Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

12
Jul14

"Emily" - Capítulo 2


JustAnOrdinaryGirl

 

 

Quando acordou, algumas horas mais tarde, Emily estava num sítio que não lhe era nada familiar, mas que era bonito, um sítio soalheiro, com árvores e que cheirava a praia. Olhou para o lado, depois de se espreguiçar, e viu Bryan a olhar para ela. Não sabia bem há quantas horas iam dentro daquele carro, mas imaginava que há muitas.

 

Bryan: Bom dia!

Emily: Bom dia! Onde é que estamos?

Bryan: Estamos em LA.

Emily: Não sabia que vivias em LA. Acho que ontem não te agradeci o suficiente. Aliás, nunca vou ser capaz de te agradecer o suficiente.

Bryan: Não te preocupes com isso. Durante a viagem lembrei-me que não trouxeste nada, nem roupa, nem documentos, nem dinheiro…

Emily: Saí de casa à pressa e disposta a acabar com tudo. Não pensei que fosse voltar a precisar dessas coisas. E agora?

Bryan: Vou falar com amigas minhas, elas emprestam-te algumas coisas. Entretanto, tens alguma conta bancária? Se tiveres, podemos passar no banco e dizer que perdeste os documentos e pedir novo cartão. E acho que podes fazer o mesmo com os outros documentos.

Emily: Hmm, acho que basta ligar a um dos meus pais e eles enviam-me logo tudo o que eu preciso!

Bryan: Mesmo depois de saberem que saíste de casa?!

Emily: Tudo o que os meus têm feito nestes últimos tempos é tentar fazer com que eu escolha com qual deles vou viver depois do divórcio. Basta eu pedir a um deles e as coisas chegam cá num instante. Quanto mais pontos tiverem a seu favor, melhor.

Bryan: Uau! Não fazia ideia de que isso andasse assim! Mas tudo bem, mal cheguemos a minha casa podes telefonar e pedir-lhe que enviem as tuas coisas. Mas…que desculpa vais dar-lhe para teres saído assim de casa? Não lhe vais contar a verdade, pois não?

Emily: Claro que não. Vou dizer que…Que por causa deles a minha vida estava um caos e que decidi sair de casa…

Bryan: Sem nada?!

Emily: Essa parte não têm de saber. Não te preocupes, basta fazer uma chamada e tudo fica resolvido.

 

E Emily tinha razão. Bastou-lhe ligar ao seu pai, que fazia de tudo para que a filha escolhesse viver com ele, e pedir-lhe que metesse tudo o que ela lhe disse que precisava dentro de uma mala e que enviasse para ela. Há semanas que os pais andavam em guerra para ficar com a custódia dela e faziam de tudo para a ver feliz. Ou melhor, para que ela decidisse com quem viver. Ainda nesse dia à noite, Emily tinha à porta de casa de Bryan tudo o que precisava. E também um bilhete de cada um dos pais, a pedir desculpa e a dizer que compreendiam que se tivesse afastado, a pedir desculpa e que esperavam por ela em breve.

 

Bryan: Os teus pais são sempre assim? Quer dizer, nem sequer te vão por de castigo nem te vêem buscar?

Emily: São os efeitos do divórcio, Bryan. Se a situação fosse normal, já tinhas a polícia à porta para me virem buscar e depois do verão eu iria para um colégio interno.

Bryan: Então fizeram isto por interesse?

Emily: Sim. E o meu pai ia fazer tudo às escondidas se a minha mãe não o tivesse apanhado lá em casa. Pelo menos é o que o bilhete dela diz. Mas sabes que mais? Quero lá saber. É verão e a única coisa que eu preciso é esquecer tudo…pelo menos por enquanto!

Bryan: E foi para isso que eu te trouxe para cá. Para te salvar de mais alguma tentativa de suicídio ou para te impedir de cortares os pulsos!

Emily: Pois…

Bryan: Desculpa, não devia ter dito isto!

Emily (sorri): Não te preocupes. Obrigada por me tentares salvar!

Bryan: Já sorris! Já é um começo. Bom, mas agora que já aí tens as tuas coisas, vai arranjar-te! Quero que comeces já a recuperar e para isso, nada melhor que levar-te a conhecer a noite aqui em LA. E claro, os meus amigos!

