Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

You And I

20
Mar13

"When a Lie Becomes the Truh" - Capítulo 15


JustAnOrdinaryGirl

Nessa tarde, Miley pediu a Nick para ir ter com ela pois tinham muito que falar.

Miley: Chamei-te aqui para te avisar que a tua querida melhor amiga vai pagar por tudo o que me disse hoje!

Nick: O que é que ela te disse?

Miley: Ela teve a lata de me ameaçar. Quem é que ela pensa que é?

Nick: Esquece isso Miley. Eles já fizeram o que tu querias. Acabaram! O que é que ainda queres mais?

Miley: Já te disse que quero que ela pague por tudo o que me fez e que me disse.

Nick: Não achas que ela já está a pagar por tudo? Ela já se afastou do Ian. Já está a sofrer que chegue. Tens o caminho livre para ele. Para com esta vingança.

Miley: Não, Nick. Isto não vai terminar por aqui. Ela que não se tivesse metido no meu caminho. Já devias saber que quem se mete com a Miley Cyrus sofre as consequências. Agora a decisão é tua! Estás comigo ou sais do jogo?

Nick: O que é que estás a pensar fazer?

Miley: Bem me parecia que não me ias abandonar. Digamos que pretendo pregar-lhe um pequeno susto.

Nick: Como assim “um pequeno susto”? Eu avisei-te que não queria que a magoasses!

Miley: Tem calma que eu não lhe vou fazer mal. E, se te deixa mais descansado, o Ian também vai sofrer no meio disto tudo.

Nick: Como assim?

Miley: Ele é que vai decidir se a Nina fica em segurança ou não. Se ele colaborar comigo, não lhe acontece nada a ela. Se ele gosta mesmo dela como diz, vai ceder a tudo o que eu lhe pedir e, assim, a tua queridinha fica em segurança.

Nick: Bem, se o Ian também vai sofrer, então eu ajudo-te no que precisares. Mas se não te importas só te ajudo em coisas que não impliquem prejudicar muito a Nina.

Miley: Não me importo nada. E já agora, muito obrigada pelas fotos que me deste. Pelos vistos ele acreditou no que viu. Como é que as arranjaste?

Nick: Digamos que o facto de os pais dela confiarem em mim ajudou bastante!

Miley: Foram eles que tas deram?

Nick: Não, mas deixaram-me entrar lá em casa e esperar pela Nina no quarto dela!

Miley: Muito bem Nick. Bem, o plano é para avançar hoje. Importas-te de mandar sms à Nina? Diz-lhe para ir ter contigo àquele descampado que está atrás da casa dela.

Nick: Para quê? Além disso, esse lugar é um bocado perigoso, Miley! E nunca lá passa ninguém.

Miley: Primeiro, tens de lhe mandar tu sms, porque se for eu a mandar ela não vai lá ter. Segundo, esse sítio é perfeito para iniciar o plano.

Nick: Miley! O que é que lhe vais fazer?

Miley: Não disseste que não querias participar nas partes que prejudiquem muito a Nina? Esta é uma dessas partes. Mas don´t worry, não lhe vai acontecer nada de mal. Confia em mim!

 

Nick decidiu confiar em Miley e mandou a seguinte sms a Nina: Olá Nina, tudo bem? Preciso da tua ajuda. Podes vir ter comigo a este descampado atrás de tua casa? Andava por aqui a correr e caí. Aleijei-me e não sei a quem mais pedir ajuda. Por favor.”

 

Nina esqueceu todos os problemas com Nick e foi ajudá-lo. Quando lá chegou não via ninguém e voltou a ler a mensagem ver se não tinha lido mal ou algo do género. Não, era mesmo ali que Nick tinha dito que estava. Deu uma volta àquele sítio escuro e um tanto ou quanto sombrio, mas nada. Nem sinais de Nick.

 

Nina: Nick! Nick! Nick! NICK!

 

…………….(alguns minutos depois)………………

 

Quando acordou, Nina estava deitada em cima de um colchão, dentro de uma espécie de casa velha. Levantou-se mas voltou logo a sentar-se, pois estava tonta. A última coisa de que se lembrava era de estar no descampado atrás de sua casa, à procura de Nick, e de alguém lhe ter aparecido nas costas e de lhe tapar o nariz com um pano. A partir daí não se lembrava de nada. Agora, que já não se sentia tonta, levantou-se e tentou encontrar um sítio por onde pudesse sair. Tentou arrombar a porta, mas esta estava trancada. Ainda por cima estava demasiado escuro. A casa onde estava só tinha uma janela mas não havia claridade suficiente pois esta estava celada com um pedaço de madeira. Voltou a sentar-se e só aí se apercebeu que quem a levou para ali lhe tinha levado a mala, incluindo o telemóvel. Estava, definitivamente, trancada naquele lugar e sem qualquer hipótese de sair antes que amanhecesse.

 

.........................

Bem, aqui está mais um. Espero que tenham gostado e não se esqueçam de deixar as vossas opiniões :)

Obrigada a todos os que comentaram o capítulo anterior e mil desculpas em relação às imagens. Não sei o que se passou, mas a maioria das vezes não se conseguiam ver :/

Beijinhos e até à próxima :D