Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

27
Dez14

"Our Love (2)" - Capítulo 15


JustAnOrdinaryGirl

Só de pensar na possibilidade de o próprio pai poder estar a conspirar contra a relação dela, Rachel não conseguiu conter as lágrimas. Christian, sentado na cama, mesmo ao lado dela, não hesitou em abraçá-la e confortá-la. Ver a amiga assim custava-lhe, ainda para mais sendo tudo culpa da irmã dele. Também ele se sentia culpado, apesar de não ter feito nada. A rapariga deixou-se ficar nos braços dele.

Christian: O que é que estás a pensar fazer agora?

Rachel: Não faço ideia… Eu achei mesmo que o meu pai tinha finalmente aceitado esta relação e afinal…

Christian: E se não é ele que está a ajudar a Olivia?

Rachel: Quem mais é que poderia ser, Chris?

Christian: Sei lá, não há mais ninguém que não goste de vos ver juntos?

Rachel: A única pessoa que sempre deixou bem claro que não nos queria ver juntos foi o meu pai. Todas as outras pessoas ficaram do nosso lado, até mesmo a minha mãe, apesar de nunca o ter admitido perante o meu pai. Nunca pensei que ele chegasse a este ponto. E o que não percebo é porque é que o está a fazer agora quando o Daniel já nem sequer é meu professor!

Christian: E por falar em Daniel, já falaste com ele?

Rachel: Não, mas vou ter de falar com ele ainda hoje. Depois de ouvir essa história dos telefonemas acho que fui um bocado parva com ele. Só espero que ele compreenda e que esteja mesmo a ser sincero.

Christian: Vai correr bem, vais ver!

Rachel: Obrigada, Chris! Tens sido o melhor amigo que eu podia pedir!

Christian: Não agradeças! Ainda hesitei em vir aqui… pensei que já cá estivesse a Ashley ou assim…

Rachel: Eu nem sequer lhe contei nada disto… Achas que podes ser tu a ajudar-me a perceber o que se passa? Depois sim, falo com ela e até mesmo com o Louis.

Christian: Claro que sim, Rach! Por onde é que queres começar?

 

*********

Louis: Olá! Está tudo bem? Desde que me viste com a Olivia que não falas comigo… Gostava que me tivesses deixado dar-te uma explicação, Ash!

Ashley: Precisamos de falar, Louis!

Louis: Pois precisamos! Ouve, aquilo que ti viste não foi nada, Ash! Eu apenas estava a segurar a Olivia para a impedir do que ela ia fazer. Não se passa nada entre nós, não há motivos para teres reagido daquela maneira, não…

Ashley: Eu beijei o Jake!

Louis: O quê?!

Ashley: Foi isso mesmo que ouviste, Louis!

Louis: Eu mato aquele gajo!

Ashley: Não, Louis! Fui eu que o beijei. EU!! Ele não fez nada… aliás, ele impediu que eu continuasse a beijá-lo!

Louis: Claro! Deve ter impedido imenso.

Ashley: Impediu, Louis! Eu sei que no início ele aparentava ser um tarado e não sei quê mas ele não é assim. Quando eu o beijei ele afastou-me.

Louis: E se ele não te tivesse afastado?

Ashley: Provavelmente as coisas não tinham acabado por ali…

Louis: Porquê, Ashley?!

Ashley: Não sei, Louis, aconteceu!

Louis: Foi porque achaste que eu tinha alguma coisa com a Olivia?

Ashley: Não… Eu admito que fiquei fula quando te vi a agarrá-la e a olhá-la daquela maneira mas… depois eu percebi que provavelmente estava a ser parva. No meio disso tudo aceitei ir jantar com o Jake e fomos sair e depois quando regressámos a casa dele acabei por beijá-lo…

Louis: Então estavas bêbeda, é isso?

Ashley: Não, não estava. Mas a maneira como ele estava a falar, como me apoiou, aquele lado dele que eu ainda não conhecia… sei lá, não consegui resistir à vontade que tinha de o beijar…

Louis: ……...

Ashley: Eu sei que errei e peço desculpa por isso, Louis e…

Louis: Estás arrependida?

Ashley: Por o ter beijado ou por te ter traído?

Louis: Pelas duas coisas?

Ashley: Estou arrependida por te ter traído, porque depois de tudo, não o merecias. Porque sempre fiquei fula quando te metias com as outras raparigas naquelas festas. Fiquei passada quando convidaste a Rachel para o baile. Por isso sim, estou arrependida por te ter traído…

Louis: Mas não te arrependes de o ter beijado pois não?

Ashley: … … …

Louis: Não precisas de dizer mais nada, Ash. Lamento que as coisas tenham acabado assim. Eu gosto de ti, a sério. Aliás, eu amo-te! Mas… não posso fingir que nada disto aconteceu. Talvez se estivesses arrependida por tê-lo beijado mas não estás…

Ashley: Não, não estou. Eu gosto de ti, Louis, sempre gostei mas…

Louis: Mas sentes alguma coisa pelo Jake que não te permite estar comigo.

Ashley: Desculpa…

Louis: Ouve, eu não te vou julgar, porque já fiz o mesmo, já te traí e já te magoei. Só não posso fingir que está tudo bem, porque dói passar por isto, dói ser traído. Mas talvez seja essa cena do Karma não é? O que fazemos aos outros volta a nós e não sei quê! Se é dele que gostas, força, sê feliz com ele…

Ashley: Louis…

Louis: Não te martirizes mais, miúda. Eu fico bem. Fica bem tu também!

 

Ashley ficou ali parada, enquanto via Louis afastar-se. À medida que o rapaz ia avançando, as lágrimas dela começaram a cair-lhe pela cara. Apesar de tudo o que já se tinha passado, Louis não merecia ser traído. Mas Ashley fora sincera quando admitira que não se arrependia de ter beijado Jake. Agora, ali no meio do jardim onde se encontrara com o namorado… ex-namorado…Ashley não sabia o que fazer a seguir. Não queria ir para a loja pois Jake ainda lá estava e sabia que, se ele a visse naquele estado, iria tentar confortá-la e isso acabaria certamente como na noite anterior. Decidiu então ligar à melhor amiga mas o telemóvel desta estava desligado. Só lhe restava ir para casa.

 

Christian: Já estás pronta para ir embora?

Rachel: Deixa-me só ir buscar o casaco.

Christian: Ok, espero por ti no carro (sai de casa e dirige-se ao carro)

Daniel: Christian?

Christian: Olá, Daniel…

Rachel: Chris!! Esqueceste-te da carteira no meu quarto…. Daniel?!

Daniel: O que é que o Chris está aqui a fazer? E porque é que a carteira dele estava no teu quarto?!

Rachel: … … …

 

....................................................

E aqui está mais um capítulo, desta vez postado no dia certo. Espero que gostem e não se esqueçam de deixar as vossas opiniões.

Ultimamente não tenho tido praticamente comentários :( Já não gostam da fic? Espero que continuem a gostar. Em breve há mais! Fiquem bem e até ao próximo capítulo :)