Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

06
Jun16

"Taking Chances" - Capítulo 12


JustAnOrdinaryGirl

Brittany, Gustav e Jackson acabaram por passar o resto do dia a passear por Nova Iorque e a rapariga evitou ao máximo voltar a falar no assunto dos pais. Precisava de tempo para por as ideias em ordem e para descobrir como abordar o assunto com Claire. Houvesse ou não alguma coisa que a mãe não lhe contara antes, não queria, de todo, ser injusta com a progenitora. E talvez aquilo que ela ainda não sabia não fosse assim um pormenor tão grave. Não era, certo? Claro que para evitar tocar neste assunto, teve de enviar uma mensagem a Henry e à mãe dizendo que ia jantar com o irmão e que iam dar uma volta depois de jantarem. Claro que, depois desta mensagem, teve também de ignorar algumas mensagens e chamadas dos dois. Mas precisava mesmo de pensar e relaxar antes de resolver toda aquela situação.

Depois de um jantar simples num restaurante de fast food, Gustav e Jackson seguiram Brittany até a um pequeno bar da cidade. Um sítio onde ela poderia entrar, uma vez que estava acompanhada de dois adultos.

- Eu convidei a Anna para vir ter connosco – Brittany informou, com um sorriso – Ela é a minha melhor amiga – Acrescentou quando se lembrou que os rapazes não faziam ideia de quem fosse Anna – Importam-se?

- Claro que não, Britt – Gustav descansou-a – Tens a certeza que não queres retomar as chamadas da tua mãe e do Henry? Não quero que arranjes problemas – disse, um pouco preocupado

- Eu já enviei outra mensagem a ambos, a avisar que vou estar com vocês e com a Anna – informou – Não se preocupem, eles sabem que não fui raptada.

- Ficamos mais descansados assim – Jackson brinca, sorrindo para Brittany, que lhe retribuiu – E essa tua amiga…

- O que ele quer saber é se a tua amiga é gira e descomprometida – Gustav interrompeu o melhor amigo, dizendo isto com ar de brincadeira

- A tua irmã deve pensar lindas coisas sobre mim – Jackson diz, fingindo-se ofendido com o comentário, mas voltando depressa ao assunto “Anna” – Mas já que o Gustav falou nisso…

- A Anna é descomprometida e bastante gira – Brittany disse, sorrindo a Jackson – Mas ela está interessada numa pessoa – acrescentou, olhando para os dois rapazes alternadamente – Ela meio que está interessada em ti, Gustav!

- Em mim? Mas como, se nem nos conhecemos? – O rapaz estava meio atónito, já Jackson não estava a ter sucesso em controlar as gargalhadas perante a aparente atrapalhação do irmão de Brittany – Não me digas que agora te juntaste ao Jack para gozar comigo, maninha?

- É claro que não! – Brittany fingiu estar chocada por tal afirmação, mas ao mesmo tempo estava feliz por ser chamada de “maninha” – A verdade é que a Anna viu uma foto tua e ficou meio interessada – afirmou, com um sorriso – Talvez até se entendam. Ela fez 18 anos há um mês e é bastante boa pessoa – disse – Além de ser gira – acrescentou e piscou o olho ao irmão

-Não duvido disso mas… O Jackson interessou-se primeiro – Gustav disse, ao mesmo tempo que tentava disfarçar o facto de ter sido apanhado desprevenido e de estar um pouco atrapalhado

- Não te preocupes com isso, Gustav – Jackson interveio – Assim, enquanto tu e a Anna se conhecem e tal, eu e a Brittany podemos… - Aquilo saiu-lhe sem pensar no que ia dizer e interrompeu-se de imediato – conversar – acabou por dizer, cruzando o olhar com o olhar de Brittany – Eu gosto de conversar contigo, Britt, e o teu irmão precisa de conhecer alguém – concluiu de uma forma meio atabalhoada.   

A conversa ficou por ali, uma vez que Anna se juntou a eles e decidiram entrar dentro do estabelecimento. Uma vez que iam acompanhadas por dois adultos não tiveram qualquer problema em entrar e pedir alguma coisa para beber. Por insistência de Gustav, Brittany pediu uma bebida mais leve, com pouco álcool, enquanto eles os três pediram uma outra bebida. Começaram por permanecer sentados à mesa do bar à conversa sobre os mais variados assuntos. Anna não tirava os olhos de Gustav e Brittany reparou. Aliás, era provável que, se as pessoas estivessem atentas, todas elas reparassem na troca de olhares entre os dois.

