceba que quem ficou a perder foi ela e não tu - continuou - A Clarissa sempre se achou superior, sempre achou que se podia safar de tudo, que toda a gente estava rendida aos seus encantos. Pediste um conselho e aqui está ele, desta vez não te podes deixar apanhar outra vez. Depois disto ela não merece. - prosseguiu - Quanto ao Tim... ele devia ter contado mais cedo, mas acho que deves esclarecer as coisas com ele. E também devias falar com a Clarissa, para ela perceber que acabou. - Concluiu, mas Leo permaneceu em silêncio - As coisas vão acabar por compor-se e qualquer dia vais encontrar a pessoa certa, a que te fará feliz para sempre! - Nick concluiu o seu conselho 

- Foi esse o conselho que seguiste quando acabaste com o Henry? - Leo perguntou, curioso. Sabia que Nick tinha passado por uma separação. Nestes momentos era bom saber como as outras pessoas lidavam com os términos de relações

- É o que tento fazer, apesar de serem casos diferentes - Nick confirmou. Os dois ficaram calados por alguns momentos, não queriam prolongar aquele assunto, era demasiado doloroso, em especial para Leo - E agora, pretendes ficar aqui o resto do dia? - Nick quebrou o silêncio

- Não me apetece voltar para a escola e dar de caras com a Clarissa - Leo disse - Mas tu podes ir, eu fico bem sozinho - disse, mas Nick não estava para aí virado Já agora, como é que sabias que estava aqui? - quis saber

- Não sabia. Fui a vários sítios e acabei por te encontrar aqui - Nick contou - Quando me lembrei deste sítio percebi que era um bom esconderijo. Ainda me lembro de quando vínhamos aqui todos com a tua avó - recordou

- Quando tudo era muito mais simples... - Leo desabafou

- Algumas coisas pelo menos... - Nick também fez um desabafo, mas sem acrescentar muito mais - E se formos até ao salão de jogos? Acho que estamos a ficar demasiado deprimidos com estas conversas - sugeriu

- Salão de jogos?! Não sabia que tu... 

-  O que é que tem?! Não me digas que achas que por ser gay não posso gostar dessas coisas! 

- Não é nada disso, Nick, sabes bem que não! - Leo começou a defender-se, achando que Nick tinha ficado com a ideia errada. Mas, quando percebeu que o outro estava a gozar, os dois acabaram por rir. Depois saíram dali, deixando lá as tristezas. Entraram no carro de Nick e seguiram para o salão de jogos. Mas, antes de arrancar, Nick quase obrigou Leo a enviar uma mensagem à irmã a garantir que estava bem. A rapariga merecia um descanso. 

..................

Boa tarde! Aqui está mais um capítulo :) Parece que o Leo está determinado a deixar a Clarissa para trás. Resta saber até quando! E o Nick acabou por ser um bom ouvinte e conselheiro, que era mesmo o que o Leo precisava. O que acham desta amizade? E acham que o Leo perdoa o Tim? Deixem as vossas opiniões :) Fiquem bem e até breve!!