Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

30
Jan16

"I Never Told You" - Capítulo 21


JustAnOrdinaryGirl

- Nunca pensei que ao fim de duas horas continuasses aqui ao pé de mim – Jessica admitiu, olhando para o relógio e depois para Lauren e percebendo que tinha acabado por adormecer – Eu iria perceber se fosses embora. Afinal, quem é que quer estar ao pé de uma traidora e maluca que se corta para tentar fugir dos problemas?

- Ei, Jessica – Lauren começou, pegando nas mãos de Jessica, de modo a acalmá-la – Eu fiquei aqui porque apesar de tudo sempre nos apoiámos uma à outra. E isto – apontou para os cortes nos seus pulsos – isto não faz de ti uma maluca

- Eu sei que já te disse mas… - Jessica limpou a cara com a mão – a culpa destes estúpidos cortes não é tua, nem sequer do Kyle. A culpa é toda minha e… - a ruiva ia continuar, mas antes disso Lauren interrompeu-a

- E eu vou estar aqui, pronta para te ouvir caso precises – Lauren sorriu, apenas para que a outra se sentisse confortada

- Preciso – Jessica admitiu, soltando mais algumas lágrimas – Preciso muito… amiga!

- Não foste a única a esconder coisas da tua melhor amiga – Jessica começou, tentando controlar as lágrimas para que a conversa que se seguia fosse um pouco menos dolorosa – Houve uma coisa que eu escondi de ti, e de todos os outros – continuava, fazendo pausas para conter o choro e ganhar coragem de continuar – Acho que tive medo que alguém visse a Jessica frágil.

- Eu sei que não sou a melhor pessoa para falar, mas sabes que podias ter confiado em mim – Lauren disse, recebendo um sorriso tímido da parte da outra rapariga – Mas continua, não te quero interromper

- Há uns meses, eu envolvi-me com um rapaz e – suspirou antes de prosseguir – no início eu achava que era apenas mais uma curte, como acontecia sempre. Mas não era. Eu acabei apaixonada por ele e ele por mim… - Jessica riu ironicamente – Por mim e por mais meia dúzia de raparigas – Ao proferir estas palavras sentiu-se envergonhada, tendo sido reconfortada por Lauren com um sorriso de compreensão – Mas eu não sabia que ela era assim tão mentiroso e achei que as coisas estavam a ficar sérias, até pensei trazê-lo cá a casa.

- Como é que descobriste? – Lauren interrompeu a amiga, quando se apercebeu que a loira não conseguia continuar

- Como sabes, eu inscrevi-me naquele curso de primeiros socorros – continuou, depois de respirar fundo durante algumas vezes – Foi no centro de formação que o conheci. Um dia, quando entrei lá e me dirigia para junto de outras raparigas do curso, ouvi alguém dizer “Aí vai mais uma das enganadas”

- E depois? – Lauren perguntou, ao mesmo tempo curiosa e preocupada

- No início não percebi, nem tinha a certeza se tinha sido para mim, e até pensei que pudéssemos estar a ser enganadas com o curso ou algo assim – Jessica esclareceu a amiga – Depois os comentários continuaram e acabei por perceber que eram dirigidos a mim. Mas ninguém foi capaz de me dizer a verdade. Tive de perguntar a umas raparigas e depois tive de o enfrentar e aquele nojento ainda gozou com a minha cara, dizendo que aquilo só tinha acontecido porque eu era demasiado ingénua e fácil.

- Lamento que tenhas passado por isso tudo, Jessica – Lauren não tinha a certeza do que dizer mais, pelo que deixou a amiga continuar

- Eu também lamento ter sido tão cega, acredita – Jessica conteve mais algumas lágrimas – Depois daquilo só queria esquecer. Continuei a curtir nas festas mas nenhum me fazia esquecer aquele a que eu chamo de primeiro amor – respirou fundo e só depois prosseguiu – Quando vi o Kyle, houve qualquer coisa que me disse que ele poderia ser o tal – Lauren engoliu em seco ao ouvir aquelas palavras. Ainda era tudo muito recente.

- Continuas a achar isso? – Lauren tinha de perguntar aquilo, só assim conseguiria prestar atenção ao resto – Podes dizer a verdade, acho que aguento

- Não! – Jessica disse, parecendo sincera – Acho que na realidade nunca achei que fosse mas… o Kyle é um dos rapazes mais bonitos que eu já vi e achei que ele poderia ser uma boa forma de mostrar ao outro que tinha seguido em frente com alguém muito melhor que ele! – A ruiva admitiu, ainda que um pouco envergonhada – Eu sei que é uma parvoíce, mas quando ele me deu importância, achei que poderia apaixonar-me a sério. E depois quando percebi que afinal o Kyle era apaixonado por outra pessoa, tive medo de voltar a ser a traída, a que sofria com tudo e armei-me em parva – admitiu, olhando para a morena – Aliás, pior que parva, fiquei paranoica. Tudo o que eu queria era vingar-me do Jackson, o outro rapaz, e depois vingar-me de ti por me teres escondido a história com o Kyle.

