Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

12
Out13

"Secrets" - Capítulo 3


JustAnOrdinaryGirl

Katie estava sentada nos degraus da escada de entrada para a cantina. Supostamente, devia estar nas aulas mas, naquele momento, precisava de estar sozinha para pensar nas coisas e e no que era a sua vida agora. Parece que aquela ideia de não se queres afeiçoar de mais às pessoas, jão não estava a ter resultado. Agora, pelos vistos, tinha uma nova amiga, a Claire. E um colega novo, o Mike. E, apesar de tentar evitar não se afeiçoar a eles, não conseguia. Tinham-na cativado com a sua simpatia e amizade para com ela. Agora só esperava que essas novas amizades não lhe trouxessem nenhum tipo de problemas. Estava perdida nos seus pensamentos quando deu conta que alguém se sentou aos seu lado. Nem sequer se tinha apercebido que já estava na hora do intervalo.

 

Claire: Bom dia, Katie. Está tudo bem?

Katie: Claire! Sim, está tudo bem...Porquê a pergunta?

Claire: Porque faltaste à aula e porque estás aqui sozinha e com uma cara estranha. Achei que houvesse algum problema...

Katie: Mas está tudo bem. Só faltei à aula porque...deixei-me dormir e só há pouco é que cheguei. Não me apeteceu ir interromper a professora, a meio da aula.

Claire: Olha, eu vou até ao lado do 12ºano. Queres vir comigo?

Katie: O que é que vais lá fazer? Não é perigoso, por causa daqueles tipos? O mais velho é do 12º, certo?

Claire: Por isso é que queria que viesses. E além disso, a esta hora há muita gente nos corredores, eles não se devem meter comigo. Ah, e vou ter com o Mike!

Katie: E porque é que me pareceu que disseste essa última parte com algum entusiasmo?!

Claire: Por nada de especial!

Katie: Claro! Vá. vamos lá ver do Mike.

 

Quando chegaram ao piso onde os alunos do 12º ano têm aulas, Claire ficou um pouco nervosa, com medo de encontrar algum dos rapazes que a costuma ameaçar. Katie apercebeu-se disso e colocou-lhe uma mão no ombro, sorrindo-lhe como que a pedir que tivesse calma. Depois de alguns minutos, Mike veio ao encontro delas.

 

Mike: Bom dia meninas! Quem fazem para estes lados?

Claire: Vim entregar-te o caderno de apontamentos que me emprestaste e a Katie veio fazer-me companhia, acho eu...

Katie: Claro que te vim fazer companhia. Não tenho mais nenhum motivo para vir até este piso.

Claire: Pois claro que não. Então, podemos ir andando. Até mais logo priminho!

Katie: Sim, vamos. Adeus Mike!

Mike: Xau. Ei, Katie....

Katie: Sim?

Mike: Achas que mais logo podemos ir beber um café? Só para nos conhecermos um pouco melhor?

Katie: Só nós os dois?

Mike: Sim...se não for um problema para ti...

Katie: Não, não há problema.

Mike: Eu espero por ti na entrada.

Katie: Ok, até logo!

 

Como combinado, nessa tarde, Mike e Katie foram tomar café e até foi uma tarde divertida, onde se ficaram a conhecer um pouco melhor. Mas claro que nenhum deles tocou no assunto dos segredos que ambos escondem. Isso já seria demais.

Ainda nessa tarde, Joshua chegou a casa bastante animado. E tudo por causa de um trabalho da escola.

 

Joshua: Pai, tenho de fazer um trabalho sobre uma pessoa da minha família. Sabes de quem vou fazer?

Tom: Pelo sorriso que tens, acho que sim...

Joshua: Vou buscar as folhas para me ajudares a escrever coisas sobre ela, está bem?

 

Enquanto Joshua foi ao quarto, Grace chegou a casa, vinda do trabalho.

 

Grace: Olá querido! Queres vir comigo à mercearia?

Tom: Gostava imenso mas vou ajudar o Joshua com um trabalho da escola.

Grace: Então deixa estar. E é um trabalho sobre quê?

Tom: É sobre....

Joshua: Olá mãe. O pai vai ajudar-me a fazer um trabalho para a escola sobre uma pessoa da família. Sabes de quem...

Grace: Nem precisas de dizer. É sobre a Katherine, não é? Tens imensa gentre na família e tens logo de ir fazer sobre uma pessoa que nunca viste.

Joshua: Mas eu conheço a tia. O pai fala muito nela. Sei imensas histórias sobre ela. Ela era bué fixe!

Grace: É muito fixe mas não está cá e pode nunca mais estar. E tu, Tom, não devias estar sempre a falar dela. Não é isso que a trás de volta.

Tom: Grace,  tu sempre te deste bem com a minha irmã. O que é que se está a passar?

Grace: Passa-se que estás sempre a alimentar as esperanças do teu filho.Sabes bem que a Katherine não vai voltar. Nem sequer sabes se ela está viva ou não.

Joshua: A tia nunca mais volta? Não está viva? (Foge a correr para o quarto)

Grace: Estás a ver o que aconteceu? Se não estivesses sempre a falar nela, isto não acontecia. Mete na tua cabeça, de uma vez por todas, que perdeste a Katherine para sempre, Thomas. Lamento, mas é a verdade.

Tom: Não! Para mim, a minha irmã está e vai sempre estar viva, entendes?

Grace: Não, não entendo! A tua irmã desapareceu há anos. Não achas que se estivesse bem, já tinha voltado?

Tom: Talvez não possa voltar, Grace. Ou já te esqueceste que pode ter sido raptada?

Grace: Chega Tom! A partir de hoje, não voltas a falar da Katherine, entendido? Não podemos continuar a iludir o Joshua. Só o vais fazer sofrer ainda mais. Chega!

Kristen: Chega os dois! Viram o estado em que deixaram o Joshua? Sabem que, lá no fundo, ele sabe que pode nunca vir a conhecê-la. Mas mesmo assim, ele gosta de a ter como uma espécie de heroína. Acho que isso faz com que por vezes ele se sinta mais protegido. Por saber que algures por aí tem uma tia. E que eu saiba todos podemos ter um heróir que por vezes nos dá forças e nos "protege". Vocês têm de parar de discutir. Pai, talvez seja melhor não falares dela todos os dias. Fala apenas quando o Joshua te pergunta alguma coisa. Ou então fala com ele e explica-lhe que não podem falar nisso todos os dias. E mãe, tenta entender o pai e respeita a situação. Talvez fizesses o mesmo se isto se tivesse passado com um familiar teu. E eu vou falar com o Joshua. E sabem que mais, eu também tenho saudades da tia Katherine. Quem me dera que ela voltasse para me ajudar, tal como quando eu era pequenina.

 

......................................

E aqui está o terceiro capítulo.

Espero que tenham gostado e encontramos-nos para a semana.

Fiquem bem!