Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

07
Set14

"Emily" - Capítulo 10 (ÚLTIMO)


JustAnOrdinaryGirl

 

Alicia: Obrigada por me teres vindo trazer a casa e obrigada pela companhia esta noite. Queres entrar um bocadinho?

Justin: Acho melhor não, Alicia! Disseste que tinhas bebido um pouco de mais e não quero que aconteça alguma coisa que depois nos vamos arrepender.

 

Ao ouvir Justin dizer aquilo, Alicia não consegui evitar uma gargalhada, o que fez com que o rapaz ficasse sem saber muito bem o que pensar.

 

Justin: Porque é que te estás a rir?!

Alicia: Justin, quando eu te disse que já tinha bebido um pouco de mais, estava a gozar. Desculpa. Só queria que tu aceitasses o meu convite para me trazeres a casa. Acho que estava a gostar da tua companhia e queria tê-la durante mais um bocadinho, pelo menos a té chegarmos.

Justin: Estás a falar a sério?

Alicia: Sim. Eu sei que durante muito tempo só tinha olhos para o Bryan e estava completamente focada em ficar com ele. Mas esta noite percebi que há um mundo para além do Bryan e...tenho de admitir que gostei imenso de ter estado contigo até agora.

Justin: Fico contente que finalmente tenhas aberto os olhos, Alicia. Eu também gosteu muito da tua companhia, obrigada por teres aceito o meu convite!

Alicia: E já agora, há bocado disseste que não querias que acontecesse nada que depois nos arrependessemos por achares que eu já estava um pouco bêbeda. Achas mesmo que ia acontecer alguma coisa?

Justin: Para ser sincero, acho. Se eu tivesse entrado, bastaria um incentivo da tua parte e eu ia ceder a esta vontade que tenho de te beijar.

Alicia: Então, mas se já sabes que eu estou totalmente sóbria, porque é que não cedes a essa vontade na mesma?

 

Justin não precisou de mais nenhum incentivo pela parte da loira. Avançou imediatamente para ela, fazendo com que esta ficasse entre ele e a porta de entrada. Juntou os lábios aos dela e beijou-a suavemente, tornando depois o beijo cada vez mais intenso. Ela arranjou maneira de abrir a porta e ambos se encaminharam para dentro de casa, sempre com os lábios colados e beijando-se cada vez com mais intensidade.

 

Justin: Tens a certeza que queres fazer isto?

Alicia: Absoluta!

Justin: Não quero que estejas a fazer isto para esqueceres o Bryan, Alicia.

Alicia: Não estou! Estou a fazê-lo por mim e por ti. Por nós!

 

****************

Passou-se um mês depois de todos estes acontecimentos e isso siginificava também que o verão tinha chegado ao fim. Tinha acontecido muita coisa desde aquela noite em que Bryan encontrou Emily prestes a atirar-se de uma ponte e decidira levá-la com ele para o seu mundo, para a sua vida.

Os seis amigos tinham decidido encontrar-se para almoçarem e porque todos tinham algumas novidades para contar. Os primeiros a chegar foram Emma e Alex. Desde aquela noite, os dois tinham começado a namorar e Emma sentia-se muito mais confiante e segura de si mesma. Os seus medos tinham começado a desaparecer, assim como a sua timidez, e tinha cada vez mais a certeza que fez bem em esperar por Alex. A relação ia avançando aos poucos e Alex compreendia perfeitamente a morena e sabia que iria esperar o tempo que fosse preciso para estar com ela. Afinal, para ele, era isso que significava estar apaixonado por alguém e querer passar o resto dos seus dias com essa pessoa.

Alicia e Justin chegaram logo a seguir e também vinham juntos. Tinham assumido uma relação e Alicia já só olhava para Bryan como um amigo. O que estava a viver com Justin era cada vez mais forte e o rapaz já estava a ficar completamente apaixonado. Por fim, chegaram Emily e Bryan que também há algum tempo formavam um casal, aprovado por Alicia. Emily voltou a ser a rapariga que era antes e nunca mais voltou a estar triste. Também há algum tempo que não sabia da situação dos pais.

 

Bryan: Bem pessoal, parece que todos temos alguma novidade para contar. Espero que sejam todas tão boas como a minha! Consegui pessoal! Consegui entrar na universidade!