- Eu e o Jackson vamos dançar! – Brittany anunciou, repentinamente, ficando com três pares de olhos postos sobre si

- Vamos? – Jackson perguntou, meio surpreendido – Sim, vamos – Acabou por concordar depois de ver os sinais de Brittany, que claramente indicavam que deviam deixar Gustav e Anna sozinhos.

Gustav nem tentou dizer que ia com a irmã, sabia que não ia resultar. Era impressionante como o melhor amigo e a irmã conseguiam ser tão diferentes e, ao mesmo tempo, tão parecidos. Jackson seguiu Brittany até à pista de dança, que não estava muito lotada, e ambos começaram a movimentar-se ao ritmo contagiante da música que se fazia ouvir.

- Achas que se vai passar alguma coisa com aqueles dois? – Jackson perguntou ao ouvido de Brittany, para que a sua voz se ouvisse no meio da música

- É muito provável. Viste os olhares que trocaram? – Ambos olharam para os outros dois que estavam agora mais próximos – Só temos de evitar interromper – gargalhou, sendo acompanhada pelo rapaz à sua frente

- E achas que corro o risco de levar uma tareia do teu namorado? – Jackson perguntou, fingindo medo e Brittany apenas se riu e deu-lhe um encontrão.

Dançaram mais algumas músicas até começar uma música lenta e ambos decidirem ser melhor ficarem por ali com as danças. Quando se viraram para a mesa, com o intuito de se voltarem a sentar, repararam na proximidade de Gustav e Anna. Ainda antes de terem tempo de darem um passo que fosse na direção da mesa, Gustav e Anna iniciaram um beijo.

- Bom, acho que temos de arranjar outra mesa – Jackson disse a Brittany, que não tirava os olhos do irmão e da melhor amiga – Brittany?

- Desculpa, estava distraída a olhar para eles – Brittany disse, descendo de volta à terra – Estavas a perguntar alguma coisa? – Depois de Jackson repetir a pergunta, Brittany refletiu durante alguns segundos – E se fôssemos andando? Está a ficar demasiado calor aqui dentro.

Jackson assentiu e, enquanto enviava uma mensagem a Gustav a dizer que iam andando para o hotel, a pé, seguiu Brittany até ao exterior. Brittany tremeu com o frio que se sentia na rua e Jackson, num abrir e fechar de olhos, despiu o casaco e entregou-o à rapariga. Caminharam durante alguns minutos em silêncio, mas um silêncio confortável.

 - O teu irmão pergunta se nos importamos de estar mais um bocado juntos. Ele e a Anna foram até ao hotel, apenas para conversar – Jackson fez com que esta última parte soasse como se fosse Gustav que ali estivesse a falar com ela, o que fez com que a rapariga risse – Se estiveres cansada podemos chamar um táxi e eu vou levar-te a casa – sugeriu

- E em vez de ir dormir ia ter uma longa conversa com a minha mãe e com o Henry, que aposto que está a dormir lá em casa – Brittany disse – Acho que prefiro que me ofereças o chão do teu quarto no motel – disse, ficando um pouco vermelha com a própria sugestão

- Acho que prefiro oferecer-te a minha cama! – Jackson disparou estas palavras e Brittany corou ainda mais – E eu fico com o chão, obviamente – esclareceu ao ver o estado de atrapalhação da rapariga

Caminharam até ao hotel, desta vez falando um pouco do que poderia estar a acontecer com Anna e Gustav. Quando chegaram ao hotel, entraram no quarto de Jackson e Brittany enviou uma mensagem ao irmão, dizendo que ia dormir no quarto de Jackson e que poderia estar descansado e ficar com Anna. Depois de uma breve discussão sobre quem iria dormir onde, Brittany acabou a dormir na cama e Jackson num colchão improvisado aos pés da mesma. Quando adormeceu, apesar de todas as preocupações, Brittany estava com um ligeiro sorriso no rosto.

............

Boa tarde! Aqui fica mais um capítulo. Era para ter publicado no sábado mas ainda não tinha o capítulo terminado e estava com alguma falta de imaginação para escrever o que faltava. Mas aqui está ele e, apesar de não ser dos melhores, espero que gostem :) No próximo, a Brittany já vai estar em casa e espera-a uma conversa com a mãe e com o namorado!! O que acham que aí vem? Fiquem bem e até ao próximo capítulo.

P.S. A rapariga no gif é a Anna, decidi atribuir-lhe um rosto, já que neste capítulo esteve mais presente e vai voltar a aparecer!