Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

14
Jun14

"Our Love" - Capítulo 22 PENÚLTIMO!


JustAnOrdinaryGirl

 

Rachel vestiu o vestido que tinha escolhido para a sua formatura, depois, colocou uma maquilhagem simples, pegou na batina e no seu chapéu de finalistas e mandou uma mensagem a Ashley e Daniel, a dizer que ia sair de casa.

Desceu as escadas e foi ter com os seus pais, que a esperavam ao fundo das mesmas com orgulho nos olhares.

 

MãeRachel: Estou tão orgulhosa, minha querida! Sei que há muito que esperas este momento! Parabéns!

Rachel: Obrigada! Estava a ver que este dia nunca mais chegava.

PaiRachel: Não sabia que estavas assim com tanta pressa de acabar o secundário!

Rachel: Tinha alguma pressa, sim.

PaiRachel: Mas deixaste de gostar, foi?

Rachel: Não, eu gostei muito do secundário e vou ter saudades mas...há outras coisas que quero para além do secundário.

MãeRachel: Falas da universidade, certo?

Rachel: Sim, entre outras coisas…

PaiRachel: Rachel…

Rachel: Vamos embora! Não quero chegar atrasada à minha própria formatura. E a Ashley e o Louis já lá devem estar. Quero ficar sentada perto deles.

 

Quando chegaram à escola, foram recebidos pelo diretor, que estava à entrada do recinto a cumprimentar os alunos e familiares. O espaço estava completamente diferente do habitual, cheio de cobertos para fazer sombra, flores, colunas para a música e cadeiras para os finalistas e respetivas famílias. À frente estava o palco, com os microfones, pronto para os alunos discursarem quando fossem buscar o diploma. Rachel avistou Daniel, ao lado da mesa dos diplomas e estava a preparar-se para ir cumprimentá-lo quando sentiu o pai tocar-lhe no braço.

 

PaiRachel: Não estavas com pressa para te poderes sentar com a Ashley e o Louis? É que estás a ir na direção oposta, eles já estão sentados.

Rachel: Claro! Vou ter com eles. Podem ir para ao pé dos outros familiares. Vou ter com vocês no final da cerimónia.

……

Ashley: Não me digas que o teu pai já está a criar problemas!

Rachel: Nem me digas nada!

Louis: Está quase a acabar, não te preocupes!

Rachel: Sim, só penso no momento de o poder abraçar e beijar à frente de toda a gente, sem ter de me esconder e de…

Louis: Sem muitos pormenores, por favor!

Rachel: Bem me parecia que estavas a ser simpático demais!

Ashley: Não vão começar, pois não?

Louis: Claro que não! Os nossos problemas estão ultrapassados, né, bebé?

Rachel: Não se me continuares a chamar isso!

 

Riram-se os três. Depois, assim que todos os alunos já ali estavam, chegou a hora de começar. O diretor subiu ao palco e logo se fez silêncio. Finalmente ia começar. Rachel olhou para Daniel e ele olhou para ela. Sorriram discretamente e depois puseram todas as suas atenções no palco.

 

Diretor: Bom dia a todos os presentes. É com um enorme orgulho que estou aqui hoje, juntamente com os vossos professores, a entregar-vos os diplomas. O vosso futuro espera-vos, cheio de coisas boas com certeza. Foi um percurso longo mas que certamente vos abriu muitas portas, vos fez crescer! Obrigada finalistas por terem escolhido fazer o vosso percurso escolar connosco. Obrigada aos familiares que estão aqui hoje e a todos aqueles que apoiaram os nossos finalistas. Obrigada aos professores que permitiram que os nossos finalistas aqui chegassem (…) Vamos proceder à entrega dos diplomas. Vou chamar os finalistas por ordem alfabética e, os que quiserem podem fazer um discurso. Obrigada! (….) Ashley Parker!

 

Ashley: Se no início me perguntassem como ia correr este último ano, provavelmente não saberia como responder, talvez dissesse que ia ser bom. E foi bom, na verdade. Cheguei a um ponto em que achei que tinha feito escolhas erradas. E talvez fossem erradas naquele momento. Mas agora são as mais acertadas. Pensei que todos à minha volta estavam errados quando diziam que eu devia abrir os olhos. Mais tarde, abri mesmo os olhos. Sim, naquele momento era eu quem estava errada. Mas a vida dá muitas voltas e aprendi que devemos dar segundas oportunidades às pessoas que mais gostamos. Sei que fiz a escolha certa. Quero agradecer aos meus pais, a quem fiz sofrer muito mas que sempre me ajudaram e eu nem sempre dei o valor certo, ao Louis, o meu namorado que lutou por mim. À minha melhor amiga, que me apoiou em tudo, mesmo quando me chateei com ela. E que me ensinou a lutar por aquilo que queremos. Aos meus amigos que me acompanharam ao longo destes anos. E a uma pessoa que conheci este ano e que foi uma grande ajuda, tanto a nível escolar como pessoal: obrigada professor Daniel! Foi um ótimo professor e um grande amigo.

 

Diretor: (…) Louis!

