Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

13
Jun15

"Unconditionally" - Capítulo 13


JustAnOrdinaryGirl

Ryan: O lanche está assim tão mau? Eu sei que fui eu que fiz, mas até ficou bom!

Bella: O quê?!

Ryan: Estava a perguntar se o lanche está assim tão mau, ainda não tocaste em quase nada…

Bella: O lanche está ótimo! Eu é que não estou assim tão bem…

Ryan: Queres falar?

Bella: Tu sabes o que é, Ryan. Eu devia parar de pensar sempre no mesmo mas cada vez que tento revejo tudo outra vez. O que é que eu faço?

Ryan: Tens de pensar noutra coisa, qualquer coisa que te faça feliz, que te ajude a esquecer.

Bella: Tipo o quê?

Ryan: Tipo o dueto que disseste que um dia íamos fazer. Olha só à tua volta, estamos no sítio perfeito para o fazer.

 

Ryan e Bella estavam sentados no jardim da casa de Ryan. Os pais do rapaz, mais uma vez, não estavam em casa e por isso estavam os dois sozinhos. Ryan tinha andado a cozinhar, algo muito simples, e tinham ido até ao jardim, onde podia ver o por do sol e aproveitar aquela brisa fresca que se fazia sentir naquele final de tarde. Ryan deixou Bella por uns instantes e dirigiu-se ao quarto, de onde trouxe a sua guitarra. Minutos depois, voltou a sentar-se na relva, junto da morena, e começou a tocar uma música ao acaso. Bella depressa entrou no ritmo e, minutos depois, ambos estavam a cantar e a tocar, como se estivessem a dar um concerto acústico.

 

Ryan: Quem diria que eu tinha uma amiga assim tão prendada para o canto!

Bella: Não é nada de mais!

Ryan: Não sejas parva, Bella. Cantas super bem!

Bella: Obrigada! E obrigada por teres sido tão fixe comigo, tens sido um ótimo amigo.

Ryan: É o meu papel como teu amigo. Vamos a mais uma?

 

Quando deram conta já passava da hora de jantar. Apesar das insistências de Ryan, Bella não aceitou o convite para jantar, até porque os pais de Ryan já tinham chegado. Além do mais, Bella precisava de ir para casa, saber se Chloe já tinha falado com David ou com Peter. Foi um alívio quando ouviu a irmã dizer que ainda não tinha falado com nenhum dos dois porque passara a tarde toda a estudar com Sarah. Mas Bella sabia bem que Chloe nunca iria desistir daquela conversa. E Bella sabia também que, mais tarde ou mais cedo, era ela que tinha de ter uma conversa com os dois rapazes. Aquela situação de andar cada um para seu lado já passava a mais. Não podia permitir que o grupo se separasse apenas por uma confusão com um namoro. Tal como vinha a acontecer há alguns dias, Ryan foi novamente buscar Bella a casa. Apesar de continuar a negar que se passava alguma coisa entre ambos, Bella não podia negar que se tinham tornado mais unidos e que cada vez passavam mais tempo na companhia um do outro. Entraram na escola e logo foram abordados por um David chateado.

 

David: Algum de vocês é capaz de me explicar o que é que se anda a passar?

Bella: Desculpa?!

David: Andam sempre juntos, muito sorridentes, não se largam. E ontem vi-te a sair da casa dele, à noite!

Bella: Andas a seguir-me?

David: Não, Bella, ia falar com o meu melhor amigo mas depois percebi que ele estava ocupado com a minha namorada.

Ryan: Ex namorada!

David: Vocês andam?

Bella: E se andássemos?

David: Fizeste um drama por causa de um beijo mas afinal…

Ryan: Cuidado com o que vais dizer, meu!

David: É mentira?

Bella: É! Mas se fosse verdade não tinhas nada a ver com isso. Traíste-me e a partir desse momento deixaste de ter alguma coisa a ver com a minha vida, David.

David: E o facto de andarem sempre juntos, de estares na casa dele à noite, de ele te ir buscar todos os dias de manhã?