Emma: Bem, a tua novidade é ótima! Mas e o Alex temos uma coisa muito boa para vos contar também!

Alex: Pessoal, deiam-nos os parabéns porque estão perante os mais recentes noivos. Pedi a Emma em casamento e ela aceitou!

Emily: Parabéns! E quando é que é?

Emma: Ainda não decidimos uma data, mas queriamos que soubessem já! Mas acho que ainda temos tempo!

Justin: Agora é a nossa vez. Renovaram-me o contrato na empresa e vou voltar para lá ainda este mês!

Alicia: E eu vou com ele...Nós vamos morar juntos pessoal! E consegui entrar na universidade de lá! Ah, e tenho outra coisa a dizer. Desculpa Emma, por ter sido a pior melhor amiga de sempre. Ainda bem que te passaste comigo naquele dia. Espero poder continuar a ser a ua melhor amiga, mas desta vez de forma adequada. E Emily, desculpa por ter sido uma cabra contigo!

Emily: Eu também tenho uma coisa para vos contar. Mas antes da parte boa, tenho de vos contar a má. Durante estes meses vocês foram uns amigos incríveis e espero que as coisas se mantenham assim. E por isso, acho que devem saber o verdadeiro motivo de eu estar aqui.

 

Emily contou o motivo de ter conhecido Bryan e de estar ali aos amigos e deixou Emma e Alicia a chorar. No final, Bryan abraçou-a e todos lhe deram os parabéns por ter vencido aquele sofrimento todo. Emily voltara a sorrir e todo o passado estava fechado a sete chaves. Pelo menos uma parte. No final do almoço, Emma e Alex foram para casa dos pais da rapariga para lhe contarem a novidade do noivado. Justin foi com Alicia para casa dela. Ultimamente passavam imenso tempo lá quando os pais dela não estavam. Emily e Bryan também foram para casa e parecia que as novidades não tinham sido todas contadas durante o almoço.

 

Bryan: O que é que se passa, Em? Estás tão calada! Foi por teres contado a verdade toda ao pessoal? Eles reagiram bastante bem, não precisas de ficar preocupada.

Emily: Não é por isso. É que... há outra novidade que não vos contei à hora de almoço...

Bryan: O que é que se passa?!

Emily: Esta manhã recebi uma carta do tribunal...por causa do divórcio dos meus pais. Eles estão oficialmente divorciados e a luta pela minha custódia chegou ao fim.

Bryan: E então, com qual deles vais ficar?

Emily: Não é só isso que interessa, Bryan. Também tens de saber que eles vão continuar os dois a viver na cidade onde sempre vivemos, apesar de ser em casas separadas.

Bryan: Isso quer dizer que, com quem quer que seja que tenhas de viver, vais de ir embora! Qquer dizer que vamos ter de nos separar, não é? Eu não sei se vou conseguir separar-me de ti, Emily. Eu amo-te! Eu vou contigo para lá.

Emily: Se me deixasses acabar de falar irias perceber que não é preciso nada disso, amor!

Bryan: Porquê?! Não queres ficar comigo?!

Emily: Bryan! Nesta carta diz que, como na data em que o divórcio foi assinado eu já tinha feito os 18 anos, sou eu que vou decidir com que vou viver! Eles não precisam de decidir por mim!

Bryan: Mesmo assim eles vivem os dois longe daqui. Escolhas quem escolheres, vais ter de ir embora!

Emily: Não!

Bryan: Como não?

Emily: Bryan, depois de tudo o que passei naquele sítio e por que te amo, eu decidi que vou ficar aqui. Eu decidi que quero viver contigo, seja aqui ou na China. Eu não vou voltar para casa.

Bryan: Amo-te, Emily!

 FIM

...................

E pronto leitores, mais uma fic que chega ao fim. Não consegui postar ontem, peço desculpa! Espero que tenham gostado de ler mais uma das minhas criações, Obrigada a todos aqueles que perderam algum do seu tempo para ler e comentar. Foi muito importante ir recebendo as vossas opiniões. Em breve trarei novidades da sequela de "Our Love". Mais uma vez obrigada e espero continuar a ter-vos a todos como leitores na próxima fic :)

Fiquem bem e até breve!