Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

06
Jun15

"Unconditionally" - Capitulo 12


JustAnOrdinaryGirl

No dia seguinte Bella acordou mais tarde. Como só tinha aulas a partir das dez, ficou mais tempo no quarto, fingindo que ainda dormia e evitando assim cruzar-se com Chloe, que tinha aulas logo às oito e meia da manhã. Só depois de todos saírem de casa é que ela saiu do quarto, arranjando-se e tomando o pequeno-almoço. Pegou nas suas coisas e saiu de casa. Ao sair à rua, viu um carro conhecido parado em frente ao portão. Era Ryan.

 

Bella: Ryan… Bom dia!

Ryan: Bom dia!

Bella: Que fazes aqui?

Ryan: Estava preocupado contigo… Como é que estás?

Bella: Mal… Quanto à mensagem que te mandei ontem…

Ryan: Não vou contar a ninguém, não tens de te preocupar.

Bella: Obrigada! E já que aqui estás, dás-me uma boleia até à escola?

Ryan: Foi para isso mesmo que aqui vim.

Bella: Pensei que fosse porque estavas preocupado.

Ryan: Foi pelas duas coisas. Achei que seria mais fácil para ti se entrasses na escola com alguém, para o caso de o David aparecer. E uma vez que sou o único que sabe…

Bella: Foi muito querido da tua parte. Vamos?

 

Ryan tinha razão. Mal saíram do carro e começaram a caminhar para o portão da escola, David veio logo ter com eles. Bella continuou a andar, ignorando-o no início. Mas depois parou e encarou-o, sempre com Ryan a seu lado.

 

Bella: Ouve uma coisa, David! Eu não quero falar contigo agora, preciso de tempo! Por enquanto vou falar contigo apenas por causa do trabalho que temos de apresentar daqui a nada. Depois disso, volto a falar contigo quando me explicares o que se está a passar.

David: Eu já te expliquei, Bella!

Bella: Deste-me uma justificação, sim, mas eu quero a justificação verdadeira. Eu preciso que me digas o que sentes por mim e o que sentes pelo Peter! Quando souberes o que me dizer em relação a isso, podemos falar. Até lá, deixa-me pensar em tudo o que aconteceu.

 

David ia falar, mas acabou por se calar, respirando fundo. Depois, olhou para Ryan, dirigindo-se ao loiro.

 

David: Podemos falar?

Ryan: … … …

Bella: Eu vou andando para a aula, Ryan. Até já!

 

David: Ela disse-te alguma coisa?

Ryan: Nem penses que vou servir de pombo-correio, David. Mas não, a Bella não falou comigo!

David: Mas vocês chegaram juntos…

Ryan: Porque eu fui buscá-la a casa.

David: Porque raio foste buscar a Bella a casa? E aliás, o que é que vocês faziam juntos, ontem à noite?

Ryan: Caso não te lembres, ontem à noite tínhamos combinado fazer um trabalho.

David: Até àquela hora?

Ryan: O trabalho prolongou-se e acabamos por jantar lá em casa. Eu ia pôr a Bella a casa quando vos vimos…

David: Jantaram juntos…

Ryan: Não tentes virar o jogo para nós, David. Eu e a Bella estivemos a trabalhar, a jantar e depois íamos para casa. Talvez se tivesses aparecido o trabalho não tivesse durado até tão tarde. Mas pelos vistos preferiste ir sair e trair a Bella com o Peter!

David: Eu não traí a Bella!

Ryan: Beijaste o Peter, namorando com a Bella, isso é traição. Ela não merecia isto, meu! Se gostas do Peter só tinhas era de falar com ela. Sabes bem que ela iria entender.

David: Eu não gosto do Peter!

Ryan: Então beijaste-o para quê?

David: Eu…

Ryan: David, eu já percebi que o Peter não te é indiferente, tal como tu não lhe és indiferente. Vocês dão-se bem, há qualquer coisa que vos une, vocês entendem-se, passam muito tempo juntos. Essas coisas acontecem! Só não tinhas de o fazer desta maneira, não tinhas de magoar a Bella desta maneira! E fala com o Peter. Já chega estares afastado da Bella. Não faças o mesmo com o Peter. Apesar de que ele devia ter evitado tudo, mas mesmo assim, ele também não merece passar por isto. Vou para as aulas! Ah, a Bella prefere que isto não se saiba, sou a única pessoa além de vocês a saber. Para evitar mais cenas é melhor que seja assim.

