Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

19
Out13

"Secrets" - Capítulo 4


JustAnOrdinaryGirl

"Porque vocês são os dois meio misteriosos!"

 

Claire: Então, e que tal foi esse cafézinho com o Mike?

Katie: Foi normal.

Claire: Mas correu bem?

Katie: Sim, acho que sim!

Claire: Sabes que o meu primo é assim meio reservado, mas é um bom rapaz.

Katie: Eu reparei nisso. Ele não fala muito em relação a algumas coisas. Sabes porquê?

Claire: Não. A única coisa que sei é que ele antes era diferente. Era mais divertido, mais sociável, mas depois...

Katie: Depois?!

Claire: Depois não sei o que aconteceu porque, de um momento para o outro, ele deixou de ser o que era. Ninguém sabe a razão disso.

Katie: É estranho. Mas acho que todos têm os seus segredos.

Claire: E tu, também tens os teus segredos?

Katie: Prefiro nem falar disso. Desculpa!

Claire: Cada vez tenho mais a certeza que tu e o Mike ficavam bem juntos.

Katie: Porque é que achas isso?!

Claire: Porque vocês são os dois meio misteriosos!

Katie: Misteriosos?!

Claire: Sim. Cada um de vocês tem uma coisa que não querem que ninguém descubra. Acho que é uma espécie de segredo do qual vocês têm algum medo. Acho que têm medo de magoar alguém por causa disso. Mas é so a minha teoria. E não me peças para explicar porque é que tenho esta teoria, porque nem eu sei.

Katie: Talvez seja apenas uma teoria!

Claire: Pois, deve ser isso. Olha, hoje vai haver uma festa aqui na escola. Eu gostava de vir, mas...

Katie: Mas tens medo por causa dos tais rapazes, não é? Eu venho contigo. Acho que estou a precisar de espairecer um bocadinho.

Claire: Podias convidar o Mike!

Katie: Talvez faça isso.

 

"Segui o concelho da Claire e convidei o Mike. Mas ele não aceitou. Diz que não lhe dá jeito sair esta noite, mas não explicou o motivo. Depois comecei a pensar na conversa da Claire sobre ele ter mudado e sobre ela desconfiar que o primo esconde alguma coisa. Será que ela tem razão e que, tal como eu, o Mike também tem um segredo? Talvez ela tenha razão. Mas espero que o segredo dele não seja como o meu. Não lhe desejo nada disso. É uma boa pessoa. O que me leva a outro problema: estou a afeiçoar-me demasiado às pessoas e isso não deveria estar a acontecer. Mas a Claire e o Mike têm sido tão simpáticos. A Claire tem sido uma boa amiga e desde que nos conhecemos que andamos sempre as duas. Eu sou a única amiga que ela tem aqui e ela é a única amiga que eu aqui tenho. E depois há o Mike. Ele é super querido e simpático e giro. Bom, na verdade acho que ele mexe comigo. O que é outra coisa que não devia estar a acontecer. E se as coisas correm mal, como é que eles ficam? Nem quero pensar nisso. Porque me afeiçoei mesmo a eles e porque agora é tarde de mais para evitar isso. Talvez desta vez as coisas corram mesmo bem e que estas amizades que iz sejam um sinal de que desta vez estou a seguir o caminho mais certo." Katie

 

Claire: Obrigada por teres vindo comigo. O meu primo não quis vir?

Katie: Não. Disse que esta noite não lhe dava muito jeito sair.

Claire: Pois, era o que eu te estava a dizer esta tarde. Ele mudou tanto. No ano passado não perdia uma festa. E era sempre do últimos a sair de lá. Às vezes até tinham de o arrastar para casa. Mas depois, mudou e é raro sair à noite. Aliás, ele passa quase todas as noites em casa. Só sai muito de vez em quando e vai sempre embora mais cedo.

Katie: A verdade é que as pessoas mudam e nós não podemos fazer nada contra isso. Parece-me que aqueles rapazes que te seguem não andam por aqui. Importas-te de que vá até lá fora? Preciso de apanhar um pouco de ar.

Claire: Claro. Mas ainda voltas?

Katie: Sim, vou só apanhar ar e já venho. Até já.

 

Katie foi até à rua apanhar um pouco de ar porque não se estava a sentir confortável no meio de tanta gente. Apesar de muita gente da escola não estar lá, havia muita gente e isso estava a deixar Katie um pouco nervosa. Tinha medo que alguém que não devesse a visse por ali. Decidiu ir dar uma volta até às traseiras da escola, que estava voltada para um pequeno pinhal. Sentou-se em cima de um muro e foi então que sentiu alguma coisa. Pareceu-lhe ver um vulto no meio das árvores e sentiu um arrepio na espinha. Levantou-se e entrou mais para dentro do pinhal. Tentou andar sem fazer nenhum tipo de barulho mas, sem querer, pisou um ramo que fez um estalido. Foi então que ouviu um barulho estranho e que se virou repentinamente para ver se estava alguma coisa atrás dela. Quando se voltou viu um vulto e depois viu uma espécie de umas luzes pequenas. Foi então que se apercebeu do que podia ser e começou a correr para salvar a vida. Sentiu que alguém vinha atrás dela, a tentar segui-la. Foi então que embateu num ramo que estava caído no chão e caiu. Depois, sentiu uma coisa em cima dela. Pensou que tudo aquilo ia acabar. Mas não acabou. O que a tinha atacado saiu de cima dela e começou a correr sem lhe dar tempo de fazer nada. Algo tinha impedido que aquilo a atacasse, só não percebeu o que tinha sido. Saiu do pinhal, tentou recompor-se e foi ter com Claire.

 

Claire: Pensei que tivesses ido embora.

Katie: Não.

Claire: Está tudo bem, Katie? O que é que te aconteceu ao vestido...e porque é que tens folhas secas no cabelo?

Katie: Não aconteceu nada... Eu é que gosto de me armar em aventureira, fui até ao pinhal, mas caí e fiquei neste estado. Acho que vou para casa...Ficas?

Claire: Não. Aqueles tipos acabaram de entrar e eu não quero ficar aqui sozinha. Mas espera lá, não te aleijaste?

Katie: O quê?!

Claire: Caíste. Não te aleijaste?

Katie: Não. Acho que não passou de uma simples queda.

 

 

................

Bom dia leitores :) Aqui está o capítulo desta semana.

Espero que tenham gostado.

Não se esqueçam de deixar as vossas opiniões.

Beijinho e até ao próximo capítulo :-D