Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

12
Mai13

"When a Lie Becomes the Truth" - Capitulo 25 (ULTIMO)


JustAnOrdinaryGirl

No dia seguinte de manha, Nina já acordou em casa. Apesar de os pais e de Ian lhe terem quase implorado que ficasse em casa a descansar, não adiantou de nada. Nina levou a sua avante e foi para a universidade. Quando la chegou começou a procurar Miley e Nick, mas não os encontrou, pelo menos na parte da manha. Depois de almoço, Nick foi ate as aulas, sempre com medo que Miley já soubesse que ele tinha ajudado Ian a encontrar Nina. Por sorte, Miley ainda não sabia de nada.

 

Miley: Nick! Então, como esta a nossa refém?

Nick: Estava com algumas dores quando a fui ver, ontem a noite. Não lhe dei grande comida, tal como me mandaste. Estou a pensar passar la esta tarde, para assistir a mais uma dose de sofrimento da parte dela.

Miley: Muito bem Nick. Assim ate gosto mais de ti. Bem, eu tenho de ir para as aulinhas. Da um beijinho meu a Nina, quando a fores visitar!

 

Nina: E porque e que não me das o beijinho pessoalmente?

 

 

Miley ficou sem reação. Apenas ficou a olhar para Nick, com uma cara furiosa, preste a bater-lhe.

 

Nina: Então, perdeste a fala, foi? (Miley vira-se para ela)

Miley: O que e que tu estas aqui a fazer? Como e que saíste daquele sitio?

Nina: Digamos que não devias ter acreditado no Nick.

Miley: O que?! Foste tu que a tiraste de la?

Nina: Não, não foi ele. Ele nem sequer la foi. Foi o Ian que me salvou!

Miley: O Ian?! Ian, tu es meu namorado, não tinhas nada de a salvar!

Ian: Eu não sou teu namorado. Era tudo a fingir. Eu só queria proteger a Nina.

Miley: Vocês vão pagar bem caro por isto. Acreditem que vão!

Nina (começa a falar mais alto): Não, minha querida. Tu e que vais pagar por tudo o que me fizeste.

Miley: Fala baixo. Esta tudo a olhar para nos!

Nina: Oh, tens medo que isso estrague a tua reputação, e? A ideia e mesmo essa querida. (sobe para cima de um banco) Deiam-me um minuto da vossa atenção, por favor. Há umas coisas sobre esta menina que vocês têm de saber.

 

Miley ia fugir, mas Ian agarrou-a e manteve-a ali ao pe de toda a gente. Nick respirou de alívio por achar que Nina não o ia mencionar. Mas talvez estivesse enganado!

 

Nina: Gostava que todos ficassem a saber quem e a verdadeira Miley Cyrus, aquela que muitos de vocês veneram. Fiquem sabendo que foi a Miley quem traiu o Ian e não o contrario. Esta menina que todos consideram a rainha aqui do sítio, raptou-me e manteve-me presa durante semanas, só para eu ficar afastada do Ian. Bateu-me e por pouco as coisas não iam acabar bem. Mas não pensem que o fez sozinha. Não, não o fez sozinha. Teve a ajuda daquele que durante anos foi o meu melhor amigo, a pessoa em quem eu mais confiava, o amigo que eu queria na minha vida para sempre. Pelos vistos eu não significava assim tanto para ele. Não e verdade, Nick Jonas?

Nick: Sabes bem que te adoro e que tudo o que fiz foi para te proteger do Ian.

Nina: Mantendo-me presa, a passar fome e sede e a levar porrada? Que maneira estranha de proteger uma pessoa.

 

Nick: Eu não sabia o que a Miley te andava a fazer. A única coisa que sabia era que estavas presa. Não te esqueças que fui que ajudei o teu namoradinho a salvar-te.

Nina: Era o mínimo que podias fazer. Não esperes que eu te perdoe só porque decidiste ajudar o Ian. Obrigada por lhe teres dito onde eu estava, mas isso não apaga o que fizeste.

Nick: E o que querias que eu fizesse se não sabia onde raio estavas?

Nina: Chamavas a polícia que eles logo me encontravam! Mas pronto, agora que já fui libertada quem vai chamar a polícia sou eu.

Nick: Não faças isso, por favor!

Nina: Tarde de mais. Eles já estão aqui na escola. Estavam só a espera que eu dissesse aquilo que tinha para dizer. Pelo menos assim todos ficam avisados sobre o que vocês os dois são capazes de fazer.

Miley: Nem penses que eu vou presa. Eles nunca me vão apanhar e alem disso, não há provas!

Ian: Por acaso, ate vais ser apanhada porque a policia esta ali a porta. E por acaso ate há provas. Portanto, desta não te escapas.

 

Passaram-se alguns dias desde que Miley fora desmascarada em frente a todos. Nina foi informada de que Miley ia ficar presa durante alguns meses e que teria de pagar uma multa para poder sair. Alem disso, teria de pagar uma indeminização a Nina e a família desta. Quanto a Nick, visto que apenas sabia da história e não pôs Nina em perigo apenas teve de pagar uma multa. Nina também veio a saber que ele tinha desitido do curso, pois não era aquilo que queria. Apenas entrou naquela universidade para estar perto de Nina, mas isso já não fazia mais sentido.

Quanto aos pais de Nina, voltaram para casa, agora mais descansados, já que Nina tinha ficado com Ian. Sim, eles decidiram ir viver para a mesma casa. Assim passavam mais tempo juntos.

 

Nina: Sera que e desta que as coisas vao correr bem?

Ian: Tenho a certeza que sim. A partir de agora nada nos vai separa e vamos ser felizes para sempre.

Nina: Espero que sim.

Ian: E prepara-te, porque assim que acabarem as aulas vamos fazer uma viagem para recuperar o tempo perdido.

Nina: Sim e vai ser nesse momento que o meu pai se passa. Viste bem o sacrifício que foi para eu vir morar contigo.

Ian: Entao, mas ele tem de se ir habituando. Afinal de contas, vou ser o genro dele, ou não?

Nina: Claro que vais. E tenho de te agradecer por tudo, por me teres salvo.

Ian: Não me agradeças. Fiz aquilo que tinha a fazer. Sabes que quando te vi no primeiro dia, quando me vieste perguntar onde era a sala, percebi que estava perante uma pessoa que ia fazer parte da minha vida. Acho que me apaixonei por ti no primeiro momento em que te vi, só que não me apercebi logo. Não imaginas como fiquei feliz quando nos tivemos de beijar naquele dia no café. E naquele dia que te fui buscar ao comboio, não te beijei por causa do Nick estar la. Beijei-te porque era o que mais queria fazer naquele momento. E nem sabes como fique quando acabamos com aquela mentira. Talvez não tivesses sido raptada se eu não te tivesse deixado acabar comigo.

Nina: A Miley ia impedir-nos de namorar de qualquer maneira. Mas o importante e que agora estamos felizes….

Ian: ….e vamos ser felizes para sempre. E pensa numa coisa, já temos uma bela historia para contar aos nossos filhos, netos, bisnetos….

Nina: Amo-te!

Ian: Amo-te!

 

.......................

E pronto, aqui esta o ultimo capitulo desta fic. Espero que tenham gostado. Obrigada a todas as pessoas que foram comentado, foi muito importante receber os vossos comentarios :)

Pode ser que um dia deste comece a postar outra!

Mas va, digam la o que acharam? Gostaram ou nem por isso?

Beijinhos!