 

Emily seguiu o conselho d Bryan e foi arranjar-se. Optou por vestir um top branco com uns calções pretos e colocou alguns acessórios. Depois, foi ter com Bryan à sala e sairiam para aquela que seria, segundo o rapaz, uma bela noite para esquecer os problemas.

Bryan levou-a até um bar de praia, visto que estava uma noite bastante agradável e era onde estava os seus melhores amigos.

Mal entraram, um rapaz moreno e de olhos azuis foi ter com eles, começando a sorrir para Bryan. Era o seu melhor amigo, Alex.

 

Alex: Boas! Estou a ver que vens muito bem acompanhado! Não sabia que havia novidades!

Bryan: Não há novidades nenhumas! As miúdas estão por aí? Gostava de vos apresentar uma pessoa!

 

De repente, chegaram ao pé deles duas raparigas. Uma delas, loira e de olhos claros, que vestia um mini vestido branco acompanhado por um casaco verde. A outra, uma morena de olhos castanhos, que vestia um vestido com padrão de flores e umas sabrinas brancas. Muito mais discreta do que a loira, no entender de Emily.

Depois de Bryan as ter cumprimentado, o rapaz fez com que as atenções caíssem sobre Emily, apresentando-a finalmente aos seus amigos.

 

Bryan: Pessoal, gostava de vos apresentar a Emily, uma amiga que vai passar uns tempos connosco. Emily, é o Alex, a Emma e a Alicia.

Emma: Bem-vinda, Emily!

Alicia: Sim, bem-vinda! Então, estás de férias, é?

Emily: Sim, pode-se dizer que sim. Decidi mudar de ares durante algum tempo.

Alicia: Então e és amiga do Bryan há muito tempo?

Emily: ….

Bryan: Não vais começar com os teus interrogatórios, pois não, Alicia?

Alicia: Estava apenas a meter conversa! É que conheço a maioria dos teus amigos mas nunca tinha ouvido falar dela!

Emily: Não tem importância. Eu e o Bryan somos amigos há algum tempo, não muito.

Alicia: E porquê LA? Tens cá família?

Bryan: Alicia…

Emily: Não, não tenho cá família nenhuma!

Alicia: Então se não quiseres ficar num hotel ou numa pensão, tenho um quarto livre em minha casa. Estás à vontade!

Emily: Obrigada. É muito simpático da tua parte, mas eu não estou hospedada em nenhum hotel ou pensão.

Alicia: Oh…Tens cá casa?

Bryan: Não, Alicia! A Emily está a viver em minha casa!

 

Alicia não disse mais nada. Limitou-se a sorrir e foi ter com Alex, que tinha ido buscar uma bebida.

 

Alex: O que foi, Ally? Não vens com muito boa cara!

Alicia: Sabias que aquela Emily está a viver em casa do Bryan?

Alex: Por acaso não sabia. Mas qual é o mal? Sabes que o Bryan gosta de ajudar os amigos.

Alicia: E tu bem que podias ser como ele!

Alex: Desculpa?!

Alicia: Se tivesses aceitado a minha ideia de fazermos ciúmes ao Bryan, talvez ele já se tivesse apercebido que gosta de mim!

Alex: Não venhas outra vez com essa história, ok? Já te disse que não me vou envolver contigo para fazer ciúmes ao Bryan.

 

***************

Emma: Olá, Emily! Estás sozinha?

Emily: O Bryan foi à casa de banho. Olha, desculpa a pergunta mas, passa-se ou passou-se alguma coisa entre o Bryan e a….

Emma: A Alicia?

Emily: Hmm hmm!

Emma: Nunca se passou nada porque ele não quer. Se ela foi bruta contigo, peço desculpa. Ela é uma boa pessoa. Mas fica um bocado “passada” quando vê alguma miúda com o Bryan! Mas com o tempo, aposto que vais perceber como é que aqueles dois funcionam.

 

..........................

E então, que tal acharam de mais um capítulo?

Espero qe gostem e não se esqueçam de deixar as vossas opiniões!

Fiquem bem e até para a semana :)