 

Louis: Bem dizem as pessoas que só quando passamos por uma situação difícil é que damos valor às coisas. Aconteceu no meu caso! Obrigada a todos os que estiveram comigo nesta fase. Obrigada pais, que me apoiaram mesmo depois de toda a porcaria que fiz. Obrigada Ashley por seres a mulher da minha vida, por me teres dado uma oportunidade. Amo-te! Obrigada aos pais da Ashley por nunca a terem proibido de estar comigo. Prometo que farei da vossa filha a pessoa mais feliz do mundo! Obrigada à Rachel que, apesar de tudo o que se passou no nosso passado e apesar de me odiar, me consegui ajudar, consegui por tudo de lado e apoiar-me quando precisei. E obrigada ao professor Daniel por ter acreditado em mim, pelos sermões que me deu e por, apesar de tudo, também ter sido um amigo! E obrigada a toda a escola.

 

Diretor: (…) Rachel Stevens!

 

Rachel subiu ao palco e olhou para a plateia. Tinha sido um ano cheio de coisas boas, apesar de algumas complicações. Daniel, que era quem estava e entregar os diplomas, aproximou-se dela, entregou-lhe o diploma e cumprimentou-a com dois beijos, como tinha feito com todas as outras alunas. Antes de se afastar sussurrou-lhe: “És o meu orgulho. Amo-te!” Claro que o pai os olhava com um olhar reprovador apesar de não ter ouvido nada do que Daniel dissera a Rachel.

 

Rachel: Nas nossas vidas deparamo-nos com situações que nunca pensámos viver, com coisas que nunca pensámos sentir. Posso dizer que este ano foi dos melhores que tive. Tive ao meu lado pessoas fantásticas, que nunca esquecerei, e que espero ter ao meu lado para sempre. Aprendi que devemos lutar sempre pois um dia chega a hora de conquistarmos aquilo por que lutamos. Ashley, sempre tiveste razão e sabes do que falo. Obrigada por seres quem és e por estares comigo. Louis, eu odiava-te mesmo, mas mesmo assim obrigada por teres estado presente. Pai e mãe, sei que tiveram muitas dores de cabeça por minha causa e que certamente irão continuar a ter. Mas obrigada por terem estado sempre comigo. Escola, obrigada por me terem acolhido e por me terem ensinado tanto. E obrigada a uma outra pessoa, por ser quem é e por ter lutado.

 

Assim que todos receberam os diplomas, todos os professores saíram do palco para que os finalistas pudessem tirar uma última foto como alunos daquela escola. Depois, foi o momento de todos atirarem os chapéus ao ar. Seguidamente, o diretor subiu ao palco para dar a cerimónia de formatura concluída.

 

Diretor: Obrigada mais uma vez aos alunos e a todos os presentes! Chegou a altura de nos despedirmos dos finalistas. Declaro-vos, oficialmente, ex-alunos desta escola. Boa sorte!

 

Todos os alunos saíram do palco para se juntarem às suas famílias. Com exceção de Rachel. Olhou em volta, até cruzar o olhar com o de Daniel, que estava encostado a um dos suportes dos cobertos. Rachel sorriu-lhe e começou a andar na sua direção. Depois, para espanto de todos os presentes, abraçou-o e beijou-o, sem medos do que todos pudessem pensar e sob o olhar fulminante dos seus pais.

 

Daniel: Estou muito orgulhoso de ti!

Rachel: Obrigada! Principalmente por nunca teres desistido de mim.

Daniel: Amo-te!

 

E mais uma vez, beijaram-se, ignorando os presentes e o burburinho que se começava a formar à sua volta.

A magia daquele momento foi quebrada quando os pais de Rachel se aproximaram, com cara de poucos amigos.

 

PaiRachel: Está na hora de irmos embora, Rachel! O almoço espera por nós!

Rachel: Sim, pai, podemos ir embora. Vamos, mor?

PaiRachel: Desculpa?! Eu não devo ter ouvido muito bem o que acabaste de dizer!

MãeRachel: Tem calma, querido!

PaiRachel: Não tenho calma nenhuma.

Rachel: Sim, pai! Vais ter calma. Como é óbvio, o Daniel vem connosco. Ele é meu namorado! E além disso, uma vez que o meu almoço vai ser juntamente com o da Ash e do Louis, o Daniel também vai como amigo deles!

PaiRachel: Não vou armar um escândalo aqui mas assim que chegarmos a casa vamos ter uma conversa muito séria. O que vocês estão a fazer é grave!

Daniel: Desculpe, mas nada do que estamos a fazer é grave! Eu já não sou professor da sua filha e estou completamente apaixonado por ela.

PaiRachel: Não me venha com essa história. O senhor é que tem a culpa do que está a acontecer! E as coisas não vão ficar assim, acredite!

 

Diretor: Desculpem interromper. Antes de irem embora, Rachel e professor Daniel, importam-se de passar no meu gabinete? Acho que temos um assunto de extrema importância para resolver!

Daniel: Se me der licença, posso resolver o assunto de outra maneira, fora do gabinete?

 

.......................

A fic está prestes a terminar!

Espero que tenham gostado deste capítulo, apesar de estar um pouco longo.

Deixem as vossas opiniões!

E para a semana cá estaremos para ler o capítulo final!

Fiquem bem :)

Até para a semana!