Bella: Somos amigos!

David: Gostas dele?

Ryan: E tu, gostas do Peter?

David: Não te metas, Ryan!

Ryan: Porquê? Tu podes meter-me no meio dos vossos assuntos e eu já não posso, é?

David: Tu estás a adorar esta situação, não estás? Às tantas estavas só à espera que algo acontecesse para poderes ficar com o caminho livre.

Ryan: Não sejas parvo!

David: Será que estou a ser mesmo parvo ou tu é que tens andado a fazer-me passar por parvo? Aliás, vocês os dois?

Ryan: Eu não te admito que me fales assim e muito menos que trates a Bella desta maneira!

David: E eu não te admito que andes a dormir com a minha namorada!

 

Neste momento Ryan passou-se e deu um empurrão em David, que logo se defendeu. Os dois começaram uma luta e depressa a entrada da escola se transformou num ringue, com imensas pessoas a assistir àquela cena. Bella estava em pânico, ao ver os dois rapazes naquela situação. Peter, Sarah e Chloe também se aproximaram e tentaram acalmar tanto Bella como os rapazes.

 

Bella: Ryan, David parem com isso, por favor!

Chloe: Deixa-os estar, pode ser que assim o David aprenda a não trair as pessoas. E tu, Peter, também devias estar ali no meio, a sofrer as consequências!

Sarah: Não adianta estares assim, Chloe! Esta situação já é grave o suficiente, temos de fazer alguma coisa! Temos de chamar alguém, o diretor!

Bella: NÃO! Isso só os vai prejudicar ainda mais. Temos de os parar e depressa! Ryan!

Peter: Parem com isso, vão magoar-se! David!

 

Os quatro amigos meteram-se no meio, depois de se entreolharem, e separaram os dois rapazes, com a ajuda de mais um grupo de pessoas. David e Ryan estavam fulos, com raiva no olhar. Ryan tinha Bella a seu lado, enquanto David tinha Peter. David foi o primeiro a levantar-se, sem sequer ligar a Peter ou a qualquer outra pessoa. Quando estava prestes a abandonar o local, cuspiu em cima de Ryan, deixando o loiro ainda mais furioso. Depois disso foi embora, deixando todos para trás. Bella, que estava baixa junto de Ryan, fez sinal a Peter para que fosse atrás de David. Depois, pediu às amigas que a deixassem ali com Ryan.

 

Bella: Desculpa!

Ryan: Eu é que devia pedir desculpa, Bella. Mas o David estava a ser tão estúpido, tão injusto contigo!

Bella: Só não queria que pagasses por isto, tu não tens culpa do que se passou.

Ryan: Talvez tenha alguma culpa…

Bella: Como assim?

Ryan: Temos passado tanto tempo juntos, Bella. É normal que o David tenha começado a pensar coisas…

Bella: Mas isso não era motivo para ter reagido assim. Nós acabámos. Ele só precisa de entender e ultrapassar!

Ryan: Porque é que mandaste o Peter atrás dele?

Bella: Porque era a coisa certa a fazer!

Ryan: Tens a certeza?

Bella: Tenho! Apesar de tudo, eu continuo a gostar deles e a preocupar-me. O Peter é a pessoa certa para estar com o David neste momento. E se eu fosse com o David as coisas podiam azedar ainda mais e eu não quero isso.

 

Bella passou a mão pela ferida no lábio de Ryan, o que fez com que o rapaz se retraísse e soltasse um pequeno gemido de dor.

 

Bella: Anda.

Ryan: Onde?

Bella: Temos de ir curar essas feridas.

Ryan: E as aulas?

Bella: Esquece as aulas, Ryan. Tratar essas feridas é mais importante. E acho que neste momento nenhum de nós está em condições de ir às aulas.

.....................

Bom dia! Aqui está mais um capítulo! Que estão a achar?

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões!

E obrigada a quem tem lido e comentado :)

Fiquem bem e até ao próximo capítulo!