 

Passou uma semana e as coisas não tinham melhorado em nada. Chloe e Sarah não entendiam o que se andava a passar. Os momentos em que estavam todos juntos eram cada vez menos, já que sempre que as duas raparigas tentavam combinar alguma coisa, os outros acabavam por inventar uma desculpa. Até mesmo Ryan, para tentar proteger Bella e para evitar constrangimentos com Peter e David.

Bella sabia que talvez devesse contar a verdade à irmã e a Sarah, afinal, sabia bem que podia confiar nelas e que, o mais certo, era elas ficarem chateadas quando descobrissem, por serem as últimas a saber de tudo. Portanto, naquela tarde de sexta feira, Bella juntou-se com elas.

Chloe: É agora que vais contar o que raio se anda a passar?

Bella: Eu e o David acabámos!

Sarah: Já tínhamos percebido essa parte, amiga. Pelo menos já tínhamos percebido que vocês não andam bem! Mas o que se passou? Queres contar?

Chloe: Claro que quer, é o mínimo depois de nos ter feito andar tão preocupadas durante esta semana.

Bella: O David traiu-me!

Chloe: O quê?! Eu dou cabo desse gajo! E quem é a tipa? Dou cabo dela também!

Bella: Não foi com uma tipa, foi com…

Sarah: Com quem?

Bella: Com um rapaz…

Chloe: Eu sabia! Mais tarde ou mais cedo isso tinha de acontecer…

Sarah: Não fazia ideia de que o Peter e o David fossem capazes disso…

Bella: Vocês sabiam?

Chloe: Bastava olhar para eles para perceber que havia um sentimento qualquer entre os dois.

Sarah: Mas como é que descobriste?

Bella: Eu vi tudo! No outro dia, depois de termos estado a fazer o trabalho, o Ryan ia pôr-me a casa e passamos em frente àquele bar onde vamos sempre. Estavam lá os dois fora, a falar. O David aproximou-se e acabou por beijar o Peter.

Chloe: Posso bater-lhes?

Bella: Não! Apesar de tudo o Peter é meu amigo e o David foi bastante importante para mim! O que aconteceu foi mau mas… Pelos vistos eu era a única que ainda não tinha percebido que eles gostam um do outro. Eu preciso é de seguir em frente… sem o David como meu namorado.

Sarah: E estás bem com esta situação? Quero dizer, como é que vai ser daqui para a frente? Sabes o que o David sente?

Bella: Nem o David sabe o que sente…

Chloe: Ele sabe, só não quer admitir! Mas já falaste com algum deles?

Bella: Ainda não, mas vou falar assim que puder. O que eles fizeram foi mau mas era eu quem estava a mais no meio deles os dois.

Chloe: Não estavas a mais, foi o Peter quem se meteu!

Bella: O Peter meteu-se porque gosta do David. O David deixou-se ir porque gosta do Peter, apesar de não admitir. Como vêem, sou eu que tenho estado a mais no meio deles os dois. Isto vai custar a passar mas eu sei que vou conseguir. E vou falar com eles porque não quero que andemos cada um para seu lado. Somos amigos e isso é que importa!

Chloe: Achas mesmo que as coisas vão voltar ao que eram, Bella? Não sejas assim tão ingénua!

Bella: Eu sei que as coisas vão voltar ao mesmo. E no final isto serviu apenas para fortalecer a nossa amizade. E agora que já sabem de tudo, vou deixar-vos. Tenho coisas combinadas com o Ryan!

Sarah: Com o Ryan?!

Bella: Sim. Desde que tudo isto aconteceu que tem sido ele quem me tem ajudado mais. Eu sei que teriam feito o mesmo se eu vos tivesse contado. Mas antes que perguntem, não, eu e o Ryan não temos nada. Somos apenas amigos, bons amigos!

Chloe: Claro que sim, Bella! Por agora são apenas bons amigos. Mas pelo menos com ele não deves correr o risco de vires a descobrir que é gay! E sabes que mais, podes estar disposta a perdoar aqueles dois, mas não se escapam de ter uma conversa comigo!

Bella: Chloe!

Chloe: Juro que eles sobrevivem! É apenas uma… conversa!

 

..............

Bom dia! Aqui está mais um capítulo, espero que gostem :) Esta fic não será muito longa pelo que qualquer dia entra na reta final! Muito obrigada a todas as pessoas que têm lido e a quem tem comentado. É sempre muito bom ler as vossas opiniões! Já ando de volta de uma substituta para esta história e também já pensei numa outra. Basta ver se as ideias para as escrever continuam ;) Por enquanto, digam-me o que acharam deste capítulo! Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)