- Só te escondi tudo porque tive… vergonha de ter sido parva, acho que – Lauren admitiu, arrependida – Nunca pensei que isso pudesse desencadear o que se passou entre nós, lamento.

- Não lamentes, eu já fiz o mesmo, já escondi coisas desse género. – Sentou-se mais confortável e prosseguiu – Quando se passou aquilo tudo com o Jackson, eu comecei a ficar paranoica, achava que não valia nada, que não era digna de um rapaz me amar e – olhou para os seus pulsos e para as marcas ainda recentes – Foi aí que me cortei pela primeira vez – Não conteve uma lágrima que acabou por cair – Depois consegui parar, não queria que ninguém descobrisse que eu era assim tão fraca. Mas quando isto tudo voltou a acontecer, quando nos chateamos e eu te perdi a ti e ao Kyle, voltei a achar que não valho nada, que sou apenas uma fraca, alguém que é estúpida ao ponto de conseguir perder todos de quem gosta, alguém que só sabe magoar os que a rodeiam e – passou os dedos nos cortes - aquilo que tu viste foi a Jessica que mais ninguém viu, que ninguém percebeu que estava a chegar a um ponto lastimável e sinto-me tão mal por te ter magoado e por te estar a fazer por isto, Lauren! – Não impediu mais que as lágrimas caíssem e enterrou o rosto nas mãos.

- Não te sintas mal, Jessica – Lauren puxou-a para sim, consolando-a de novo – Nós somos amigas, sempre fomos e não vai ser este mal-entendido que vai acabar com isso, percebeste? – Fez a ruiva olhar para si – Eu vou estar aqui e vou ajudar-te a ultrapassar esta fase de uma vez por todas – antes que Jessica a interrompesse, prosseguiu – E não, não estou a fazer isto por pena. Estou a fazê-lo porque, apesar de tudo, ambas errámos ao esconder segredos uma da outra. Segredos que levaram a muitas confusões. Mas sei que vamos resolver as coisas como sempre fizemos, juntas! E enquanto eu te vou ajudar a seguir em frente, tu vais ajudar-me a esquecer o que se passou. Ainda te lembras como começou a nossa relação? – Lauren perguntou, sorrindo e limpando as lágrimas que entretanto tinham surgido

- Como é que me poderia esquecer! – Jessica deu uma pequena gargalhada – Foi no teu primeiro na escola, quando vieste para o 8ºano e foste melhor aluna que eu. Fui ter contigo e disse-te que não podias ser mais inteligente que eu e quando me disseste “Mas pelos vistos sou” começámos a refilar e a bater uma na outra. Foi horrível – Naquele momento ambas se estavam a rir com a recordação.

- Foi, mas acabámos por resolver as coisas – Lauren disse, sorrindo enquanto olhava para Jessica

- Sim, depois de o Aiden nos ter dado um sermão, de os nossos pais terem sido chamados à escola e de nos terem obrigado a ficar uma tarde as duas, sozinhas no meu quarto e com o Aiden a fazer uma lista de coisas que tínhamos em comum. Acho que ele era o único que nos conhecia às duas. A mim da escola e a ti dos campos de férias – Jessica relembrou, como se tivesse sido ontem

- Sim. E o que quero dizer é que conseguimos. Resolvemos todos os nossos problemas e tornámo-nos as melhores amigas. – A morena disse, ao mesmo tempo que sorria e que pegava nas mãos de Jessica – Eu estou pronta para voltar a resolver as coisas. Estou disposta a perdoar e seguir em frente. E se ajuda, sei que o Kyle também vai estar. Ele sabe como és importante para mim! Basta estares disposta, e vamos vencer mais uma zanga juntas.

- A mais difícil de todas. Mas sim estou pronta. Obrigada! – Jessica sorriu – E acho que para começar tenho de dizer uma das palavras mais importantes: Desculpa! – Lauren puxou a amiga para um apertado abraço e os minutos seguintes foram passados assim, com algumas lágrimas à mistura

...........

Bom dia! E aqui está o capítulo com a história da Jessica. Não está nada de especial, mas eu até gostei e era isto que eu pretendia para ela. Espero que vocês também gostem :) Deixem as vossas opiniões. E obrigada a quem tem acompanhado! Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)

Pág. 1/3