Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

01
Fev14

"Our Love" - Capítulo 3


JustAnOrdinaryGirl

 

Mais um dia de aulas e mais um dia sem sinal de Ashley. A diferença era que hoje Louis estava na escola. O que deixou Rachel preocupada. Ashley só faltava se Louis faltasse. Por muito que a ideia lhe causasse um certo desconforto, Rachel tinha de falar com Louis e saber o que se passava.

 

Rachel: Louis! Onde é que está a Ashley?

Louis: Vê aqui no meu bolso!

Rachel: Sempre tão simpático! Sabes onde ela está ou não?

Louis: Deve estar em casa, sei lá.

Rachel: Não tens estado com ela?

Louis: Mas agora és da polícia? Tanta pergunta pra quê?

Rachel: Porque a Ashley é minha amiga e estou preocupada. E tu como namorado também devias estar!

Louis: Ontem estive com ela, sim. Mas depois ela bazou. Não deve ter gostado do que ouviu. Deve estar em casa.

Rachel: O que é que lhe disseste?

Louis: Nada que te interesse. Mas vai ter com ela e avisa-a de que não vale a pena ser tão ciumenta. E diz-lhe que está tudo bem. Pode vir ter comigo, desde que acabe com os ciúmes!

Rachel: És mesmo um traste!

Louis: Cuidado com a língua! Vai lá ter mas é com a tua amiguinha e vê se ela se põe bem-disposta!

 

Rachel desatou a correr em direção à porta de saída da escola. Tinha de ir ver como estava a melhor amiga. Não percebia porque ela não acabava com ele. Mas tinha de se controlar no que lhe ia dizer porque tinha prometido que ia fazer um esforço para aceitar a relação.

 

Daniel: Rachel?

Rachel: Professor!

Daniel: Onde é que vais com essa pressa toda? Aconteceu alguma coisa?

Rachel: Eu tenho de…Acho que a Ashley não está muito bem e tenho de ir ver dela.

Daniel: Mas vamos ter aula agora. Vais faltar?

Rachel: Eu sei que não devia professor mas… A Ashley é a minha melhor amiga e pela conversa do namorado dela alguma coisa se passou. Eu prometo que vou à aula de apoio de logo à tarde e que se for preciso fico mais tempo e faço mais exercícios. Mas agora vou mesmo ter de ir…

Daniel: Muito bem, a decisão é tua.

Rachel: Obrigada. Até logo!

Daniel: Ei, Rachel? Não me vou esquecer do que disseste!

Rachel: Ok.

 

Àquela hora não havia autocarros por isso Rachel teve de ir a pé para casa da amiga. Era nestas alturas que gostava de ter um carro. Sendo assim não ia faltar só a português. As outras aulas também iam ficar pelo caminho. Mas paciência, neste momento precisava mesmo de saber o que se passava com Ashley. Chegou a casa dela meia hora meia hora depois, a transpirar por tudo quanto era sítio. Tocou à campainha e só passados uns minutos é que apareceu Ashley, ainda de pijama, sem estar maquilhada (coisa rara na amiga) e com cara de quem tinha passado umas boas horas a chorar. Rachel tinha decidido que não ia “atacar” Louis, mas vendo a amiga naquele estado, não teve outro remédio.

 

Rachel: O que é que aquele estúpido te fez?

Ashley: Não fales assim dele, Rach. Ele não me fez nada!

Rachel: Eu sei que fez. Perguntei-lhe por ti esta manhã e ele disse que ficaste chateada com qualquer coisa. O que é que aconteceu?

Ashley: Ontem à noite fomos sair, fomos para uma festa em casa de uns amigos do Louis. Estava lá a Maggie!

Rachel: Ele envolveu-se com ela? Traiu-te?! Ele hoje de manhã mencionou qualquer coisa de ciúmes.

Ashley: Claro que não me traiu. Ele não seria capaz, muito menos comigo lá. Mas sabes como são as festas do Louis. Havia drogas e álcool. Eu não quis e a Maggie ofereceu-se logo para consumir e beber com ele. Eu fiz uma cena de ciúmes por vê-los tão amiguinhos e discutimos. Eu saí de lá a chorar. Não sei como ficaram as coisas entre nós. Por isso é que não fui às aulas. Não o queria ver.

Rachel: Não sei se isto é o melhor para ti mas cá vai. Quando falei com o Louis esta manhã ele disse para te avisar que podes ir ter com ele porque está tudo bem... Desde que acabes com as cenas de ciúmes.

Ashley: A sério?! Mas isso quer dizer que ele não está chateado, certo? Vou ter mesmo de aprender a ser menos ciumenta. Tenho de ir ter com ele e mostrar-lhe que não estou chateada e que vou deixar de ser ciumenta. Mas antes preciso de me arranjar e disfarçar estas olheiras.

Rachel: Vá, eu ajudo-te com isso. De qualquer maneira já não chegava a tempo da segunda aula.

Ashley: Então anda. E depois vamos almoçar juntas? Podíamos ir ao centro comercial!

Rachel: Tem de ficar para outro dia, Ash. O professor de português apanhou-me quando estava a sair da escola para vir ter contigo. Tive de lhe prometer que ia à aula de apoio. Se for almoçar ao centro comercial vou chegar atrasada de certeza e não quero que isso aconteça! Ele foi muito fixe em deixar-me vir ter contigo e tem-me ajudado imenso…Não vou faltar com a minha palavra!

Ashley: Hmm hmm. É impressão minha, ou este professor é “especial”, Rachel Stevens?

Rachel: O que é que queres dizer com isso, Ashley? Ele é meu professor e só o vejo como isso. Não sejas parva! A diferença é que ele tem sido muito fixe e tem-me ajudado bastante com o português. E se não fosse ele, no outro dia tinha ficado a dormir na escola.

Ashley: Porquê?! Ficaste presa nalguma sala?

Rachel: Não! A minha mãe esqueceu-se de mim, literalmente, e ele teve de me ir pôr a casa! Mas nem te atrevas a comentar!

Ashley: Eu não disse nada! Mas tem cuidado, amiga. Sabes que esses romances entre professores e alunas são muito interessantes, mas ainda são proibidos.

Rachel: Não sejas parva, Ash.

 

......................

E então, que estão a achar desta fic? Deixem as vossas opiniões.

Fiquem bem e até para a semana!